Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Uma semana estranha

Por Miguel do Rosário

30 de abril de 2015 : 18h50

Mais uma semana estranha na política brasileira, com o jogo empatado entre governo e oposição.

O governo marcou, meio que sem querer, vários gols.

Mas a decisão de não falar no 1º de maio correspondeu a tantos gols contra que o jogo empatou.

Oposição e governo parecem disputar agressivamente o troféu de quem se comunica pior.

O PSDB protagoniza um espetáculo tétrico no Paraná, com cenas bizarras de agressões a professores. A brutalidade do governo paranaense chocou o país, em especial a categoria, que agora volta a se mobilizar no país inteiro.

Essa é a oposição que queria a presidência da república?

Temos que deixar registrado aqui o triste papel da imprensa brasileira, de usar o termo “confronto” para descrever a agressão dos policiais à professores.

MIOLO


Depois da decisão de Teori Zavaski, de derrubar os portões das masmorras de Sérgio Moro, estamos esperando qual será a próxima jogada da “República do Paraná”, base de uma conspiração judicial que repete o modus operandis do mensalão: uma aliança espúria entre procuradores e mídia, com a chancela de um juiz que decidiu ser a reencarnação de Joaquim Barbosa.

No médio e longo prazo, quando for expurgada de seus elementos conspiratórios, a Operação Lava Jato terá sido importante para dar mais transparência aos grandes negócios públicos no país.

Mas, no momento, é preciso lutar contra seus aspectos antidemocráticos e golpistas, sobretudo a narrativa que agora decidiram vender, com ajuda da mídia, que visa criminalizar ou inviabilizar politicamente o PT.

Felizmente, a sociedade já se mobiliza para evitar que um juiz sem muitos escrúpulos democráticos, aliado a um punhado de procuradores deslumbrados com os holofotes da mídia, usem a luta contra a corrupção para derrubar direitos que fundamentam a liberdade  do indivíduo perante o poder descomunal do Estado.

*

A Petrobrás fechou o dia com nova alta, tanto na Bovespa quanto em Nova York, demonstrando que a tendência de valorização das ações da estatal agora assumiu uma condição estável, sobretudo após a divulgação do balanço contábil da empresa.

*

No campo federal, a decisão de Dilma não fazer o pronunciamento no 1º de maio ainda causa perplexidade.

O presidente do Senado, Renan Calheiros, não escondeu sua irritação.

“Essa coisa da presidenta da República não poder falar no dia 1°, porque não tem o que dizer, é uma coisa ridícula. Isso enfraquece muito o governo”, disse Renan.

Ele tem razão.

Renan foi mais longe e fez um ataque político ao governo, dizendo que Dilma não fará pronunciamento na TV porque “não tem o que dizer”.

ScreenHunter_5718 Apr. 30 18.58


 

Isso mostra que o erro político de não falar na TV já está cobrando seu preço, antes mesmo do 1º de maio.

*

Aliás, vale notar que a decisão de Renan, de engavetar a votação da PL 4330 constitui uma vitória importante para a classe trabalhadora e uma derrota para a dupla Eduardo Cunha/Globo, porque qualquer coisa que permita ao campo progressista ganhar tempo é uma vitória.

A mídia/direita precisa de urgência para ganhar, porque os consensos que constrói a golpes de manchetes e telejornais não duram muito tempo.

O nosso campo, por sua vez, precisa sempre de algumas semanas, quiçá meses, para construir consensos e derrubar ou chancelar um processo político.

Cunha parece totalmente bêbado com o poder que lhe foi outorgado pela mídia. Suas declarações respingam aquela soberba sem limites que antecede a uma grande derrota política.

Hoje ele declarou que o “PT só ganha votação quando o PMDB tem pena”.

É um desrespeito, naturalmente, ao processo democrático, porque as votações no congresso não dizem respeito ao PT, mas a leis e reformas que afetam a todos os brasileiros.

O valor do PT não está em si mesmo, mas fora dele, em seu eleitorado. O partido representa uma parcela expressiva da população brasileira, tanto que tem sido o maior partido da câmara nos últimos 8 anos, ganha as eleições presidenciais há quatro mandatos seguidos, governa a maior cidade do país, São Paulo, e o segundo maior estado, Minas Gerais.

*

Entretanto, temos ao menos uma notícia boa no campo da comunicação: em reunião com centrais, Dilma se posicionou claramente contra o dispositivo mais perigoso da PL 4330, o que derruba a diferença entre atividades fins e atividades meio, abrindo caminho para uma terceirização indiscriminada nas empresas.

