Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

O truque de Janot para tirar do páreo o líder nas pesquisas para 2018

Por Miguel do Rosário

16 de março de 2017 : 11h58

O truque do Janot para implodir a candidatura do Lula

Por Jeferson Miola, em seu Facebook

O que poderia ser celebrado como sinal de normalidade institucional – os pedidos do Rodrigo Janot ao STF para abrir inquéritos das delações da Odebrecht – na realidade é apenas um truque do procurador-geral para [i] proteger o bloco golpista, em especial o PSDB; mas, sobretudo, para [ii] viabilizar a condenação rápida do Lula e, desse modo, impedir a candidatura do ex-presidente em 2018, isso se a eleição não for cancelada pelos golpistas.

Janot seguiu fielmente Maquiavel: “aos amigos, os favores; aos inimigos, a lei”. Os golpistas, cujos indícios de crimes são contundentes, com provas de contas no exterior, jantares no Palácio Jaburu, códigos secretos para recebimento de dinheiro da corrupção e “mulas” para carregar propinas, serão embalados no berço afável do STF.

Lula, sobre quem não existe absolutamente nenhuma prova de crime, foi denunciado por Janot e será julgado por Sérgio Moro, um juiz parcial, que age como advogado de acusação. Ele é movido por um ódio genuíno e dominado por uma obsessão patológica de condenar Lula com base em convicções [sic]. Janot entregou a este leão faminto e raivoso a presa tão ansiada.

Os fatores que permitem prospectar esta hipótese da sacanagem do Janot são:

1. as listas parciais divulgadas em 14 e 15/03/2017 implodiriam qualquer governo, quanto mais o apodrecido e ilegítimo governo Temer – implodiriam, mas não implodirão, porque estamos num regime de exceção;
2. foram denunciados nada menos que: seis ministros [Padilha, Moreira Franco, Aloysio Nunes, Bruno Araújo, Kassab e Marcos Pereira] + os dois sucessores naturais do presidente em caso de afastamento do usurpador [Rodrigo Maia e Eunício Oliveira] + o idealizador da “solução Michel” para estancar a Lava Jato, atual presidente do PMDB [Romero Jucá] + o presidente do PSDB [Aécio “tarja-preta”] + quatro senadores da base do governo + cinco governadores + três deputados que apóiam Temer + três senadores da oposição + dois deputados de oposição;
3. uma pessoa iludida poderia concluir: “é uma decisão corajosa e imparcial do Janot”; afinal, ele investiga personagens poderosos e, aleluia, inclusive o PSDB. Ilusão: esta é, exatamente, a manobra diversionista do Janot;
4. os denunciados do governo golpista, todos eles, inclusive os sempre protegidos tucanos, têm foro privilegiado, e por isso serão investigados pelo STF, e não nas instâncias inferiores do judiciário [com minúsculo]. É verdade que Janot denunciou também golpistas sem foro privilegiado. Esses, porém, são as “genis” Eduardo Cunha e Sérgio Cabral, já presos; e Geddel Vieira Lima, que já está no corredor do cárcere;
5. o supremo [com minúsculo], demonstram estudos da FGV, é a instância mais lenta, mais politizada [eventualmente mais partidarizada, para não dizer tucana] e mais inoperante do judiciário. A primeira lista do Janot, por exemplo, entrou no sumidouro do STF há dois anos [em março/2015], e lá dormita até hoje, sem nenhuma conseqüência na vida dos políticos denunciados por corrupção;
6. a composição ideológica do STF é aquela mesma que, agindo como o Pôncio Pilatos da democracia brasileira, lavou as mãos no processo do impeachment fraudulento, e assim converteu o supremo em instância garantidora do golpe de Estado que estuprou a Constituição para derrubar uma Presidente eleita com 54.501.118 votos;
7. é fácil deduzir, portanto, qual será a tendência do STF na condução dos processos dos golpistas. Se esses julgamentos iniciarem antes de 2021, será um fato inédito.

A lista do Janot é um instrumento ardiloso da Lava Jato e da mídia para a caçada do Lula. Janot faz como o quero-quero, pássaro que grita longe do ninho para distrair os intrusos, afastando-os dos seus filhotes.

As instituições do país estão dominadas pelo regime de exceção que violenta a Constituição para permitir um processo agressivo e continuado de destruição dos direitos do povo, das riquezas do país e da soberania nacional.

O anúncio imediato da candidatura presidencial do Lula, abrindo uma etapa de mobilizações permanentes e gigantescas do povo, é a urgência do momento. É a garantia de proteção popular do Lula contra os arbítrios fascistas do regime de exceção e, ao mesmo tempo, fator que pode modificar a correlação de forças na sociedade.

O êxito dos protestos deste 15 de março, que levaram milhões de trabalhadores às ruas em todo o país, é um sinal positivo da retomada da resistência democrática e da luta contra o golpe e os retrocessos.

A democracia e o Estado de Direito somente serão restaurados no Brasil com a mobilização popular intensa e radical, e a candidatura do Lula é um motor para esta restauração.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

72 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ane Cristina Coelho

13 de abril de 2017 às 18h25

Vivem de estratégias baixas , o que importa pra eles é continuar a quadrilha, e acabar com o pobre e assalariado, Hitler também queria raça pura, esses querem raça rica e mau carater

Responder

nilza de Jesus rosseto casadei

18 de março de 2017 às 05h54

Na minha opinião temos que focar em Brasília, invadir o congresso e tirar essa corja à força, porquê eles não vão sair por si só.

