Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Globo ataca Wadih Damous por causa de projeto pra reduzir golpismo do judiciário

Por Redação

27 de maio de 2016 : 19h45

Reproduzimos abaixo mensagem do deputado federal Wadih Damous, que vem sendo sistematicamente atacado pela Globo, por causa de um projeto que põe um freio nas conspirações midiático-judiciais.

Tudo que amplia nossa democracia e amplia garantias e direitos individuais desperta o ódio sem limites da Globo, que ainda guarda o DNA da ditadura.

***

NOTA OFICIAL sobre o PL 4372/16

Diante da interpretação leviana que vem se dando aos projetos de lei de minha autoria, venho esclarecer o seguinte:

Apresentei o PL nº 4372/2016, com o objetivo de aperfeiçoar a figura da delação premiada, adequando-a aos princípios constitucionais. Dizer que o projeto cria embaraços à delação é simplesmente mentiroso.

A minha proposição funda-se na necessidade de tornar esse instituto compatível com os direitos e garantias fundamentais previstos na Constituição da República, de 88.

Além disso, o projeto torna crime o vazamento de informações que correm sob segredo de justiça. Nos últimos anos, vazamentos seletivos e sistemáticos, quase sempre movidos por interesses políticos estranhos ao bom direito, se transformaram em grave ameaça ao Estado Democrático de Direito.

Outro ponto fundamental do PL 4372 é o que enfatiza o caráter voluntário da delação premiada, justamente para evitar que seja utilizada como instrumento de coação, o que fere a dignidade da pessoa humana.

Já o PL nº 4577/16 apenas torna efetivo o que já se encontra na Constituição: ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória. É o princípio da presunção de inocência. Basta imaginar alguém que seja encarcerado após a decisão de segunda instância e anos depois de preso ser absolvido nos tribunais superiores. Cumpriu pena injustamente. Qual o preço de tamanha injustiça? Hoje, tem-se em mente os políticos e empresários corruptos, que sempre dão um jeito de se safar. Mas, na verdade, quem sofre de fato é a população pobre, vulnerável e sem direitos.

Esses projetos foram amplamente debatidos por juristas, advogados e magistrados e protocolados bem antes da publicação dessas gravações. Nada têm de coniventes com o crime. Os que defendem tese contrária defendem, na verdade, a barbárie e o desrespeito a direitos e garantias fundamentais.

Estou na linha de frente do combate à corrupção. Mas isso não deve ser incompatível com o respeito à Constituição e às leis. Aliás, ninguém é dono exclusivo do combate ao crime.

Deputado federal Wadih Damous

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

66 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

CIANOTON_PACE

05 de junho de 2016 às 11h11

Parabéns ao digno deputado Wadih Damous. Infelizmente, as forças opostas à decência e ao respeito à Constituição farão guerra contra sua iniciativa. Só acredito que essa proposta prospere se a mídia e os órgãos multilaterais internacionais apoiarem. Até a oab não é confiável nesses dias de tentativa de golpe e treva. Aliás, me recordo que a própria oab é parte nessa tentativa. Sendo assim, espero que o senhor consiga adesão de deputados honestos e torne a delação premiada no Brasil um instrumento legítimo.

Responder

santiago

31 de maio de 2016 às 20h36

gustavo eu sou da policia, você sabe que existe uma lei uma lei que se chama lei da tortura, que diz que tortura a pessoa psicologicamente é crime para obter confissão, você acho porque prender pessoas com o argumento de tem provas contra a pessoa, isso não é o bastante! o devido processo legal , não existe prisão para saciar o direito de defesa, mas sim quando a pessoa ameaça processo, e ainda condução coercitiva é quando a pessoa se nega a comparecer a uma audiência deepois que for intimado por diversa vezes….na policia até sabemos muitas vezes que fulano é o autor,, mas sem provas com eficácia. pois depoimento de confissão de crime muitas vezes cai quando se usa a lei da tortura,.
o deputado esta querendo que a pessoa estaja livre para confessar e colaborar com a justiça, ai não tera como dizer que foi obrigado a falar…..o juiz obedece leis, ele não gera leis, que,legisla é os deputados, quem executa é o presidente, que julga na forma da lei é o juiz…..
o congresso faz leis, a justiça apenas as fazem cumprir…
se o congresso achar que tais leis não são boas para o pais eles a´aprovam nova leis,…..e acabou.. pois quem julga é juiz é só ele , e promotor fiscaliza dentro da lei….
é assim que é o estado,,,,,,,,