A presidenta declarou que “a regulamentação do trabalho terceirizado precisa manter, do nosso ponto de vista, a diferenciação entre atividades fim e meio nos mais diversos ramos da atividade econômica. Para nós, é necessária [a diferenciação] para assegurar que o trabalhador tenha a garantia dos direitos conquistados nas negociações salariais. E também para proteger a previdência social da perda de recursos, garantindo sua sustentabilidade”.

Com uma posição dessas, Dilma bem que podia falar na TV, né?

Ainda na reunião com as centrais, a presidenta criou, via decreto, um fórum permanente para discutir problemas relacionados ao mercado de trabalho.  Vamos ver no que isso dá.

Por falar nisso, Dilma poderia usar mais o instrumento de decreto. Ela tem sido, até agora, a presidenta que menos assina decretos, desde a redemocratização.

Fechando uma semana estranha, amanhã teremos um 1º de maio também estranho. No Rio, teremos um ato unificado de todos os partidos de esquerda, centrais e sindicatos, na Lapa, incluindo aí aqueles que sempre fizeram dura oposição ao governo.

A decisão mostra um processo que já havíamos observado no segundo turno eleitoral de 2014: diante do avanço da direita, da tentativa de cortar direitos trabalhistas, houve um realinhamento ideológico natural das esquerdas.

Criou-se um campo político na sociedade, o qual, se fosse explorado com inteligência por um grupo de articuladores, poderá oferecer novidades à política brasileira.

Nesse campo, encontramos a esquerda do PT, elementos desgarrados de todos os partidos, todos os movimentos sociais, as principais centrais sindicais, além de um eleitorado que soube se organizar de maneira extraordinária no segundo turno de 2014, vencendo a maior máquina de mídia política do mundo.

 

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

26 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

surreal

01 de maio de 2015 às 11h36

Qual o antônimo de político anti-povo trabalhador?

Resposta: Professor(a).

Responder

    Pharaô

    01 de maio de 2015 às 11h51

    Dilma, tah tirando! o trabalhador de “ESCRAVO”
    Dilma ama, e respeita, é a galera da “Panela.O povo burro, não pega visão! mais obsserve, na parede um quadro; com um escravo!!!levando uma Picareta na cabeça hahahaha
    http://g1.globo.com/politica/noticia/2015/05/em-mensagem-do-1-de-maio-dilma-exalta-politica-do-salario-minimo.html

    Responder

      Pharaô

      01 de maio de 2015 às 12h33

      Dilma traiu, todo mundo!os Brasileiros o PT E lULA.
      pra você ver,o PT É CONTRA terceirização e Lula tambem.E VOCÊ Dilma???terceirização NÃO PODE!
      CHEGA de Dilma, e quem “defende as idéias dela” ta trabalhando pra quem?Brasileiros, não deixem terceirizar!isso ai que era pro Brasil, todo fazer uma greve!parar o pais.E ninguem faz nadaH!é tipo destruir, a carteira de trabalho!
      Namoral Dilma tem que saiR!
      esse ano Mesmo!Dilma tah contra o povo! quem votou nela
      isso é TRAIÇÃO

      Responder

Professora de História

01 de maio de 2015 às 10h27

Meus alunos, aqui da periferia de São Paulo, já sabem que as pessoas que foram às manifestações contra o governo Dilma e fizeram selfis com a PM são as mesmas que tem medo de rolezinho e apoiam o PSDB da greve dos professores, da falta de água e das inúmeras denúncias de corrupção que nunca são investigadas.

Responder

Professora de História

01 de maio de 2015 às 10h27

Meus alunos, aqui da periferia de São Paulo, já sabem que as pessoas que foram às manifestações contra o governo Dilma e fizeram selfis com a PM são as mesmas que tem medo de rolezinho e apoiam o PSDB da greve dos professores, da falta de água e das inúmeras denúncias de corrupção que nunca são investigadas.

Responder

Eva

01 de maio de 2015 às 10h20

Gostei da atitude da Presidenta. Ela poderia fazer mais vídeos para informar o que está acontecendo no Brasil referente ao desenvolvimento. Coisas que nos enchem de orgulho, mas, é ignorado solenemente pelas mídias.

Responder

j. andrade

01 de maio de 2015 às 08h52

Não defendo esse governo petista. Que se lasque! Apoiei, mas agora quero voltar para minha posição: sou oposição. Governo ridículo e vendido aos patrões. Que se lasque!

Responder

    Eva

    01 de maio de 2015 às 10h13

    A oposição que se lasque e vai se lascar.

    Responder

Messias Franca de Macedo

01 de maio de 2015 às 07h40

“Há uma tradição inercial pró-televisão, e particularmente pró-Globo, que deve ser rompida.”

*Por jornalista Paulo Nogueira

*http://www.diariodocentrodomundo.com.br/dilma-deu-uma-bofetada-na-rede-globo-ao-rejeitar-a-teve-no-dia-do-trabalho/

##############################

FALA< MATUTO!