Responder

henrique

17 de março de 2017 às 11h23

Perguntas que o cagador de marajás{Collor} faz a Janot.
“Sr. Janot, o senhor conhece uma empresa constituída em 20 de julho de 1995, sediada na Bélgica, em Saint-Gilles, Bruxelas, à rua Berckmans, nº 3, denominada “Multi-Media Component”? Sr. Janot, o senhor sabia que esta empresa, uma importadora de componentes de informática, sonegou dos cofres públicos da Bélgica nada menos do que 149 milhões de francos belgas em impostos não recolhidos? O senhor sabia, Sr. Janot, que o dono dessa empresa era o seu irmão Rogério Janot Monteiro de Barros? Sr. Janot, o senhor, por acaso, acobertou os crimes internacionais do seu irmão, a começar pela fuga dele da Bélgica em 1995? Sr. Janot, o senhor sabia que até o falecimento do seu irmão, em 21 de maio de 2010, ele era procurado em todo o mundo pela Interpol e que, por isso, não podia sair do Brasil? O senhor sabia, Sr. Janot, que seu irmão constava da Ordem de Captura, conhecida na Interpol como “Difusão Vermelha”, por meio da Circular nº 4834/96, de 29/04/96, requerida pela Juíza de Instrução Calewaert de Bruxelas, inclusive com pedido de extradição ao Brasil caso ele fosse encontrado? Sr. Janot, o senhor tinha conhecimento dos crimes de que seu irmão foi cúmplice na Bélgica, como falsificação de escrituras, fraude e infração à legislação tributária? Sr. Janot, o senhor já era procurador federal nesta época? O senhor sabia que seu irmão, apesar de não ter nenhuma formação profissional específica, era um vendedor nato e que se gabava da competência jurídica de seu irmão mais novo, ou seja, o senhor mesmo? Sr. Janot, o senhor chegou a orientar seu irmão nas atividades de ludibriar a lei e escafeder-se das malhas da justiça, seja ela nacional ou internacional? O senhor ajudou, Sr. Janot, de alguma forma o seu irmão a se manter, aqui no Brasil, na clandestinidade internacional? Por que ele, Sr. Janot, nunca foi procurado ou encontrado aqui no Brasil, mesmo com endereço certo e conhecido, para ao menos o Brasil negar o pedido de extradição? Sr. Janot, depois dessa fuga para não responder na justiça belga pelos crimes cometidos, seu irmão voltou a viajar para o exterior?
Sr. Presidente, permita-me continuar sendo direto: Sr. Janot, o senhor ainda possui uma casa em Angra dos Reis, no Condomínio Praia do Engenho, Km 110, da Rodovia Rio-Santos? Sr. Janot, o senhor continua homiziando nesta casa um contumaz e confesso estelionatário, sócio do seu irmão, como fez nos anos noventa, depois de exercer o cargo de procurador-chefe substituto no Distrito Federal? Sr. Janot, o senhor continua recebendo renda de aluguel sem passar recibo? Sr. Janot, o senhor continua sonegando imposto por não declarar os recursos recebidos desses alugueis? O que foi feito dessa casa, afinal, Sr. Janot? O senhor abandonou o imóvel? Transferiu? Alugou de novo? Vendeu?
E mais, Sr. Janot: o senhor sabia também que seu irmão fez fortuna por um período, entre 1990 e 1992, vendendo equipamentos de informática com “notas frias”? O senhor lembra, Sr. Janot, que por seus conhecimentos nas Alterosas e sua influência, intermediando o negócio do seu irmão – diga-se, há anos estabelecido no Rio de Janeiro –, ele vendia a uma grande empreiteira mineira aquele antigo modelo de computador, o 386? Pois bem, Sr. Janot, o senhor sabia que cada máquina era comercializada a 3.500 dólares, em lotes de 30 a 40 unidades? E o senhor teve conhecimento, Sr. Janot, que seu irmão chegou a comprar um apartamento no Rio de Janeiro, na Barra da Tijuca, à Av. Sernambetiba, nº 1250, aptº 201, com o lucro dessas vendas ilegais de computador? Quem mora hoje nesse apartamento, Sr. Janot? Seria a ex-esposa de seu irmão, sua cunhada? Sr. Janot, o senhor também sabia que aqueles equipamentos, vendidos com notas frias, eram destinados aos canteiros de obra daquela grande empreiteira mineira? Sr. Janot, essa empreiteira está de fato arrolada na Operação Lava-Jato, com dirigentes já presos, como ocorreu com as outras grandes empreiteiras? Por acaso, Sr. Janot, o senhor aplica a seletividade também em relação às construtoras? Afinal, Sr. Janot, o senhor ainda tem alguma ligação com essa empreiteira de Minas Gerais? Diga a verdade, Sr. Janot, o senhor conhecia as atividades criminosas de seu irmão ou o senhor foi apenas um procurador, digamos, complacente, furtando-se à vigilância pelos crimes fraternos? Não fosse o Sr. Rogério seu irmão a cometer crimes fiscais e tributários, o senhor agiria da mesma forma, sem o rigor da lei – embora seletivo – que o senhor tanto prega?
Sr. Janot, não posso deixar de lamentar o falecimento de seu irmão mais velho, Rogério, ocorrido em 2010. Sei que depois de um grave acidente – um atropelamento – na Barra da Tijuca ele foi levado aos Hospitais Lourenço Jorge e Miguel Couto no Rio de Janeiro. Sei também que, em virtude de uma infecção hospitalar, ele foi transferido para uma clínica na Tijuca, onde veio a falecer. Mas diga, Sr. Janot, é verdade que o senhor, ao pagar as despesas hospitalares, na casa das dezenas de milhares de reais, conseguiu baixar o preço utilizando-se de sua condição, em 2010, de subprocurador-geral da República e então diretor da Escola Superior do Ministério Público da União? O senhor deu – como se diz no popular – uma “carteirada” no hospital, Sr. Janot? De onde vieram esses recursos com os quais o senhor pagou uma conta altíssima, algo próximo a 100 mil reais? O senhor tinha, de fato, toda essa renda disponível? Certamente abateu as despesas no Imposto de Renda, não foi, Sr. Janot?
Aliás, Sr. Janot, por falar em renda, é verdade que o senhor trabalha camufladamente há anos, ou décadas, para o escritório do ex-procurador-geral Aristides Junqueira? É verdade que, mesmo impedido de advogar, o senhor – claro, sem nada assinar – obtém lucros auxiliando a banca do Dr. Aristides Junqueira? Sr. Janot, isto é moralmente aceitável? É legítimo? É ético, Sr. Janot? Não constitui crime um procurador-geral da República advogar paralelamente? Desde quando o senhor pratica essa dupla atividade? E como o senhor faz, Sr. Janot, com sua declaração de rendimento? Como justifica perante o fisco essa renda, digamos, extra?
Finalizando, Sr. Presidente, Sras. e Srs. Senadores, e continuando a ser direto: Sr. Janot, o senhor teria coragem de ser acareado publicamente com algumas testemunhas desses fatos? Diga-nos, diretamente, Sr. Janot: quem é o senhor de fato? Um pretenso defensor da lei ou o senhor, na verdade, é um infrator da lei, da moral, da ética, seja no passado, seja no presente? Em qual dos dois Janótes os brasileiros devem acreditar?
Sr. Janot, pelo sim, pelo não, no fundo de sua alma, o senhor não se sente desconfortável ao acomodar-se na cadeira de um Procurador-Geral da República que deveria honrar o seu mister?”