Responder

Gustavo Adolfo

31 de maio de 2016 às 08h18

Golpismo do Judiciário? ahahahahha, ok amigão, em primeiro lugar, calúnia é crime, está lá no código penal, pois não há qualquer prova de coação para conseguir as delações.
Segundo, a definição de crime é diferente para cidadão e para governo. Cidadão pode fazer tudo que a lei permite, governo só o que a lei deixa, ou seja, mesmo que aprovado sua querida chefe de quadrilha iria ser afastada sim.

Aliás, nas democracias européias, tanto admiradas pelos progressistas, líderes de governo ou estado caem por bem menos que isso, kkkk, desconhecimento é fogo.

Responder

Henrique Leemann

30 de maio de 2016 às 22h41

A simples pergunta que resta é a meu ver simples: O que se espera de uma
discussao racional com golpistas? Ao meu ver, golpistas teem de ser
tirados dos seus postos pela força. Se for essa da lei, melhor ainda.
Mas expor ARGUMENTOS nao ajudarah. Sao IMUNES à isso. Por isso mesmo é
que sao golpistas.

Responder

    Gustavo Adolfo

    31 de maio de 2016 às 08h15

    Kkk, e ainda tem gente que se diz racional e fala em golpismo. Amigo, que golpe é esse que coloca no lugar da presidente justamente o vice que recebeu os mesmos 54 milhões de votos? Você elegeu o Temer meu filho e o PT que na época de FHC defendia que até mesmo escutas ILEGAIS e SEM permissão de um Juiz, podiam ser motivo para Impeachment do Fernando Henrique, ai ai, que vergonha de saber que ainda tem gente assim na raça humana, cheio de desconhecimento, e dizendo que tem argumentos, mas nem sabe como formular um, kkkkk

    Responder

      Henrique Leemann

      31 de maio de 2016 às 08h26

      KKKK, Gustavo paneleiro, pare de misturar coisas, tente pelo menos. Sei que serah tarefa dificil pra tu, mas bora tentar!
      1. Ninguem no mundo vota em vice. Ou seja: votos pro Temer 0%.
      2. O PT pode ter cometido muitos erros, e dai? Isso que estamos vendo deixa de ser golpe por causa disso?
      Cada uma…
      Ve se passa um creme no seu braçinho ainda dolorido de tanto bater panela. E nao adianta – voce vai mais uma vez perder.
      ELA VAI VOLTAR !
      KKKKKKKKK

      Responder

    Anônimo

    28 de março de 2017 às 16h09

    Sem se fazer de vítima, dormiu com o inimigo um tempão!!! E uma bandidagem de tudo quanto é lado !!! Sem golpista por favor , pode até falar bandido…

    Responder

Ariel Andrade

30 de maio de 2016 às 11h54

Pelos comentários, acho que o pessoal tem um altar com uma estrela do PT em casa e fica rezando todo dia. Essa PL 4372/16 é um desserviço para a sociedade.

Responder

    Roberto Alves Tesch

    30 de maio de 2016 às 23h28

    A seletividade e parcialidade do judiciário acabou com sua credibilidade… o uso da teoria do domínio do fato para prender sem provas e ridicularizada até pelo alemão que a criou.
    Desserviço é o que faz o STF que só tem interesse no aumento salarial do judiciário.

    Responder

      Jairo

      03 de junho de 2016 às 23h30

      Roberto, perdoa o Ariel, ele não sabe o que fala.

      Responder

        ROBERT RODOLFO

        04 de junho de 2016 às 19h17

        Se o Ariel Andrade sabe o que fala ele é um troll ou está com má fé, se não sabe ele é ingênuo ou cognitivamente incapaz.

        Responder

Ivete Caribe Rocha

29 de maio de 2016 às 19h24

Certissimo Dr. Damous. Se os operadores da justiça abonarem essa “delação premiada”, na forma como vem sendo utilizada, não precisaremos mais da Constituição e nem da justiça, basta que a policia prenda coercitivamente, alguém apontado por um delator e o mantenha sem liberdade, até que faça a “delação”. Evidente que sob pressão psicológica, o preso vai delatar e quiçá, da forma como a autoridade quer, é contra isso que o Dr. Damous propos esse PL. Apoio e parabenizo esse grande jurista.

