Coletiva de Rodrigo Maia (ao vivo) sobre medidas contra a crise

Sabendo que vai para o lixo da história, Renan sente o golpe

Por Tadeu Porto

26 de agosto de 2016 : 16h32

Por Tadeu Porto (@tadeuporto), colunista do Cafezinho

“Esse senado não tem moral para julgar Dilma” é uma frase que saiu da boca da senadora Gleisi Hoffman e foi direta para as páginas dos livros de História [aliás, nada mais justo que tal obviedade seja dita por uma mulher,  devido ao caráter misógino do golpe].

Calheiros deve ter percebido que a expressão da senadora paranaense é, além de muito fortuita, totalmente verdadeira. Por isso, perdeu as estribeiras hoje ao pedir o microfone na seção do impeachment, coisa que não é muito comum em se tratando do alagoano. Até mesmo porque, como bem destacou Fernando Brito no Tijolaço, Renan praticamente confessou o crime de achacar o STF em prol da própria Gleisi e seu marido, Paulo Bernardo.

A gente espera ver uns energúmenos como Caiado, Aécio, Magno Malta ou Mário Couto perdendo o controle da situação, mas Calheiros raramente comete o pecado do destempero. Mesmo com o pedido de prisão decretada pelo seu “arqui-inimigo” Rodrigo Janot, o presidente do senado vem sendo bastante ponderado em suas colocações, tanto nas seções da casa até nas declarações para imprensa.

O que fez, então, Renan pegar tanto ar (como bem dizem nossos queridos amigos nordestinos) com a colocação, repito, totalmente coerente da senadora petista?

Para mim, é relativamente simples: o pmdbista sabe da enrascada que se meteu ao defender e presidir uma tragédia para a história desse país como é esse golpe parlamentar e tenta, mesmo que inutilmente, maquiar o processo de ruptura institucional que a democracia brasileira está vivendo.

A cada dia que passa fica mais provado que o impeachment é golpe. Ademais, Temer não consegue achar sustentação alguma para defender o pouco que tem de popularidade, nem na sua base aliada e muito menos no meio da população. Apenas empresários confiam em Michel e mesmo assim, pois esperam dele medidas altamente impopulares incapazes de passarem pelo crivo das urnas.

Por essas e outras, penso ser uma missão impossível provar para a história que esse impedimento não é um golpe de Estado. Em primeiro lugar, pois a parte técnica do julgamento – a perícia do senado e o parecer do MP – foi jogada as favas por um relator totalmente suspeito e comprometido em salvar seu amigo, Aécio “o mais vulnerável” Neves. Em segundo, porque a compra de votos pelo impeachment se escancara exponencialmente e esses favores vão aparecer cada vez mais, como é o caso absurdo do filho do senador Perella compor o ministério dos esportes. Em terceiro, as declarações como a do próprio Temer “Ela viajaria para denunciar o golpe”  e “essa questão do impeachment no Senado …. Depende da avaliação política” e de ministros como o Kassab “Vivemos um semi-parlamentarismo” jogam por terra a tese republicana de afastamento por crime de responsabilidade e desenha, pra qualquer um ver, que o impeachment virou um tipo de eleição indireta.

E, claro, Renan não é tolo. Ele pode ter suas controvérsias com os incansáveis Renangates, mas bobo ele não é. Muito pelo contrário, ele sabe muito bem que Temer e Cunha e vice-versa e que, ao contrário do que apontou Jucá, o ex-presidente da câmara não está nada morto (longe disso, Cunha parece ter encontrado a pedra filosofal).

Portanto, Calheiros, a essa altura do campeonato, sabe muito bem que o futuro de quem votar a favor do golpe é tão fácil de prever quando a trajetória de uma maça de 20 gramas que se desprende, com velocidade inicial nula, de um galho a 3 metros do chão (não há força de atrito no local). Ou seja, os golpistas irão cair, cair e cair até se espatifar no nível mais baixo que um cidadão pode atingir: o de inimigo do povo e da pátria.

Tadeu Porto é diretor do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense

Tadeu Porto

Colunista do Cafezinho e diretor da Federação Única dos Petroleiros e do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

19 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

maria nadiê rodrigues

27 de agosto de 2016 às 09h10

Passado o impeachment, mesmo com o provável retorno de Cunha, as forças tucanas, que não são poucas, sobretudo em relação ao STF e Moro, se insurgirão contra Temer. Isso acontecerá antes das eleições de 2018, quando Temer pretender por alguma medida constitucional mudar seu tempo de mandato.
O Brasil sem Dilma não gozará de momentos felizes. Pelo contrário, afinal, nem PMDB e nem PSDB estão atentos aos problemas brasileiros, mas às suas necessidades, e oportunismos.