Responder

Henrique Pedreira

17 de março de 2017 às 13h45

Perguntas que o cagador de marajás{Collor} faz a Janot.
“Sr. Janot, o senhor conhece uma empresa constituída em 20 de julho de 1995, sediada na Bélgica, em Saint-Gilles, Bruxelas, à rua Berckmans, nº 3, denominada “Multi-Media Component”? Sr. Janot, o senhor sabia que esta empresa, uma importadora de componentes de informática, sonegou dos cofres públicos da Bélgica nada menos do que 149 milhões de francos belgas em impostos não recolhidos? O senhor sabia, Sr. Janot, que o dono dessa empresa era o seu irmão Rogério Janot Monteiro de Barros? Sr. Janot, o senhor, por acaso, acobertou os crimes internacionais do seu irmão, a começar pela fuga dele da Bélgica em 1995? Sr. Janot, o senhor sabia que até o falecimento do seu irmão, em 21 de maio de 2010, ele era procurado em todo o mundo pela Interpol e que, por isso, não podia sair do Brasil? O senhor sabia, Sr. Janot, que seu irmão constava da Ordem de Captura, conhecida na Interpol como “Difusão Vermelha”, por meio da Circular nº 4834/96, de 29/04/96, requerida pela Juíza de Instrução Calewaert de Bruxelas, inclusive com pedido de extradição ao Brasil caso ele fosse encontrado? Sr. Janot, o senhor tinha conhecimento dos crimes de que seu irmão foi cúmplice na Bélgica, como falsificação de escrituras, fraude e infração à legislação tributária? Sr. Janot, o senhor já era procurador federal nesta época? O senhor sabia que seu irmão, apesar de não ter nenhuma formação profissional específica, era um vendedor nato e que se gabava da competência jurídica de seu irmão mais novo, ou seja, o senhor mesmo? Sr. Janot, o senhor chegou a orientar seu irmão nas atividades de ludibriar a lei e escafeder-se das malhas da justiça, seja ela nacional ou internacional? O senhor ajudou, Sr. Janot, de alguma forma o seu irmão a se manter, aqui no Brasil, na clandestinidade internacional? Por que ele, Sr. Janot, nunca foi procurado ou encontrado aqui no Brasil, mesmo com endereço certo e conhecido, para ao menos o Brasil negar o pedido de extradição? Sr. Janot, depois dessa fuga para não responder na justiça belga pelos crimes cometidos, seu irmão voltou a viajar para o exterior?
Sr. Presidente, permita-me continuar sendo direto: Sr. Janot, o senhor ainda possui uma casa em Angra dos Reis, no Condomínio Praia do Engenho, Km 110, da Rodovia Rio-Santos? Sr. Janot, o senhor continua homiziando nesta casa um contumaz e confesso estelionatário, sócio do seu irmão, como fez nos anos noventa, depois de exercer o cargo de procurador-chefe substituto no Distrito Federal? Sr. Janot, o senhor continua recebendo renda de aluguel sem passar recibo? Sr. Janot, o senhor continua sonegando imposto por não declarar os recursos recebidos desses alugueis? O que foi feito dessa casa, afinal, Sr. Janot? O senhor abandonou o imóvel? Transferiu? Alugou de novo? Vendeu?
E mais, Sr. Janot: o senhor sabia também que seu irmão fez fortuna por um período, entre 1990 e 1992, vendendo equipamentos de informática com “notas frias”? O senhor lembra, Sr. Janot, que por seus conhecimentos nas Alterosas e sua influência, intermediando o negócio do seu irmão – diga-se, há anos estabelecido no Rio de Janeiro –, ele vendia a uma grande empreiteira mineira aquele antigo modelo de computador, o 386? Pois bem, Sr. Janot, o senhor sabia que cada máquina era comercializada a 3.500 dólares, em lotes de 30 a 40 unidades? E o senhor teve conhecimento, Sr. Janot, que seu irmão chegou a comprar um apartamento no Rio de Janeiro, na Barra da Tijuca, à Av. Sernambetiba, nº 1250, aptº 201, com o lucro dessas vendas ilegais de computador? Quem mora hoje nesse apartamento, Sr. Janot? Seria a ex-esposa de seu irmão, sua cunhada? Sr. Janot, o senhor também sabia que aqueles equipamentos, vendidos com notas frias, eram destinados aos canteiros de obra daquela grande empreiteira mineira? Sr. Janot, essa empreiteira está de fato arrolada na Operação Lava-Jato, com dirigentes já presos, como ocorreu com as outras grandes empreiteiras? Por acaso, Sr. Janot, o senhor aplica a seletividade também em relação às construtoras? Afinal, Sr. Janot, o senhor ainda tem alguma ligação com essa empreiteira de Minas Gerais? Diga a verdade, Sr. Janot, o senhor conhecia as atividades criminosas de seu irmão ou o senhor foi apenas um procurador, digamos, complacente, furtando-se à vigilância pelos crimes fraternos? Não fosse o Sr. Rogério seu irmão a cometer crimes fiscais e tributários, o senhor agiria da mesma forma, sem o rigor da lei – embora seletivo – que o senhor tanto prega?
Sr. Janot, não posso deixar de lamentar o falecimento de seu irmão mais velho, Rogério, ocorrido em 2010. Sei que depois de um grave acidente – um atropelamento – na Barra da Tijuca ele foi levado aos Hospitais Lourenço Jorge e Miguel Couto no Rio de Janeiro. Sei também que, em virtude de uma infecção hospitalar, ele foi transferido para uma clínica na Tijuca, onde veio a falecer. Mas diga, Sr. Janot, é verdade que o senhor, ao pagar as despesas hospitalares, na casa das dezenas de milhares de reais, conseguiu baixar o preço utilizando-se de sua condição, em 2010, de subprocurador-geral da República e então diretor da Escola Superior do Ministério Público da União? O senhor deu – como se diz no popular – uma “carteirada” no hospital, Sr. Janot? De onde vieram esses recursos com os quais o senhor pagou uma conta altíssima, algo próximo a 100 mil reais? O senhor tinha, de fato, toda essa renda disponível? Certamente abateu as despesas no Imposto de Renda, não foi, Sr. Janot?
Aliás, Sr. Janot, por falar em renda, é verdade que o senhor trabalha camufladamente há anos, ou décadas, para o escritório do ex-procurador-geral Aristides Junqueira? É verdade que, mesmo impedido de advogar, o senhor – claro, sem nada assinar – obtém lucros auxiliando a banca do Dr. Aristides Junqueira? Sr. Janot, isto é moralmente aceitável? É legítimo? É ético, Sr. Janot? Não constitui crime um procurador-geral da República advogar paralelamente? Desde quando o senhor pratica essa dupla atividade? E como o senhor faz, Sr. Janot, com sua declaração de rendimento? Como justifica perante o fisco essa renda, digamos, extra?
Finalizando, Sr. Presidente, Sras. e Srs. Senadores, e continuando a ser direto: Sr. Janot, o senhor teria coragem de ser acareado publicamente com algumas testemunhas desses fatos? Diga-nos, diretamente, Sr. Janot: quem é o senhor de fato? Um pretenso defensor da lei ou o senhor, na verdade, é um infrator da lei, da moral, da ética, seja no passado, seja no presente? Em qual dos dois Janótes os brasileiros devem acreditar?
Sr. Janot, pelo sim, pelo não, no fundo de sua alma, o senhor não se sente desconfortável ao acomodar-se na cadeira de um Procurador-Geral da República que deveria honrar o seu mister?”