Responder

Luciano Prado Prado

28 de maio de 2016 às 23h07

Muito bom. Quem compreende o significado da árdua luta pelos direitos conquistados sabe bem o que Wadih Damous está tentando preservar. Novamente estamos diante de tentativa dos barões da mídia na supressão desses direitos. E para tal se utilizam da velha manobra de ludibriar os incautos para indispô-los com o deputado.

Responder

Janeto Bobo

28 de maio de 2016 às 22h16

Destaco a “Delação Premiada”, verdadeira “chave de cadeia”. O “Porta dos Fundos” denunciou bem seu funcionamento. O Moro já costurou 2 Delações Premiadas com o Yussef. Se continuar com esse golpe, daqui a pouco vai assinar segundos acordos com vários corruptos que liberou.

Responder

    Gustavo Adolfo

    31 de maio de 2016 às 08h22

    Porta dos Fundos passou até vergonha, foi ridicularizado até no exterior onde ninguém compra isso que “delação é golpe”, até porque o caixa dois do PSDB não é na PETROBRÁS, e sim em FURNAS, o problema é: Delcídio entregou também que a Lista de Furnas era falsa, misturando nomes que de fato receberam propina, com nomes que nada tinha relação ao sistema, eram só deputados de oposição que o PT odeia. Agora para as investigações de FURNAS avançarem, os investigadores tem que semear o joio do trigo. Pois é, o PT deve amar o PSDB, com essa folia de dossiês e listas falsas, já é a terceira investigação contra os tucanos que vocês melaram, parabéns pela burrice! kkkk

    Essa gente do golpe, aproveitando de toda liberdade de expressão para se manifestar, chega a ser hilário, kkkkk

    Responder

Paulo Lima

28 de maio de 2016 às 12h00

Por vezes paro pra pensar no enorme custo, gastos desses processos movidos pelo juiz Moro, não apenas o político, ideológico, que atingiu todo o Brasil. Quantos recursos (policiais, operadores da justiça, dinheiro,etc) são investidos para apenas 1 juiz solitário deter, prender, condenar, ou absolver.
Acredito que Moro gasta muito mais, relativamente, do que mesmo cada juiz do STF, supostamente mais importantes que ele. Dispondo de tanto, desde aviões a gravações, e cada vez mais, não é de espantar equívocos falhas, erros. No STF são 11 para errar menos nos processos e julgamentos e, supõem-se, pacificar os interesses maiores do Brasil. Senão… na palavra ou na violência, as ruas, desprovidas de recursos ou não, provocadas, se manifestam. Contra o golpe! Contra o ajuste fiscal!
Fora Cunha! Fora Temer! Fora Gilmar!

Responder

    Gustavo Adolfo

    31 de maio de 2016 às 08h23

    Quem até agora foi preso injustamente na Lava Jato? kkkk, menos de 4% das sentenças do Moro são reformadas em tribunais superiores, tá se doendo porquê?

    Responder

gilberto

28 de maio de 2016 às 09h29

Outra medida urgente seria extinguir a aberração prevista nas leis orgânicas da magistratura e do ministério público da absurda e antidemocrática possibilidade de “punir” referidos servidores com APOSENTADORIA COMPULSÓRIA COM PROVENTOS PROPORCIONAIS.

Responder

    Mr. Irani

    30 de maio de 2016 às 11h14

    Concordo com essa revisão (abolir essa “punição” que na verdade é um premio). NÃO com o PL 4372/2016!

    Responder

gilberto

28 de maio de 2016 às 09h18

Alguém cujo nome não me recordo veiculou em um dos “blogues sujos” a seguinte frase: “Democracia e Globo nada a ver”, que retrata a verdade com simplicidade.

Responder

Luiz Carlos

28 de maio de 2016 às 09h02

No exato momento a Globo luta para aumentar os poderes de excessão que já têm nossa parcial justiça.Wadih luta parão não voltarmos à justiça de cartórios, onde seja possível cada um ter a sua particular e para não voltarmos à barbárie.

