Paris Café: O PT tem um projeto de governo? Qual é?

BRA 500 BRASILIA(BRASIL), 09/09/2015-,O juiz federal Sergio Moro, responsável pelo operaçao LavaJato que investiga a rede de corrupção na companhia petrolífera estatal Petrobras, particcipa de debate sobre as regras para decretação de prisão preventiva na comissao de constituiçao e justica do senado brasileiro. EFE / FERNANDO BIZERRA JR

O medo de Sérgio Moro

Por Pedro Breier

09 de maio de 2017 : 10h51

(Foto: Fernando Bizerra Jr.)

Por Pedro Breier, colunista do Cafezinho

No próximo dia 10 vai ocorrer aqui em Curitiba o interrogatório do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O interrogatório é a oportunidade que o senhor ex-presidente vai ter para se defender. É um ato normal do processo. Nada de diferente ou anormal vai acontecer nessa data, apenas esse interrogatório.

Este é um trecho da fala de Sérgio Moro em um patético vídeo divulgado na igualmente patética página do Facebook chamada “Eu MORO com ele”, criada por sua esposa.

Moro tenta demover os “apoiadores da Lava Jato” de irem à Curitiba contrapor-se aos apoiadores de Lula que já estão chegando à cidade paranaense.

Seria cômico, não fosse trágico.

A Lava Jato é uma operação de exceção. O próprio Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que julga os recursos contra as decisões de Moro, decidiu, em setembro do ano passado, que a operação não precisa seguir as regras dos casos comuns. A decisão, tomada por 13 votos a 1, afirmou que Moro não poderia ser censurado por divulgar áudios – grampeados ilegalmente – da presidente da República porque “as investigações e processos criminais da chamada operação ‘lava jato’ constituem caso inédito, trazem problemas inéditos e exigem soluções inéditas”.

Todo esse poder da Lava Jato só poderia ter sido concedido pela instituição mais poderosa do Brasil, a Globo, para que a operação servisse de combustível ultra aditivado à derrubada do governo petista.

O interesse da Globo caiu como uma luva na estratégia da dobradinha Moro/Ministério Público (ilegal e imoral, pois a separação entre juiz, acusação e defesa é requisito básico em um processo penal justo) de utilizar a mídia para angariar apoio na opinião pública deslegitimando lideranças políticas. Essa estratégia foi explicitada pelo próprio Sérgio Moro em artigo publicado em 2004.

Moro determina prisões “preventivas” que duram meses ou até anos, até que o preso aceite fazer uma delação premiada – falando o que a acusação e o juiz querem ouvir, obviamente.

Tudo isso é dito exaustivamente, desde o início da Lava Jato, por quem faz jornalismo de verdade no Brasil, a mídia alternativa.

Pois bem.

A proximidade da condenação de Lula (a previsibilidade do julgamento de Moro confirma inapelavelmente a sua imparcialidade) impeliu Gilmar Mendes a se tornar o grande articulador da Operação Estanca a Sangria: afinal, a Lava Jato não pode, de jeito nenhum, chegar perto dos inimputáveis tucanos.

O que Gilmar faz, então? Passa a criticar as aberrações jurídicas perpetradas em Curitiba, como se tivesse virado um leitor dos “blogs sujos”. Leiam este trecho de uma entrevista, publicada hoje pela Folha, com o político/ministro do STF:

A mais recente evidência de que a Lava Jato não é uma operação normal é o adiamento do depoimento de Lula, determinado pelo juiz Moro, para que nos dias seguintes passassem a pipocar depoimentos incriminando o ex-presidente. Todos sem indicar prova alguma, é claro.

Por tudo isso, o vídeo em que Moro afirma, candidamente, a normalidade do depoimento de Lula, é simplesmente patético.

Não há nada de “normal” na Lava Jato. Uma operação “normal”, em um país civilizado, não pode produzir reféns.

As próprias revistas alinhadas ao golpe não conseguem se conter e pintam o depoimento, em suas capas, como um duelo entre Moro e Lula, o mocinho e o vilão.

Moro divulgou o famigerado vídeo por um simples motivo: medo.

A culpa por uma carnificina em Curitiba iria recair, com toda a justiça, sobre seu colo.

Mas gravar vídeo para os seus apoiadores não adianta nada.

Sérgio Moro já garantiu seu lugar na história como um medíocre juiz parcial que, com sua atuação, ajudou a promover gigantescos retrocessos jurídicos e democráticos no nosso país.

Pedro Breier

Pedro Breier nasceu no Rio Grande do Sul e hoje vive em São Paulo. É formado em direito e escreve n'O Cafezinho desde 2016, sendo atualmente um dos editores do blog.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

58 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Diogenes

10 de maio de 2017 às 12h08

Desculpe o trocadalho do carilho, mas acho que a página do fecebook da mulher dele deveria se chamar “eu MORRO com ele”.