Responder

Maria Dorinha Pedra

17 de março de 2017 às 10h19

Só Não vê quem não quer Lula o melhor presidente que o Brasil já teve.

Responder

Silvania Alves

17 de março de 2017 às 05h38

Sempre falei que a luta teria que ser de cima para baixo, a começar pelo Impeachment do Salafrário Gilmar Mendes. O povo conseguindo isso faria com que o STF cumprisse o seu papel institucional e pensasse muito antes de acobertar outros canalhas (é bem os seus)

Responder

Hildermes Medeiros

17 de março de 2017 às 05h23

A meu ver o que está posto pelo jornalista nostra o caminho a seguir, porque já está tudo às claras, não há mais dúvidas, e a solução não pode vir mais pelo diálogo nos gabinetes. É esperar demais que o Ministério Público e o Supremo, que organizaram e deram sustentação ao golpe do impeachment contra a Dilma, que o capital internacional financiou, encaminhado pela maior parte do parlamento brasileiro, vão agora, como se diz, bater também em Francisco. Vejo muito pouca chance disto acontecer, porque atingir Francisco (Lula, Dilma e PT) tem sido o objetivo dessa gente. É bom não esperar isto. Toda a canalhice está sendo engendrada com a mídia para livrar todos os seus acólitos, no mesmo sentido que veem fazendo desde o famigerado Mensalão. A reversão somente será possível de acontecer, se a maior parte da sociedade acordar, aí incluídas as classes médias, principalmente a classe média negra tão beneficiada pelas políticas adotadas nos governos Lula e Dilma em seu benefício, corrigindo injustiças mais do que centenárias, percebendo que o golpe foi no sentido de atingir as conquistas sociais de nosso povo, para aumentar o grau de exploração do capital internacional e seus sócios internos, insurgindo-se contra esse bando de bandidos que estão encaminhando o saque de nossa economia, vale dizer da população como um todo, principalmente os mais pobres. O nível da luta só surtirá algum efeito se os prejudicados pelo golpe passarem a manifestar sua discordância em praça pública, desnudando os golpistas do Parlamento, da Justiça aí incluídos os Ministérios Públicos. Também, já está mais do que na hora de exigir isenção da mídia. Não há abrigo nas leis que amparam as legislações da imprensa como um todo para o procedimento que adotam. Verdadeiras agressões ao bom senso e ao sentido ético. É preciso que percebam que continuando essa prática podem direcionar ações do povo contra essa desfaçatez. Somente no papo tudo continuará seguindo da mesma forma, nada de substancial será mudado

Responder

Walmir Mendonça Paim

17 de março de 2017 às 04h11

O STF É UMA PODRIDÃO! A MORTE D TEORÍ FOI JOGADA P DEBAIXO D TAPETE….A ENTRADA D ALEXANDRE MORAES, É A CHANCELA D PODRIDÃO!!!

Responder

Terezinha Dulce Silva

17 de março de 2017 às 00h51

A corrupção tão propalada pela Lava Jato esconde a real intenção que é moer o PT. Tiveram algum êxito, pois que prenderam petistas e empresários. O mote é ” sufocar, moer, sangrar, prender, enviuvar e porque não matar Lula? São aves de rapina com sangue nos bicos….

