Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

MP investiga violência contra professores no PR

Por Miguel do Rosário

01 de maio de 2015 : 08h48

640x427x4-554168c20c4774febeb4963990ba06c86d6b7f31e1a58


 

Reproduzo abaixo mensagem que recebi de uma leitora, com informações importantes sobre as agressões sofridas por professores no Paraná.

*

ATENÇÃO VÍTIMAS E TESTEMUNHAS do massacre do Centro Cívico.

PLANTÃO do Ministério Público do Paraná -PR esta colhendo informações, documentos, laudos e depoimentos de vítimas e testemunhas do massacre do dia “29 de abril” ocorridos no Centro Cívico de Curitiba.

As investigações são conduzidas pelos promotores de Justiça Paulo Sérgio Markowicz de Lima e Maurício Cirino dos Santos que, sob a Coordenação do procurador de justiça Eliezer Gomes da Silva.

Plantão no feriado – A equipe do MP/PR designada para cuidar da investigação trabalhará neste feriado de 1.º de maio. Portanto, os interessados deverão se dirigir à sede do MP-PR, em Curitiba (Rua Marechal Hermes, 751, Centro Cívico), no período das 9 às 12 horas e das 14 às 18 horas.

E-mail institucional – O e-mail institucional destinado a receber, da população, registros de imagens (fotos e vídeos) sobre o ocorrido, e que poderão auxiliar nas investigações é o seguinte: denuncias29deabril@mppr.mp.br.

Neste endereço eletrônico serão recebidos especificamente registros em foto e vídeo dos acontecimentos da tarde do dia 29 de abril, em frente da Alep.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

14 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

enganado

03 de maio de 2015 às 22h03

Beto (B)icha isso sim é o que ele é!

Responder

ivanildo

02 de maio de 2015 às 22h11

Isso é jogo de cena

Responder

mineiro

02 de maio de 2015 às 10h36

mp contra o governador facista , nazista , nem na outra encarnaçao.

Responder

Hermano

02 de maio de 2015 às 00h08

Existe MP no Paraná???????

Responder

Antonio Carvalho

02 de maio de 2015 às 02h30

Se o governador fosse do PT o MP já teria aberto o inquérito e alguem já estava preso.

Responder

Leo Oliveira

01 de maio de 2015 às 23h10

MP tem uma chance de provar que está a serviço do cidadão.

Responder

Danilo Rocha Furst

02 de maio de 2015 às 02h06

E quem confia no MP? eu não!!!

Responder

surreal

01 de maio de 2015 às 20h06

Qual o antônimo de político anti-povo trabalhador?
Resposta: Professor(a).

Responder

Adma Viegas

01 de maio de 2015 às 15h49

O MP não é confiável. Vai “esquecer” o processo em alguma gaveta.

Responder

Luiz Gonzaga de Brito

01 de maio de 2015 às 12h28

Ora!!! Claro que não vai dar em nada! MP do Paraná é totalmente tucano.

Responder

santhiago

01 de maio de 2015 às 11h55

MP do PR??? Não dá nada não…

Responder

Shiwinha Da Silva

01 de maio de 2015 às 14h48

Voc

Responder

Valdir R Fiorini

01 de maio de 2015 às 13h57

O Ministério Privado do PSDB investiga a violência do governo do PSDB? Vai culpar os professores e o PT.

Responder

Deixe um comentário