Responder

Marcvs Antonivs

28 de maio de 2016 às 08h18

Globo tem que morrer!

Responder

    Marco Santos

    19 de dezembro de 2016 às 13h45

    Viva a Globo! Imagine se não existisse, isso aqui ia ser pior que a Venezuela!!Rsrs

    Responder

Yuri

28 de maio de 2016 às 08h18

Concordo com a consideração de crime o vazamento de informações sigilosas por parte de instituições do Estado, mas lembro que já existe essa lei em relação à Presidência da República, o que não impediu que acontecesse e ninguém foi preso. Concordo com a questão da Delação Voluntária, mas discordo totalmente da terceira, a que a pessoa espere em liberdade pelo crime cometido. Ela não é inocente, foi condenada em duas instâncias. Beneficia apenas aqueles que podem pagar indefinidamente advogados com medidas protelatórias. O mesmo argumento valeria pra uma condenação em terceira instância, se houvesse uma quarta… tá errado. Sujeito é condenado na Primeira instância, recorre ao STJ, é novamente condenado, recorre à terceira e provoca uma saturação de projetos no STF. Não. A partir da Segunda tá de muito bom tamanho.

Responder

    Gilmar Antunes Miranda

    28 de maio de 2016 às 10h44

    É justo qe a condenação por vazamento ilegal de delação premiada, muitas vzs carente de aprofundamento, seja punida apenas qdo envolve o mandato de presidente? O cumprimento de pena já a partir da confirmação da sentença em segundo grau tb não me parece adequado, considerando uma questão: os juízes de segunda instância pertencem à mesma região jurisdicional, onde costuma prevalecer uma espécie de compadrio, uma proteção mútua entre as autoridades judiciais, o qe dificulta razoavelmente a independência na revisão mais isenta da sentença originária. Isto tenho visto nas condenações proferidas pelo juiz Sérgio Moro com base em ilações, muitas vzs confirmadas pelo tribunal de P.Alegre e mesmo no STJ. Bem, nesse caso específico, entretanto, é visível qe o juiz Moro, por ser muito festejado pela mídia tendenciosa por ferrar o PT, acaba intimidando os juízes do tribunal, além de eles mesmos já terem uma propensão natural a confirmarem a decisão primária. Por estas razões, entre outras qe tb podem facilmente facilitar um conluio entre os magistrados, dificultando a prolação de sentenças qe garantam a ampla defesa, sou contra a restrição da liberdade a partir do segundo grau, salvo algumas exceções, como p.ex, a hipótese de reincidência.

    Responder

      Gustavo Adolfo

      31 de maio de 2016 às 08h24

      O PT queria o Impeachment de FHC, pelo vazamento ILEGAL de um grampo que era ILEGAL. E o povo tem sim o direito de saber o que os governantes fazem escondidos nas sombras.

      Responder

Reinaldo Mechica Miguel

28 de maio de 2016 às 05h11

O Wadih Damous tem o MEU VOTO onde se candidatar! Um sujeito de uma integridade maior…

Responder

Jó Ge

28 de maio de 2016 às 00h27

Uma providência paralela poderia ser um PL estabelecendo que “todas” as denúncias apresentadas em delação premiada sejam tratadas com a mesma profundidade, não se podendo “descartar” aquelas que “não vem ao caso” segundo a discricionariedade da autoridade julgadora, como forma de dar o mesmo peso e a mesma medida para tudo o que for denunciado.

Responder

Bruno

27 de maio de 2016 às 23h45

O PL nº 4577/16 descrito é ruim, voltando a impunidade que existiu durante muitos anos. Se 3 juízes (1 juiz + 2 desembargadores) são ruins mesmo c/ o CNJ, tem que propor melhorias p/ o judiciário (ex: serem estáveis mas não vitalícios; Juízes votarem pra presidente do TJ; Fim das verbas indenizatórias, auxilio alimentação, fim de auxilio moradia p/ quem mudar em definitivo, 2 meses de férias anuais (põe: 1 mês de férias + banco de horas pras horas extras), vender férias; transformar o STF na turma constitucional do STJ; etc).
E, claro, pedir no senado a cassação do Gilmar Mendes pelos crimes que ele fez, ou ele não fez nada ilegal?