Responder

Rodrigo Dias

10 de maio de 2017 às 14h00

o cara n tem medo de nada, larga de se fei!

Responder

M Rita Cabral de Campos

10 de maio de 2017 às 13h51

Sim, moro está morto de medo

Responder

Margareth Liebermann

10 de maio de 2017 às 11h51

Eu teria vergonha! Gente, ele quer ser mais majestoso que o povo brasileiro….ele se sente acima do bem e do mal! Não pode esquecer que virá nova eleição… será que ele vai querer determinar em quem o povo terá que votar?!?!? Vergonha nacional!

Responder

Lili Brown

10 de maio de 2017 às 11h25

Parabens povo brasileiro lutador da justica e defensor de nosso maior presidente, inocentado por 73 testemunhas mas que continua sendo vitima de carrascos e de uma midia fascista! Lula, todo o nosso amor e apoio, voce sempre defendeu os direitos de nos brasileiros e sempre defendeu a soberania do brasil e da America Latina e Africa! O mundo inteiro observa de perto as injusticas que o Brasil comete contra o seu mais digno brasileiro! FORCA PRESIDENTE!

Responder

Regina Almeida

10 de maio de 2017 às 06h02

#LulaeuConfio

Responder

Rejane Rivas

10 de maio de 2017 às 05h23

Tu não vai sair bem disso tudo moro canalha!

Responder

Francisco

09 de maio de 2017 às 23h32

Enquanto isso, os Romanov do Jardim Botânico mandam no país…

Responder

Rejane Silva

10 de maio de 2017 às 02h19

Simboraaaa

Responder

Marcos Rodrigues

10 de maio de 2017 às 01h07

Pode escrever aí esse Sérgio Moro e o maior bandido da história do país pode escrever aguarde e confie quem viver verá!!!!!

Responder

Andre Rossato

09 de maio de 2017 às 23h58

vcs são distorcem tudo para justificar para alguns marionete poucos que ainda seguem vcs…kkkkkkk…acabou até o instituto Lula..

Responder

Bumlai

09 de maio de 2017 às 20h58

Esse Cafezinho é uma piada.. Cada colunista mais desesperado que o outro para distorcer a verdade e incapazes de qualquer crítica séria ao PT ou a Lula.. Muito engraçado os soldadinhos do teclado correndo em desespero para tentar salvar o chefe.

Responder

Elza Pereira

09 de maio de 2017 às 23h12

#BrasilComLula

Responder

Felipe Carvalho

09 de maio de 2017 às 22h26

Esse vídeo dele deve ter sido alguma senha.

Responder

Beba Monteiro

09 de maio de 2017 às 22h22

Esse é um típico caso de um juiz com aspiração a pop star e celebridade global, fazendo política partidária, perseguindo, praticando abuso de autoridade contra seus opositores. O caso dele é ficar na mídia, proteger tucano e prestar serviço ao golpe.

Responder

Beba Monteiro

09 de maio de 2017 às 22h22

Para desconstruir sua imagem de juiz partidário e pop star global, o Sérgio Tucano Moro poderia ao menos fingir investigar um tucano qualquer, desses com fartas e robustas provas, como a sem foro privilegiado irmã do Mineirinho, a Andréia Neves, com direito a vazamento para a globogolpe, é claro, ou talvez executar o pedido de prisão feito pelo MPF há mais de um mês, da mulher do Dudu caranguejo. Mas,com 2018 na porta, Lula na frente, o governo do golpe reprovado pela população, Temer com popularidade rasteira e os golpistas patinando nas pesquisas, destruir Lula tornou-se prioridade máximaetarefa urgente, além de ser uma obsessão de Moro, para consolidar o golpe e inviabilizá-lo para 2018.

Responder

Reginaldo Gomes

09 de maio de 2017 às 19h12

O medo do moro é porque ele vai ser comido ; ele sabe que vai ser comido , ele sabe vai doer, não tem o que fazer, e vai ser transmitido ao vivo, nunca antes na história um juiz foi comido pelo réu ao vivo. E se chorar , vai ser comido pela globo.

Responder

waltet pastori

09 de maio de 2017 às 18h06

Espero que quando o juiz for afastado leve a plin plin junto.