Responder

Ricardo Edmundo Cecconello

27 de agosto de 2016 às 05h19

Lewandowski ou Zawascki?

Caramba, senhores e senhoras, brasileiros e brasileiras, eu não consigo atinar qual dos dois seria a minha maior decepção.

Pior que giu mau dantas, seria a omissão dos seus iguais para ajudar a vender o brazil.

Acredito eu, e deixo para minha posteridade a minha opinião, que pior que dar esse ar de legalidade a um terrível entreguismo, não existe nada pior que possa amenizar a minha profunda decepção com a omissão dos “sinistros” do STF.

A história os julgará covardes? E, infelizmente para nós, eles lá estão preocupados com o que a história lhes reserva?

Infelizmente, ao que me parece, suas únicas preocupações são a salvaguarda dos empregos, a segurança dos familiares assegurada pelo crime organizado, e o resultado do aumento combinado nos seus holleriths todo mês.

Entre tantos maus exemplos, ainda consigo pensar que em se tratando de coragem, discernimento pátrio, e honestidade, continuo sendo Dilma.

Afinal, onde se escondem os 54 milhões de eleitores da presidenta?

Estão acovardados, omissos, escondidos sob a toga do crime organizado superior?

Decepção tremenda com os petroleiros brasileiros.

Saramago. “É dessa massa que nós somos feitos, metade de indiferença e metade de ruindade”.

http://www.revistaforum.com.br/2016/08/26/delegado-da-pf-que-indiciou-lula-era-cabo-eleitoral-de-aecio-neves/

Responder

    Souza Souzas

    27 de agosto de 2016 às 08h29

    Zawascki que em plena reta final do impeachment, teve uma atitude semelhante a Renan ontem(no sentido de inflamar os ânimos), ao autorizar investigação contra Dilma e Lula.

    Responder

Canhoto

27 de agosto de 2016 às 02h37

Não e bem assim. Renan nao vai para o lixo da historia. Ele e parte do excremento há mais de trinta anos. Quem o conhece e nao tem rabo preso com ele, afirma.

Responder

Dilson Magno

26 de agosto de 2016 às 23h02

Nove inquéritos que investigam Renan na Lava Jato Delação cita propina de R$ 30 milhões a peemedebista, imagina se fosse para um petista… Cadeia no mínimo, como é com o chefe do senado até o Janot pede ao STF arquivamento de investigação de um processo contra Renan Calheiros, num jogo de ameaças por parte do chefe do senado Janot colocou o rabo no meio das pernas e negociou com Renan, uma vergonha para o PGR.

Responder

ari

26 de agosto de 2016 às 20h45

Renan é a evidência de que o senado não tem moral para julgar a Presidenta Dilma ou quem quer que seja. O senado e a câmara federal.
A nossa mídia tem levado adiante um processo de imbecilização de parte de nossa classe média, que perdeu totalmente a capacidade crítica, o que se pode ver nos comentários de vários blogs, a maioria palavrões e xingamentos, sem qualquer argumento.
Quem assistiu hoje (26/8), por exemplo, o Jornal da Band, pôde ver o lixo em que se tornou essa emissora. As reportagens sobre o golpe e o indiciamento do Lula são um primor de manipulação.

Responder

Leandro Torreal

26 de agosto de 2016 às 20h18

sempre foi lixo.
o PT fez dele um aliado…
parabéns!!!

Responder

    Inez OLudé G-Kaiowá

    27 de agosto de 2016 às 08h53

    um aliado? ainda nao endentestes que qualquer governo é obrigada a se aliar com o pior que tem no no governo? estes canalhas foram votados, entao quem votou é que é responsavel, eles sao maioria, pt estava na presidencia, isso nao é nada, quem tem maioria é quem manda e quem està no governo nao tem alternativa,vê estas imagens tu tens que trablhaar com os senadores e deputados, governadores, ministros, etc, vas escolher quem?olha aqui no link,

    Responder

      Leandro Torreal

      27 de agosto de 2016 às 12h11

      entendo perfeitamente como funciona.
      por isso mesmo a crítica.
      hipocrisia não.
      Renan sempre foi sujo, mas foi tratado como limpo pelo PT.
      e agora, se não apoiar, volta a ser o sujo que sempre foi.
      e os militantes caem nessas.
      o apoio político não transforma esses bandidos em heróis.
      o PT é tão sujo quanto Renan.