A vida como ela é:

Hoje, final de mês, dei as caras na barbearia!
Portador de barba rala…
E dura…
De crescer!
(risos),
fui, apenas, cortar o cabelo!
O diabo da televisão
sintonizado na Globo!
Por volta das 18h00…
Falei para o barbeiro:
"'Seu moço', "cê" já reparou que este estropício de canal de televisão
não apresenta sequer um programa infantil?
Um desenho animado!
Nada!"
O meu amigo barbeiro retrucou:
"'Matuto', sabe como é que é:
eu presto serviços!
Muitas vezes eu mudo de canal!
Contudo,
mais cedo ou mais tarde,
chega algum cliente…
E sabe como é que é!"

"Compreendo, amigo barbeiro!
Compreendo!"

E, após ler o texto do conspícuo jornalista Paulo Nogueira,
passei a compreender também:

"é a tradição inercial pró-televisão, e particularmente pró-Globo, estúpido!"

Responder

Francisco

01 de maio de 2015 às 02h27

A televisão já era! a Presidenta Dilma fez muito bem em não utilizar essa mídia de merda.

Responder

    Seu Zé

    01 de maio de 2015 às 03h16

    Exato. Blogueiros, entendam que é hora de sufocar essa distorção. Dilma fala na TV ( com muito dinheiro público indo pros ‘ marinhos’) e depois é massacrada. Nada de fomentar essa turma.

    Responder

Messias Franca de Macedo

01 de maio de 2015 às 00h22

DA SÉRIE ‘As coisas já estiveram [muito] melhor para os fascigolpistas/terroristas da [eterna] oPÓsição ao Brasil’!

Corruptos até a enésima geração de [emissoras] afiliadas!

E afilhadas(os) ‘coxinhas’ também!

########################################

Associação Juízes para a Democracia: Repressão no Paraná foi truculenta, covarde, ilegal, idêntica à que ocorria na ditadura

publicado em 30 de abril de 2015 às 19:57

Nota Pública da Associação Juízes para a Democracia de repúdio à repressão aos professores do Paraná

aqui [FONTE LÍMPIDA!]: http://www.viomundo.com.br/den

Responder

Maria Abadia

01 de maio de 2015 às 00h10

Eu apoio a decisão da presidenta.

Responder

Messias Franca de Macedo

30 de abril de 2015 às 23h57

O infame Beto Richa, governador do Paraná

Por jornalista Luis Nassif
QUI, 30/04/2015 – 07:03

O governador Beto Richa (PSDB), do Paraná, é o retrato doloroso do que se transformou o principal partido de oposição no país.
(…)
a esperança de uma socialdemocracia moderna, tornou-se um valhacouto do que pior e mais rancoroso a política brasileira exibiu nos últimos anos.
(…)
O espaço político está vago para aventureiros políticos, porque a geração das diretas acabou.

FONTE [LÍMPIDA!]: http://jornalggn.com.br/noticia/o-infame-beto-richa-governador-do-parana

Responder

maria meneses

30 de abril de 2015 às 23h35

Meu irmão Esmael Leite, creio que fez uma boa análise, da análise do meu querido Miguel do Rosário.

Responder

    Pharaô

    01 de maio de 2015 às 00h25

    O controle deve ser nosso!NÃO PODE!defender “interesses” dos Gringos!isso é traição.O Brasil, vai ser o numero (1) Se Temer ser Presidente!O PMDB! JA CONTROLA tudo! vai ser mais fácil, resolver todos os problemas!Eles sabem que o Respeito!e confiança do povo! é tudo um que um Rei precisa!Se trabalhar Bem, o povo não “Deixa sair” do poder SIMPLES.
    PMDB É OS “Templarios”Dinastia de REIS Brasileiros são Brilhantes Semelhantes a Diamantes!EM Los Angeles Causa inveja e Revolta haha

    Responder

Messias Franca de Macedo

30 de abril de 2015 às 22h49

[Um contraponto à percepção do conspícuo jornalista Miguel do Rosário!]

Dilma deu uma bofetada na Rede Globo ao rejeitar a tevê no Dia do Trabalho.

Por eminente jornalista Paulo Nogueira

(…)

FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.diariodocentrodomundo.com.br/dilma-deu-uma-bofetada-na-rede-globo-ao-rejeitar-a-teve-no-dia-do-trabalho/

Responder

Messias Franca de Macedo

30 de abril de 2015 às 22h37

… Ah, no programete ‘MAU Dia Brasil’ do rádio de hoje, o cara de pau do Alexandre Garcia disse que “cerca de 100 professores ficaram feridos no confronto com os policiais militares no Paraná”!

Reduziu à metade!

Pelo menos!

“Uma gracinha”

Até hoje nenhuma palavrinha sobre a Operação Zelotes!