Responder

Mari Gomes

17 de março de 2017 às 02h18

Lula2018

Responder

Zilda Augusto Ferreira

17 de março de 2017 às 02h14

Amante é caixa 2

Responder

Fausto AMARAL DE BARROS

16 de março de 2017 às 20h18

O último Estadista do século XX, Gorbachev, foi substituído por um bêbado.
O primeiro do século XXI, por um marionete-de-amebas.
Conclusão obvia: o fim está próximo, mas nem por isso devemos ‘entregar os pontos’ e, menos ainda, nos esquecermos de que remédio para moleira de coxinhas/joões-bobos e caterva, é borduna.
O que tem de cegos (deveriam ser é mudos!) ‘comerdando’ matérias à respeito do Lula é coisa hollywoodiana!
Triste…

Responder

Jose Manoel Martins

16 de março de 2017 às 20h01

É só armando outro golpe par tirar a vitória de LULA na próxima eleição para presidente, para o desespero da minoria deste país.

Responder

ULTIMO TEODORO DA FONSECA TORRES

16 de março de 2017 às 19h39

ESTAMOS VIVENDO UM MOMENTO DE EXCEÇÃO( NÃO A LEI)É DIFÍCIL FAZER QUALQUER ANALICE, É LAMENTAVEL VER O BRASIL NESTA CONDIÇÃO, OS NOSSOS GOVERNANTES ESTÃO TODOS CORROMPDOS , AGORA AO MEU VER SÓ PODE MUDAR ESTA HISTORIA COM A FORÇÃO DO POVO. TENHO 63 ANOS DE VIDA LAMENTO VER O BRASIL PASSAR POR ISSO LAMENTAVEL.

Responder

Ana Claudiya Brum

16 de março de 2017 às 22h16

A lista não aparece o PSDB nem com “tarja preta!”

Responder

Ieda

16 de março de 2017 às 19h07

Concordo totalmente com essa análise, mas não estou muito firme de que conseguiremos, apesar de acreditar muito na força da mobilização do povo. É que essa gente que está tocando nossas instituições não têm compromisso com o País e nem tem escrúpulos de nada. Fazem qualquer coisa pra se manter fazendo o que estão fazendo. Dá uma tristeza imensa perceber tudo isso. É desalentador.

Responder

gilmarlopesvieira

16 de março de 2017 às 18h45

EU NÃO ENTENDO SE AS ACUSAÇÕES CONTRA O MOLUSCO SÃO FALSAS POR QUE QUE ELE NÃO MOSTRA AS PROVAS….AH ESSA DESCULPAS TÁ MUITO ESFARRAPADA…..ROUBOU A LÓGICA É IR MESMO PRA CADEIA….DIA A QUEM DOER….

Responder

    Jorge Barbosa da Conceição

    17 de março de 2017 às 08h31

    Gilmar Lopes Vieira; é muito simples,quem acusa é quê tem que apresentar provas !

    Responder

Nando Gaia

16 de março de 2017 às 21h23

O bolsonaro não está na lista do jonot.,o pt está todo na roubalheira.

Responder

Che amigo

16 de março de 2017 às 18h07

Clara e objetiva análise! A verdade liberta!

Responder

Gustavo Pacheco

16 de março de 2017 às 20h56

Que líder das pesquisas? Lula já era e poderá ser preso e condenado ainda este ano. O PT precisa buscar um outro líder, se quiser sobreviver.

Responder

Anônimo

16 de março de 2017 às 17h43

Essa é a grande verdade! Somente o povo Unido pode salvar LULA dos golpistas. Portanto, temos que acompanhar LULA no dia 3 de maio em Curitiba com o naior número de pessoas.

Responder

Reinaldo Morano Filho

16 de março de 2017 às 20h36

janot, minúsculo na decência, é expoente de primeira grandeza na quadrilha de golpistas canalhas, desde sempre!!

Responder

Reginaldo de Souza

16 de março de 2017 às 17h07

Eu acho que nao isso é conversa pra boi dormir o Janot nunca faria isso essa e converça de Ptista mais ums mentira Ptista pq isso eles sao bons em mentiras ne kkklk

Responder

Antonio Normandio Teixeira Antonio

16 de março de 2017 às 20h03

Líder de quem? Seus sim, meu não! lula nunca será o meu líder, mesmo se um dia ele voltar a ser eleito. Eu tenho vergonha, eu tenho amor a minha Pátria , eu não me vendo por soma alguma!

Responder

    Ronaldo Cataneo

    16 de março de 2017 às 20h08

    Afinal quem é seu líder! O Santo , o mineirinho, o careca 23 milhões na Suíça .Quem ??

    Responder

    Antonio Normandio Teixeira Antonio

    16 de março de 2017 às 20h18

    Atualmente, penso eu que nossas forças armadas deveriam fechar o congresso, marcar novas eleições gerais de vereador a presidente, só com candidatos fichas limpas, e depois deveriam entregar novamente o comando político para a sociedade civil! Se gritar pega ladrão tumultua o recinto!

    Responder

      Roberto

      16 de março de 2017 às 19h11

      quem pensa como você vota no p$db, não é mesmo???

      Responder

      Mandarim

      16 de março de 2017 às 19h32

      Bons tempos em que ser burro era motivo de desconforto e vergonha.
      Hoje em dia uma toupeira como essa tem orgulho da propria estupidez, e a exibe sem nenhum recato como trofeu sobre a propria cabeca. As redes sociais deram voz aos mediocres e fizeram os imbecis perderem a modestia. A maxima que define tudo nesse Brasil pos-golpe, na era da pos-verdade, e: “A burrice venceu”!

      Responder

      Renato Antonioli

      16 de março de 2017 às 23h01

      É ingenuidade política sua ou insanidade mesmo ? Fechar o Congresso e depois marcar eleições livres ? Que mundo fantasioso vc vive ?