Responder

    Alexandre Moreira

    28 de maio de 2016 às 02h25

    Você está analisando somente um item do PL e desqualificando sua totalidade. Isso torna bastante suspeitas suas intenções.

    Responder

      Bruno

      28 de maio de 2016 às 13h42

      Estou analisando tudo que esta matéria falou sobre este PL. Aonde estão o(s) outro(s) item(ns) do 4577/16 nesta matéria?

      Responder

    João Luiz Brandão Costa

    28 de maio de 2016 às 18h24

    O legal, o é por circunstância de um conjunto de leis, formando um quadro jurídico pré- determinado. Sendo resguardado, não é ilegal. Mas será MORAL? Há os que não distinguem uma coisa da outra. Assim mesmo, creio que pelo “conjunto da obra”, conceito caro certa Ministra do STF, Gilmar pode ser questionado. Fico por aqui com Tomás de Aquino, MALA LEX NULA LEX.

    Responder

JOHN J.

28 de maio de 2016 às 00h34

E aquele ministro tucano do STF deve ser chamado de MERITÍSSIMO ou MERETRÍCIMO..

CONVOCAÇÃO NAS REDES:

FOCAR NO GILMAR!

Esse Golpe não dura! –

EIS O NOSSO GRANDE DESAFIO –

REPASSANDO:

– *** http://www.conversaafiada.com.br/brasil/convocacao-nas-redes-focar-no-gilmar

Responder

sbernardelli

27 de maio de 2016 às 23h34

O MORO PENSA QUE É O REI DA COCADA PRETA E A GLOBO NÃO TEM MORAL PARA CHAMAR ATENÇÃO DE NENHUM POLÍTICO, POIS ELA PIOR QUE TODOS ELES JUNTO.

Responder

Antonio Paulo Costa Carvalho

27 de maio de 2016 às 23h03

GLOBOGOLPE. O bRASIL é vítima da TVGlogolpe.

Responder

Osmar Luis Segato

27 de maio de 2016 às 22h45

Responder

    Antonio Pazó

    28 de maio de 2016 às 00h04

    Teu candidato

    Responder

    Antonio Pazó

    28 de maio de 2016 às 00h05

    Responder

    João Luiz Brandão Costa

    28 de maio de 2016 às 18h33

    Osmar? Parece Omar. Não vai pra Alemanha não. Tu é lorinho de zoio azul? Os de teu bordo lá, não podem nem sentir cheiro de estrangeiro moreninho, Falas alemão? Ih, vão comer teu cu com areia…

    Responder

Alex Lopes

27 de maio de 2016 às 22h44

Apoiado!

Responder

Mario Carvalho Martins

27 de maio de 2016 às 22h19

A mordida ta doendo muito Damous, pois, ninguém chuta cachorro morto. Veja so quem ja gritou. Veja não da muito na pinta né. Olha so quem já gritou

Responder

JOHN J.

27 de maio de 2016 às 23h17

PORQUE O FALSO MINISTRO DO STF, QUE É FILIADO DO PSDB, AINDA CONTINUA NO CARGO MESMO FAZENDO MILHARES DE ATOS ILÍCITOS PARA BENEFICIAR SEUS COLEGAS DO PARTIDO DA TUCANAGEM?

*** http://www.conversaafiada.com.br/brasil/convocacao-nas-redes-focar-no-gilmar

*** https://www.facebook.com/rodrigo.cardoso.33483/videos/10208048486748880/

*** https://www.facebook.com/rodrigo.cardoso.33483/videos/10208047654808082/

Responder

    Marco Santos

    19 de dezembro de 2016 às 13h51

    Pelo mesmo motivo que o Dias Tofolli, advogado amigo do PT virou ministro sem a mínima qualificação pra isso. Ou que “LevandoWhisky” ,defensor ferrenho dos mensaleiros e agora dos lavajateiros continua no cargo.

    Responder

Josué Ferreira

27 de maio de 2016 às 21h42

E a mansão dos marinhos vai ficar por isso mesmo. Uma quadrilha perigosa estes marinhos

Responder

Delano Ss

27 de maio de 2016 às 21h34

É só votar de forma relâmpago o impeachment de Janot por crime de
estar aceitando delações forçadas mediante a tortura da prisão, e nomear
outro PGR para por freio aos abuso e ilegalidades da Lava Jato; e assim
com outro PGR anular as delações forçadas que foram aceitas por Janot.