AH sacripanta!

E, lógico, para o Alexandre Garcia “das organizações (sic) soNEGAdoras Globo” o palco de guerra de ontem na ‘Guantánamo do Paraná’ não foi massacre dos policiais armados até os dentes contra os(as) professores(as)!
Foi confronto!
Mera coincidência com a manchete acima da ‘Folha’ “da ‘ditabranda'”!
Pausa para rir!
Destas desgraças imbeciloides tão previsíveis!
E seus decrépitos ardis fascigolpistas/terroristas!…

Responder

Messias Franca de Macedo

30 de abril de 2015 às 22h25

DA SÉRIE ‘TUDO A VER’!

#######################

Quem é o deputado alucinado que quer anular o desarmamento

Por *Marcelo Zorzanelli
Postado em 30 abr 2015

(…)

*Jornalista, com passagens pelas revistas Época, Viagem e Turismo, Alfa e pela TV Bandeirantes. Criador do programa Saca Rolha na BandNews FM. Um dos responsáveis pelo site Sensacionalista. Twitter: @zorzanelli

FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.diariodocentrodomundo.com.br/quem-e-o-deputado-alucinado-que-quer-anular-o-desarmamento/

LÁ VEM O MATUTO QUE RECONHECE VIGARISTAS PELO PIGARREIO!

… Surpresa?

Oxente, “intonci” “ocês” não ouviram o ‘MAU Dia Brasil’ do rádio, uma das edições desta semana:

Fala, fascigolpista/terrorista Alexandre Garcia “dos Marinhos das organizações (sic) Globo soNEGAdoras – das verdades e dos impostos”!

“Hoje, em Israel, é comemorado os ‘Dias dos Mortos em Guerras’! 23.000 soldados e outras vítimas em 67 anos de luta pela independência!
No entanto, este número terrível equivale a menos da quantidade de assassinatos em um semestre… No Brasil!”
[A cantilena agourenta de sempre: destratar o Brasil; aviltar a brasilidade; incitar a baixa autoestima nos(as) brasileiros(as)…. Adendo do matuto!]
Continua, Garcia!
“Aliás, em Israel, todo mundo anda armado! A gente está cansado de ver professores com fuzis nas costas; pessoas não militares com fuzis nas costas, comendo nos restaurantes. Por isso há poucos crimes por lá!
Aqui no Brasil se diz o contrário: tem que desarmar a cidadania, para os bandidos se sentirem mais encorajados para invadir as nossas casas! Não é assim?”

Sem comentários!

NOTA FÚNEBRE: o Alexandre Garcia divulga o programete ‘MAU Dia Brasil’ através das ondas potentes das emissoras de rádio dos rincões deste ‘Brasilzão do Meu Deus’! Todas as manhãs! Até mesmo quando o boçal [pseudo-] jornalista e ex porta-voz da ditadura militar se apresenta em férias!
Portanto, o Garcia “da Globo” exerce também a função de, digamos, capilarizador do PIGolpista!
Em Feira de Santana, os comentários panfletários são reproduzidos pela Rádio Princesa FM 96.9 – emissora da Rede Capuchinhos de Comunicações!
Uma das rádio católicas [do lucro!].

EM TEMPOS FASCIGOLPISTAS: “solto, todo solto!” Impune! E bravateando acerca da defesa da liberdade de expressão!

Sei!…

Responder

    Messias Franca de Macedo

    30 de abril de 2015 às 22h25

    errata desprezível:

    “Hoje, em Israel, é comemorado o ‘Dia dos Mortos em Guerras’!

    EM TEMPO: outra rádio que retransmite o agourento e fascigolpista programete do Alexandre Garcia “das organizações (sic) Globo” é a Rádio Itatiaia de Minas Gerais! Uma emissora de rádio umbilicalmente ligada à ditadura militar!
    A lista de retransmissoras deve ser vasta!

    Responder

sijo somiko

30 de abril de 2015 às 22h24

Renan só esbraveja porque quer dar um basta no ajuste fiscal para não apertar demais a economia do país e prejudicar seu filho, governador das Alagoas. Eles só pensam naquilo: reeleição, reeleição, reeleição…Quem já viu Renan pensar no povo brasileiro atire a primeira pedra. Pensa no bolso e só! Tanto que o Temer já deu uma enquadrada nele agora à noite.

Responder

Pharaô

30 de abril de 2015 às 21h43

Temer PRA Presidente!!!
TEMER,Temer
Temer
TEMER!

Responder

    Eva

    01 de maio de 2015 às 10h15

    Não mesmo.

    Responder

ivanildo

30 de abril de 2015 às 21h28

Goastante gostei da argumentação e de fácil assimilação, parabéns.

Responder

Deixe um comentário