      Responder

    Edio Ferreira Soares Jr.

    17 de março de 2017 às 00h42

    E daí? O que me importa se seu líder é fulano ou sicrano? E o que você tem a ver com a vida dos outros? Numa democracia se respeita a decisão da maioria e pronto. Em 2018 veremos quem vence e quem não vencer que faça oposição. Lula não é seu líder? Fale com a minha mão.

    Responder

    Zé Medeiros

    17 de março de 2017 às 01h50

    Antonio Normandio Teixeira Antonio Esquece as Forças Armadas apoiam o golpe,logo estamos fu…!

    Responder

    Kyryno Euzebio

    17 de março de 2017 às 03h16

    Cai fora mercenário do golpe.

    Responder

    Henrique Pedreira

    17 de março de 2017 às 14h08

    Antonio Normandio Teixeira Antonio 2-http://guiadoestudante.abril.com.br/blog/atualidades-vestibular/10-mitos-sobre-a-ditadura-no-brasil-ou-por-que-voce-nao-vai-querer-que-ela-volte/

    Responder

    Henrique Pedreira

    17 de março de 2017 às 14h10

    Antonio Normandio Teixeira Antonio Excerto do 2, retro: Muito pouco se falava em corrupção. Mas não significa que ela não estava lá. Experimente jogar no Google termos como “Caso Halles”, “Caso BUC” e “Caso UEB/Rio-Sul” e você nunca mais vai usar esse argumento. Vai no Google, vai.

    Responder

    Antonio Normandio Teixeira Antonio

    17 de março de 2017 às 14h19

    Sim Henrique é verdade o Brasil quando foi descoberto aqui o Brasil recebeu centenas de degredados de péssimos costumes. A corrupção não nasceu no governo petista isso é certo, mas o que eu mais queria era com um trabalhador no poder ceifasse essa safadeza que corria frouxa, sem punição, e não só no executivo não o negócio é geral. Eu só esperneio a favor do Brasil, de minha Pátria, o resto é o resto, quem for bandido, e nesse sentido não estou apontando o dedo pra ninguém, que pague pelo seu erro, quem roubou compulsoriamente devolva o produto da corrupção aos cofres público. Vc pensa diferente?

    Responder

    miela canavezzi

    17 de março de 2017 às 22h42

    E quem vai ter interesse em comprar uma besta como voce????

    Responder

Lúcia Helena Cusini

16 de março de 2017 às 19h51

E o golpe continua…

Responder

Rita Andreata

16 de março de 2017 às 19h14

Janot golpista

Responder

Antonio Afonso Miotto

16 de março de 2017 às 15h43

Perfeita a análise . É isso mesmo. Esse Janot não vale o feijão que come. Esse sujeito é um pilantra assim como o Moro e a cúpula do STF. Esse Judiciário e o MPF , inclusive a PF tucana envergonha o país, sujam o nome das instituições e vão para o lixo da história. Lasmentável.

Responder

enganado

16 de março de 2017 às 15h33

Sem comentários. A fotografia é “”ANTOLÓGICA “””. A fotografia diz TUDO! Este fotógrafo vai pro Céu. Que desbunde!!!!

Responder

JoApaS

16 de março de 2017 às 15h08

CHEGA de LERO-LERO … DISCURSOS NÃO MUDAM NADA !!
VAMOS ao que IMPORTA .. para “AÇÕES CONCRETAS” …

A GRANDE VIRADA do POVO do BRASIL
15-março-2017
ESQUEÇAM BRASÍLIA – TRABALHEM para “A GRANDE VIRADA do POVO(de bem) do BRASIL” … (By JoApaS)
TODO MUNDO pra RUA ..e.. #VAMOSproPAU ..!