O circo da Lava jato, Moro, MPF e midia golpista acabam.

É
questão de sobrevivência fazerem o impeachment de Janot, pois o que
pretende a Lava Jato, midia , Moro , MPF, STF é codenar à todos,
livrando somente o PSDB e DEM, para que assim tomem o poder.

O PMDB que fique vacilando que o PSDB com Serra vão comer eles vivos e não vai sobrar um!

O judiciário está trabalhabdo para arrancar o PMDB limpar o caminho para entregar o poder ao PSDB.

Aécio
seria só a distração criada para acharem que o PGR Janó , Lava Jato e
Supremo estão indo pra cima do PSDB também, não poupando nenhum partido.

Todo esquema do golpe está sendo montando e tem dedo do PSDB ai na destruição do PMDB agora.

Responder

    Gustavo Adolfo

    31 de maio de 2016 às 08h26

    Que print lindo cara, valeu, ahahahahha

    Responder

      Gustavo Adolfo

      31 de maio de 2016 às 08h31

      E só para constar, se o PSDB quisesse, podia ter derrubado Lula na época do Mensalão, que foi um sistema do executivo para intervir no legislativo, ainda mais passível de Impeachment que os atos de Collor em 1992… E foi o primeiro a defender o Lula, engraçada sua tese não é? kkk, pequeno rábula, kkkk

      Responder

Rogério Freitas

27 de maio de 2016 às 21h12

A globo e a folha golpista quer junto com judiciário querem condenar Dilma e Lula pela teoria do fato sem prova pelo simples fato de estarem no poder enquanto alguns roubavam durante seu governo porém não fazem a mínima para condenar Cunha, filha e mulher. Tão pouco fazem para esclarecer o fato de 8 ministro envolvidos na operação lava jato estarem hoje ocupando a pasta de ministros.
Na verdade a globo golpista quer o pais só para ela e o povo que se lasca assim como a democracia.
A globo golpista quer usar a delação premiada para tentar destruir o PT armando mentiras que possa levar seus lideres preso pois a globo golpista corrupta não quer ser investigada na Zelotes, Panama Papers, Monsack Fonseca etc. Por isso acontece tal perseguição.

Responder

    Gustavo Adolfo

    31 de maio de 2016 às 08h29

    Filhote, Dilma não foi condenada, o que foi condenado é o governo dela. Ela não vai ser presa ao final do Impeachment, e a definição de crime para governo e cidadão são diferentes, mais sorte na próxima.

    PS. QUeria o quê, que a Globo defendesse o PT? Como ela faria isso? Falando dos escândalos de SP? Dai teria que falar dos MG e Pimentel também, e ainda explicar porque as investigações de FURNAS não avançam devido a listinha falsa que o PT montou e que está travando as investigações, kkkkk

    Nas democracias desenvolvidas, governantes sempre caem quando perdem confiança do legislativo e da maior parte do povo, amigão, e é bom lembrar, Temer também tem os 54 milhões de votos. :)

    Falou golpe já sei, é retardado.

    Responder

      Marco Santos

      19 de dezembro de 2016 às 13h37

      Governante pode cair, contanto que não seja do PT.

      Responder

mmcassio

27 de maio de 2016 às 21h12

ESSE PAÍS SÓ TOMA JEITO COM UM BANHO DE SANGUE!!!! ENQUANTO NÃO FOCARMOS EM ALVOS DETERMINADOS, POR EXEMPLO, INVASÃO DO CONGRESSO OU UMA ONDA DE DESOBEDIÊNCIA CIVIL A COISA NÃO ANDA!!JÁ Q NÃO EXISTE MAIS JUSTIÇA TEM Q SER NA FORÇA!!!!

Responder

    Giordano

    28 de maio de 2016 às 00h36

    Paredón!