      Responder

Claudio Freire

26 de agosto de 2016 às 19h34

Claro que é golpe. Mas, diferentemente do autor, acho que os golpistas não têm qualquer temor na forma como serão avaliados no futuro.
Para mim, está claro que a população brasileira hoje, infelizmente, está majoritariamente concordando com o golpe. Seja por ter sido lobotomizada para mídia canalha, seja por serem ignorantes políticos, parte da sociedade hoje aplaude o afastamento da presidenta mesmo sem crime de responsabilidade, e parte está passivamente aceitando uma barbaridade dessa.
Os golpistas estão tendo vida muito fácil num país que é formado, em sua maioria, por ignorantes políticos que acreditaram que a presidenta deve ser afastada pelo “conjunto da obra”. A maioria não tem noção de que o valor fundamental numa democracia é o respeito às regras do jogo.
Estou com vergonha de ser brasileiro. Republiqueta de Bananas.

Responder

João Luiz Brandão Costa

26 de agosto de 2016 às 18h21

Miguel, chama teu pessoal de TI e verifica o site Cafezinho. Está “agarrando”. ou seja, quando se entra em uma matéria, a reversão à página principal não se faz Trava tudo, e tem que sair do site e depois retornar. não é meu computador. O mesmo está ocorrendo com o “Vi o Mundo”. Será o tal vírus de bruços?.
Quanto a Renan, porquê tanto espanto? Seu passado é conhecido, seu presente uma vergonha e seu futuro há de coroar toda essa medíocre
trajetória. Não tem grandeza para, no lugar onde está, enfrentar o momento pelo qual passa o país. Não o conhecendo pessoalmente, tenho testemunhos de que se trata de pessoa afável e simpática. Que pena..

Responder

    Inez OLudé G-Kaiowá

    27 de agosto de 2016 às 08h54

    é eu tentei colocar uma imagem e noa funciona, deve ser jà a censura?

    Responder

Joao Carlos Santos

26 de agosto de 2016 às 17h05

O Renan entregou que a prisão do marido da senadora, é uma parte do acharque
que tentaram fazer para inibir, coagir, amedrontar a senadora. Isso é coisa
de gangsteres, mas vem do presidente do senado.
E, ele, ainda subiu a tribuna, para escancarar o que tinha feito, e cobrar em plena
sessão televisionada, que a senadora imiscuir-se da luta em defesa do impeachment.

Um flagrante da chantagem; televisionado, gravado em bom som. Na cara de todos os brasileiros.

Responder

    Inez OLudé G-Kaiowá

    27 de agosto de 2016 às 08h54

    se decalarou criminoso!!!

    Responder

Coxinha

26 de agosto de 2016 às 17h00

Botou a senadora que tem processos espalhados por toda sua arvore genealógica em seu devido lugar. parabéns Renan, ganhou alguns fãs hoje…

Responder

    Emanuel Fernandes Lacerda

    26 de agosto de 2016 às 17h30

    Ow coxinha…o que será que andaram colocando no seu toddynho? Sugiro que continue a caçar pokemons e pare de passar vergonha na internet.

    Responder

    Marcelo

    26 de agosto de 2016 às 19h09

    Parabenizar um cara citado mais de 120 vezes na lava jato so poderia vir de um idiota que se autodenomina coxinha.

    Responder

    Inez OLudé G-Kaiowá

    27 de agosto de 2016 às 09h04

    ah um trouxinha disfarçado de coxinha abriu o boeiro!!! ah dà no mesmo? decididamente o golpe envolve 3 tipos de individous nocivos à sociedade: os imbecis, os idiotas e os servis! os toruxinhas, coxinhas escondidinhos, nao servem mais pra nada, viram que ninguem nem fala mais deles? fizeram o trabalho sujo ,pago pelos bandidos do psdb, pmdb e dem, para levar idiotas pras ruas vestidos de camiseta da cbf, kkkkk nao hà mais corrupto do que estes, (a massa de manobra agora nao sai mais rua , por que perceberam que eram so bucha de canhao,para colocaram os piores bandidos do Brasil no poder sem votos, agora ta tudo com rabicho de vira-latas entre as pernas, porque vao ter que trabalahr 80 horas por semana, ter o salario congelado por 20 anos e vao receber pensao ( se receberem) aos 75 anos , jà meio pra cadaver em estado de putrefaçao avançado) so por isso eu fico aqui morrendo de rir!!! pesnavam que era ocntra os petralhas? deram tiro no pé e saiu pela culatra. https://www.facebook.com/media/set/?set=a.10208615910690503.1073741856.1091832884&type=1&l=b5a5444807

    Responder

    Francisco Melo

    27 de agosto de 2016 às 10h29

    Faz vergonha um comentário como esse! Mas a senadora ganhou mais alguns fãs hoje.

    Responder

Deixe uma resposta