Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Sem noção do ridículo, Feliciano ironiza fim do MinC e manda artistas “arrumarem o que fazer”

Por Miguel do Rosário

19 de maio de 2016 : 08h52

Foto: Mídia NINJA

Marco Feliciano fala para artistas “arrumarem o que fazer”

Na Exame

Um dos defensores mais ferrenhos do governo interino de Michel Temer (PMDB), o deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) usou as redes sociais para criticar os protestos da classe artística contra a extinção do Ministério da Cultura.

“Meus amigos, que são intelectuais e artistas, deixa (sic) eu dar uma palavrinha: vocês estão tristes com o fechamento do Ministério da Cultura? Procurem o Ministério do Trabalho. Vá arrumar o que fazer. Pare de ficar sugando nas ‘tetas’ do governo”, afirma.

Ele ainda critica a postura dos ministros de Temer que, segundo ele, aparentam não ter coragem para encarar movimentos sociais. “É preciso colocar pessoas que tenham força”, diz em referência aos ministérios. “Quem quer ver o país melhor não se curva. Caso contrário, o senhor e seus ministros ficarão reféns para sempre do PT e seus puxadinhos”.

Feliciano, que é pastor da igreja Assembleia de Deus Catedral do Avivamento e um dos líderes da bancada evangélica na Câmara, afirma que a falta de representação feminina na equipe ministerial é questionável.

“O próprio PT desconstruiu a figura da mulher e do homem. É ensinado nas escolas que sexo não é definido no meio das pernas”, diz. “Quem pode afirmar que não tem mulher no seu governo? Será que não tem negros? Como assim? Pela pigmentação da pele?”. Veja o vídeo:

Ministros de Temer tem que ter coragem! Senão ficarão reféns para sempre!

Publicado por Marco Feliciano em Segunda, 16 de maio de 2016

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Eros Alonso

19 de maio de 2016 às 16h10

Arrumar o que fazer. É para o povo pensar na frase do pastor… Vai ver que só se resolve a situação caso o povo ache o que fazer …e boa aprte do povo ao procurar vai se deixar levar pela vontade de dar vasão a seus impulsos, e então esse energúmeno saberá que para cada um que cai na lábia de seus Cultos e ainda dá dinheiro, haverá 10 para linchar.Se o povo escuta, a arruma o que fazer e procura o necessário, acha.

Responder

Benjamin Eurico Malucelli

19 de maio de 2016 às 14h45

Tentei ouvir. Não deu. Comecei a vomitar.

Responder

Macau

19 de maio de 2016 às 14h15

A resposta muito bem dada de um popular:

“O ‘pastor’ Marcos Feliciano fala para os artistas que estão tristes pelo fechamento do ministério da cultura procurarem um trabalho. Muito fácil falar para procurar um trabalho quando ele ganhou a vida tirando dinheiro da fé alheia e recebendo dinheiro público para fazer um ‘trabalho’ de merda como ‘deputado’!!!
Vá arrumar um trabalho você, seu hipócrita!!!”

Esse comentário foi postado no dia 16, e quando o DCM anunciou, ele já tinha 4068 likes. O pastorzinho de presídio não deu resposta nenhuma.

Responder

    Walison Gomes

    19 de maio de 2016 às 15h22

    Vá arrumar um trabalho petista!

    Responder

      Macau

      19 de maio de 2016 às 15h25

      Que foi, trouxinha, doeu a alfinetada?

      Responder

        Walison Gomes

        19 de maio de 2016 às 15h29

        Onde vocês estavam quando o governo da tua “presidenta” terrorista cortou dinheiro da educação? Hipócrita! Defendendo a boquinha dos artistas enquanto o povo sofre por causa da sua “presidenta”. Já esqueceram que quem votou em Dilma também votou em Temer?

        Responder

Deixe um comentário