A maioria dos brasileiros (POVO de BEM, democrático, honesto, ético, respeitoso, etc.) TEM QUE ESQUECER BRASÍLIA e aquelas quadrilhas, bem com a “VELHA CONSTITUIÇÃO” rasgada com SUAS LEIS “jeitosas”(de jeitinhos jurídicos), de INSTITUIÇÕES falidas, Órgãos inoperantes, etc… Temos que esquecer tudo isso, o “chamado” GOVERNO OFICIAL (dos golpistas ARCAICOS e da FACÇÃO do CRIME ORGANIZADO que tomou o PODER CENTRAL do BRASIL) e PARTIRMOS JÁ para criarmos (entre nós, o POVO).
ESQUEÇAM BRASÍLIA e o BRASIL VELHO – TRABALHEM para o BRASIL NOVO com “A GRANDE VIRADA do POVO(de bem) do BRASIL”, com FOCO em:
1)- Eles lá em Brasília fazendo o que querem e nós aqui entre o POVO, fazendo o que o POVO achar melhor (desobediência civil total);
2)- CRIAR, INSTITUIR e ESTABELECER o “Governo Paralelo do Povo do Brasil (GPPB)” como “PRIMEIRA MEDIDA do NOVO GOVERNO”, de imediato;
3)- Criar a “AGÊNCIA CENTRAL de MÍDIAS” denominado “CANAL do POVO” como “SEGUNDA MEDIDA do NOVO GOVERNO”, de imediato;
4)- E como “TERCEIRA MEDIDA do NOVO GOVERNO”, de imediato: INSTALAR a “CONSTITUINTE do POVO” definindo e criando o “PARLAMENTO do POVO (pPOVO) decorrente da formação da “CONSELHO CONSTITUINTE do POVO (CC-povo);
5)- Criar as “ARENAS do POVO” (aPOVO) que atuariam regionalmente em complemento ao PARLAMENTO do POVO;
6)- criar a (nova) CONSTITUIÇÃO Federativa do POVO (cPOVO);
7)- criar as )novas) Leis do Povo (lPOVO);
8)- criar o Exército do Povo (ePOVO);
9)- criar o Tribunal do Povo (tPOVO);
10)- criar as “BANCAS do POVO” (bPOVO) que atuariam regionalmente em complemento ao Tribunal do Povo;
11)- criar os “novos” CÓDIGOS do POVO (ética, conduta, cidadania, comercial, industrial, ensino, saúde, etc. e os Códigos de Defesa do Povo (CDPs): Consumidor, Idoso, Criança, Mulher, Adolescente, etc…. (codPOVO);
12)- criar a (nova) LINGUA do POVO ..(já desenvolvi e tenho pronta desde Jan-2016 uma nova LINGUA pra substituir o PORTUGUES, bem moderna e inovadora para o mundo atual digital);
13)- criar as (novas) “Leis do Trabalho para o POVO (LTP)” em substituição à CLT;
14)- criar a NOVA MOEDA do POVO (o “cascaio do POVO” => Cp$);
15)- criar o “CONSELHO TRIBUTÁRIO e FINANCEIRO do POVO (CTF-povo);
16)- criar o (novo) SISTEMA de TRIBUTOS e FINANÇAS do POVO (STP) gerido pelo “CTF-povo”=CONSELHO TRIBUTÁRIO e FINANCEIRO do POVO;
17)- criar um “CONSELHO de GESTÃO do POVO” de onde emana as “diretivas vindas dos DIRETÓRIOS das BASES dos PARTIDOS do POVO”, após passar pelo PARLAMENTO do POVO para orientar a ADMINISTRAÇÃO GERAL do GOVERNO do POVO;
18)- criar somente 4(quatro) “PARTIDOS POLÍTICOS POPULARES (PPPs do POVO)”: o AZUL, o VERMELHO, o VERDE e o AMARELO com uma faixa Branca indicando PAZ ao centro enviesado ao meio;
19)- criar os “DIRETÓRIOS ADJUNTOS das BASES do POVO” em cada MUNICÍPIO, sendo uma BASE para cada PARTIDO POPULAR: Azul, Vermelho, Verde e Amarelo;
20)- criar o “BANCO do POVO” gerido por um “CONSELHO de ADMINISTRAÇÂO do POVO” e,
21)- etc, etc, .. etc. ou seja, em suma, já TENHO TUDO PRONTO .. só falta o POVO ir pra RUA e começar atuar no NOVO “MOLDE de GOVERNO”, com:

INSTALANDO DE IMEDIATO como ATOS POPULARES:
A)- desobediência civil ao Governo Central Oficial com relação a tudo: Leis, Tributos, Obrigações, etc.;
B)- como primeira medida, o POVO deve TRANSFERIR todo seu dinheiro em BANCOS do “velho BRASIL”, transferindo-o para o BANCO do POVO, administrado pelo próprio POVO…só isso já QUEBRA o GOVERNO GOLPISTA, de imediato;
C)- instalar a ANARQUIA GERAL pelos “quatro cantos do País” desorientando e desestabilizando o Governo Central Golpista;
D)- SUSPENDER todo tipo de PAGAMENTO de TRIBUTOS ao Governo Oficial (sonegação principal da desobediência pra secar a fonte e minar o Governo Oficial, pagando tributos do POVO para o POVO no NOVO SISTEMA TRIBUTÁRIO idealizado pelo POVO);
E)- Indicar candidatos do POVO, elegendo-os em “VOTAÇÃO DIRETA e ABERTA” como “REPRESENTANTES e AGENTES do POVO” para os DIRETÓRIOS das BASES, ARENAS, da CONSTITUINTE e do PARLAMENTO;
F)- Nomear os “CLEROS(juízes indicados e eleitos pelo povo)” para o TRIBUNAL do POVO e BANCAS REGIONAIS;
G)- Criar a nova MOEDA, BANDEIRA, LÍNGUA e REGRAS ECONÔMICAS-FINANCEIRAS para as “AÇÕES da ECONOMIA e FINANÇAS do POVO”;
H)- Criar a “REDE de Produção, Abastecimento e LOGISTICA do COMÉRCIO do POVO”, para o POVO e com o POVO;
etc & tal …
E assim, montaremos o “NOVO BRASIL”, passo-a-passo no compasso popular emanando do POVO … vindo do POVO de BEM do BRASIL.
O “VELHO ACABOU” em 2016 !

Responder

Estelina Farias

16 de março de 2017 às 15h05

A lista do Janot parece filme de quinta categoria. A gente sabe previamente o que vai acontecer. Com uma pseudo imparcialidade, querem justificar o impedimento de Lula no talvez pleito de 2018.

Responder

Luiza Elena

16 de março de 2017 às 14h56

Enquanto o povo não acordar para perceber que o ataque a LULA é para tirar do Brasil a única esperança que resta, esses coixinhas vão continuar o conluio com a imprensa golpista e o poder judiciário corrompido! É preciso a classe trabalhadora reagir. Esses bandidos de togas, paletó e gravata, não podem está a cima do bem e do mal. Tem que usar os metodos que se usa em outros países para colocar esses malandros que se juntaram para tirar os direitos do povo no lugar deles.

Responder

Jose Ribamar

16 de março de 2017 às 17h55

PODE TENTAR TIRAR DA LUTA, MAIS SÓ DIZER COM QUEM VC VAI LULA E NÓS ACOMPANHAREMOS…E AI ”JANOT”, 2018 NÃO TEM SALVAÇÃO PARA GOLPISTAS..

Responder

Anônimo

16 de março de 2017 às 14h40

Melhor análise da conjuntura política do Brasil que li até agora.Somente a mobilização popular será capaz de frear o golpe e restaurar a normalidade no país. Estamos vivendo num regime de exceção com um Judiciário “acorvadado” e um congresso acuado.

Responder

Izabel Lisboa

16 de março de 2017 às 17h29

Análise claríssima.

Responder

Jesus Calixto

16 de março de 2017 às 16h36

Anderson Dias

Responder

olavo serafino

16 de março de 2017 às 13h22

lula ????
kkkkkkk acorda…

2018 é joao doraia é acm neto !!! invenciveis..
SE QUISEREM FAZEM ATE OUTRA CONSTITUIÇÃO..