    Responder

C.Pimenta

27 de maio de 2016 às 21h00

Precisamos de muito mais do que este projeto do Damous, precisamos criminalizar a conspiração contra o Estado brasileiro através de uma PEC e torná-la cláusula pétrea na Carta Magna. É preciso também tipificar como crime hediondo quando pessoas em cargos públicos (eletivos ou não) prestam informações sigilosamente a outros países caracterizando-o como traição ao país. Por isso considero muito pouco o projeto do nobilíssimo deputado Wadih Damous, é preciso muito mais que isso.

Responder

    Pelezinho

    27 de maio de 2016 às 21h15

    Excelente comentário!
    Não é possível conceber a idéia de um país desenvolvido e soberano, sem esses mecanismos de proteção.
    Posso copiar?

    Responder

    Fabiana

    27 de maio de 2016 às 22h25

    Conspiração em outros países é crime.

    Responder

    Gustavo Adolfo

    31 de maio de 2016 às 08h38

    Nesse caso, o PT seria EXPLODIDO, e o primeiro alvo da sua PEC. O PT administra pensando primeiro nos interesses de outros países, como quando permitiu na cara dura a Nacionalização na Bolívia de uma refinaria no valor de 2 bilhões em dinheiro dos pagadores de imposto brasileiros e ainda voltou a investir lá. Ou quando pagou para construir um porto em CUBA manteve o empréstimo em segredo de estado, sem os cidadãos poderem saber como é gasto o próprio dinheiro no exterior, sendo que o porto já foi até vendido pelos cubanos. Talvez também a quantidade de investimentos em outros governos alinhados, investimentos suspeitos aliás, na Venezuela e na Argentina de Krischiner. Também perdoou dívidas de ditaduras africanas.

    Isso são crimes de conspiração contra o estado.

    É óbvio também que o que ocorreu não foi vazamento de segredos de estado, corrupção não é segredo de estado, é crime, e Dilma não tinha porcaria alguma que ficar tramando pelas costas dos brasileiros para salvar o Lula.

    Responder

      Marco Santos

      19 de dezembro de 2016 às 13h35

      Aí quando prenderem os petistas com base nessa lei, vão dizer que foi Gopi! Rsrs

      Responder

Fábio José Vieira

27 de maio de 2016 às 20h48

Globo tem os MELHORES atores, a melhor cor, a melhor imagem e o PIOR SISTEMA DE JORNALISMO. Onde seus repórteres são obrigado a engolir seus SCRIPT´s que mentem, boicotam, blefam, confundi e faz confundir, totalmente sem compromisso com a verdade dos fatos ! VERGONHOSO ! #TEMEReGLOBOunidosNoGolpe !

Responder

    Maria Alveni Barros Vieira

    27 de maio de 2016 às 21h57

    Fábio, aqui no Nordeste nós apelidamos os repórteres da Globo de GOGÓ DE ALUGUEL. Só falam o que o patrão permite.

    Responder

    Josué Ferreira

    27 de maio de 2016 às 21h40

    Globo não tem repórter nem jornalistas. Tem um bando de idiotas manipulados que se acham dono do mundo. Na verdade na valem merda. Kamel.kagao

    Responder

      Gustavo Adolfo

      31 de maio de 2016 às 08h32

      Bom são blogs chapa branca que mamavam no governo não é? kkkk

      Responder

        Josué Ferreira

        05 de junho de 2016 às 18h08

        Bons são os otários como você, gugu dolfinho. Otário sem opinião

        Responder

      Marco Santos

      19 de dezembro de 2016 às 13h40

      Idiota manipulado? Humm! Já se olhou no espelho?

      Responder

    Marco Santos

    19 de dezembro de 2016 às 13h39

    Ah tá. Quem fala a verdade é você! Rsrs Patético!

    Responder

Margarida

27 de maio de 2016 às 20h23

O Deputado Wadih Damous tem o meu total apoio!!!

Responder

Dilma Coelho

27 de maio de 2016 às 20h21

Wadih Damous você me representa. Por favor encontre ânimo para derrubar essa mídia canalha.

Por favor, encontre um meio de mudar o sistema do STF, não podemos ficar na mão de uns pobres, esfomeados que só pensam em dinheiro. E ganham muito bem. A pobreza não saiu deles. Não têm compromisso com o país, com os seres humanos que vivem aqui. Precisamos mudar as regras. Não sobra um no judiciário, todos fazem parte do esquema dos bandidos que assaltaram o país.

Responder

Deixe um comentário