O Movimento Brasil Livre apoia João Doria para presidente da República.

Segundo o Estadão, “dirigentes do MBL decidiram fazer campanha aberta por Doria, inclusive atacando os presidenciáveis tucanos Geraldo Alckmin e Aécio Neves.

A chapa de Doria já tem até vice cotado: o prefeito de Salvador, ACM Neto”.

João Doria e ACM Neto, hoje, seriam invencíveis.

Responder

Grace Rodrigues

16 de março de 2017 às 16h17

Que ordinário esse Janot…

Responder

Ivete Gonçalves

16 de março de 2017 às 16h06

CANALHAS

Responder

ALEXANDRE DE SOUZA

16 de março de 2017 às 13h05

Ao julgar pelo mensalao do PSDB p.ex. é bem plausivel que isso ocorra. Moro terá mais uma chance de condenar Lula. O TRF 4 se for a instância recursal também sera favas contadas. Ajustado o “timing” da meganhagem e mesmo com absolvição em outra instância Lula ficaria invabilizado para 18. Zanin & Cia devem insistir na tese de imparcialidade de Moro junto a instância diferente do TRF4, se é que isso é possivel.

Responder

Rogério Bezerra

16 de março de 2017 às 12h53

Fernando, hoje as instituições e órgãos públicos citados agem como se fossem uma pequena empresa familiar. Onde o “dono” faz e desfaz. Não há lei, regra e, muito menos, ética. O dono é absoluto.
Temos supremos, conselhos e entidades que trabalham para si. São os donos do “negócio”.
Detalhe: Nós pagamos seus salários, vantagens e custos imorais
Quem viveu os tribunais nos últimos 27 anos acompanhou a melhoria abissal nas condições de trabalho. Poucas privadas empresas tem o atual ambiente, salário, equipamentos e aposentadoria.
E, fora a globo, talvez nenhuma tenha o poder que esses usurpadores tem.

Responder

foo

16 de março de 2017 às 12h52

O que significa “ter o nome” na lista de Janot?

O Careca (Serra) foi acusado de receber milhoes na Suica.

O Lula e a Dilma, provavelmente, foram citados de “ouvi dizer”. (Se tivessem uma declaracao bombastica ja’ saberiamos faz tempo!)

E’ por isso que falam apenas em “ter o nome na lista”, mas nao entram nos detalhes da acusacao.

Contra os tucanos, ao que tudo indica, vem chumbo grosso.

Responder

    Ulisses

    16 de março de 2017 às 13h33

    Concordo! Pelo que vazou da infame lista, é sinal que Lula e Dilma, nada tem a temer. A grande mídia do mal, não hesitaria em divulgar alguma coisa que colocaria Lula na cadeia.

    Responder

Nando Gaia

16 de março de 2017 às 15h51

Lula maiorLADRÃO do século. Pixulequento,é como o pt chamava a propina.

Responder

    José Josué Neto

    16 de março de 2017 às 16h43

    Ô meu querido, leva as provas pro Moro que ele tá doidinho para colocar o Lula na cadeia. Corre lá, leva as tuas provas que tu vai ser aclamado o salvador da pátria.

    Responder

    Estefânia Jimenez

    16 de março de 2017 às 17h03

    É mesmo, corre….

    Responder

    Gerson Pompeu

    16 de março de 2017 às 19h47

    Calma, gente!
    É só mais um babaca covarde usando perfil falso para dizer idiotices,

    Responder

    Ronaldo Cataneo

    16 de março de 2017 às 20h09

    Se pode provar , cara corre lá !

    Responder

    Rosileide Santos

    16 de março de 2017 às 23h15

    Vai lá cara bater panela, o Moro só tinha 15 pessoas apoiando mais com vc soma 16 kkkkkk

    Responder

Maria Célia

16 de março de 2017 às 15h32

Nina D’Angelo

Responder

Elizabeth Dene

16 de março de 2017 às 15h30

Maria Celeste Freire Corrêa Maria Inês Pereira Tita Beltrão Jussana Scienza Scapini

Responder

Paulo Henrique

16 de março de 2017 às 15h28

Trapaça em cima de trapaça!

Responder

Luiz Claudio Mendes Marin

16 de março de 2017 às 15h26

Estou cansado disso, creio que sera iqual a revolucao francesa

Responder

Rita Silveira Das Neves

16 de março de 2017 às 15h25

janot e um traidor da pátria!

Responder

Rodolfo Alexandre

16 de março de 2017 às 15h22

Lula indica a chapa Ciro-Haddad

Responder

Andre Gruber

16 de março de 2017 às 15h19

O golpe não é descriminalizar o Caixa 2 .. É criminalizar o Caixa 1 somente na eleição para Presidente … É tornar crime o que não era somente para o PT… A população armada tomou conta do poder e a desarmada assiste o saqueamento da república ..

Responder

Paulo Sergio

16 de março de 2017 às 15h12

TÁ TUDO DOMINADO. O GOLPE CAMINHA CONFORME COMBINADO. JANOT É O ENGANA TOLO. FAZ PARTE DA GANGUE.

Responder

Laercio Ferreira

16 de março de 2017 às 15h10

MY NAME IS JÁ NOT , YES, YOUR HAVE BANANAS PRA DAR E VENDER , BANANA MENINO ENGORDA E FAZ A IMPUGNAÇÃO DA CANDIDATURA DO MAIOR ASTRO DA POLÍTICA DE ESQUERDA DA COLÔNIA BRASIL , O EX-PRESIDENTE LULA DA SILVA?? OS JUSTICEIROS DO JUDICIÁRIO , YES , YOUR JUSTIFICAMOS , MATAMOS A COBRA E MOSTRAMOS O PAU? CIA E COMPANHIA ?/

Responder

Deixe um comentário