Responder

Laercio Ferreira

09 de maio de 2017 às 20h43

DEVE E DEVERIA ESTAR EM JULGAMENTOS A OS BANDIDOS PERIGOSOS DA LISTA FASCHIN/JANOT , OS MINISTROS, DEPUTADOS SENADORES GOVERNADORES E PREFEITOS, , NA NEO COLÔNIA A JUSTIÇA É PRA BOI DORMIR?/

Responder

Wanderlea Merlo

09 de maio de 2017 às 20h42

Lamentável

Responder

Vitor

09 de maio de 2017 às 17h12

“Tudo isso é dito exaustivamente, desde o início da Lava Jato, por quem faz jornalismo de verdade no Brasil, a mídia alternativa.”
Talvez que chegue mais perto de fazer jornalismo nesse país seja a BBC ou o El País. O resto é militância…

Responder

Eloisa Oliveira Parischi

09 de maio de 2017 às 19h28

Esse cafezinho já virou chafezinho kk

Responder

    Samuel Souza

    09 de maio de 2017 às 21h13

    Mas você não sai daqui não é elouquisa ?? Tá sem panela para bater ?

    Responder

Trazibulo Meireles (Zibinho)

09 de maio de 2017 às 16h05

Um juiz canalha, a toga é um disfarce, em conluio com o imoral monopólio de comunicação do grupo golpista e sonegador Globo.

Responder

Ana Esmeralda Fonseca Costa

09 de maio de 2017 às 18h32

Moro golpista safado e partidário tucano ridículo invejoso hipócrita.

Responder

Ionete Valadão

09 de maio de 2017 às 17h27

Cara de uma pessoa muito séria porém com ações e atitudes de bandido.

Responder

Ionete Valadão

09 de maio de 2017 às 17h27

Cara de uma pessoa muito séria porém com ações e atitudes de bandido.

Responder

Geraldo Galvão

09 de maio de 2017 às 13h21

De imparcial ele não tem nada.

Responder

Douglas

09 de maio de 2017 às 13h08

O correto não é “ele seria medíocre juiz PARCIAL”?

Responder

benoit

09 de maio de 2017 às 13h04

O processo virou uma farsa sem valor jurídico nenhum. O réu foi posto numa jaula e exibido ao país todo como um monstro. O público foi atiçado e tornado raivoso. O juiz se comprometeu de tal modo com a condenação do réu, que é muito difícil ele voltar atrás. Como é que ele poderia dizer no fim, depois de todo o teatro que eles fizeram, “olhe gente, infelizmente o réu foi absolvido. Passamos anos investigando uma ninharia, a coisa toda provocou a maior comoção no país, fui premiado e homenageado dezenas de vezes por causa do processo, gastamos milhões de reais, ganhei milhões de reais ocupado com esse processo, estivemos durante anos nas manchetes todas, mas infelizmente o réu é inocente e foi absolvido”? Isso já não é mais possível. O juiz se comprometeu com a condenação do réu. A única defesa contra isso são protestos, manifestações que exerçam uma pressão contrária contra o juiz. Ele é inteiramente culpado de ter causado essa situação. O julgamento foi inteiramente politizado pelo juiz. Por isso o julgamento e inválido e deveria ser cancelado.

Responder

    Marcelo PeTista de Faria

    10 de maio de 2017 às 00h25

    Análise e reflexão irretocáveis! Parabens Benoit! Pena que as suas certas reflexões signifiquem/revelem a o deserto absoluto da justiça no Brasil.

    Responder

Flavio Marson

09 de maio de 2017 às 13h04

medíocre juiz imparcial
ERRADO
” medíocre juiz PARCIAL”

Responder

Phelipe Luz

09 de maio de 2017 às 15h45

O medo de Lula

Responder

Rejane Oliveira Lo Bianco

09 de maio de 2017 às 15h37

Vc nao é dono de Curitiba e nem o Brasil, somos brasileiros e vamos a qualquer lugar, se recebemos milhões de imigrantes no nosso país , tratamos bem e vivem até hje a gerações , vc Moro se acha dono de Curiba???? Fala sério, sou descendente de imigrantes e meu avô foi muito bem recebido nessa terra amada, um psicopata de um presidente ilegítimo e sua corja , não vão impedir e nem acabar com o povo trabalhador , vamos ver no final, se cuida…

Responder

Meiry Bitarelli

09 de maio de 2017 às 15h22

É ÓDIO !!!!!

Responder

Djalma Torres

09 de maio de 2017 às 15h14

Na minha opinião , verdade x mentira , um homem como lula não teme a mentira , ela s destrói com verdades ,

Responder

Joel Araujo

09 de maio de 2017 às 15h00

Na mosca!

Responder

Leninha Arruda

09 de maio de 2017 às 15h00

INVADIR CURITIBA AMANHÃ, 10.05.17, É O LEMA.-HERCÍLIO

Responder

Graça Dangelo

09 de maio de 2017 às 14h51

Interpretei mal ou o jornalista diz que Moro é imparcial?? Moro não é imparcial. Ele tem lado!!

Responder

Natália Ramalho Tri

09 de maio de 2017 às 14h43

No mínimo, covarde!

Responder

Sandra Justiniano Ribeiro

09 de maio de 2017 às 14h29

CUIDADO Moro, Lula pode olhar nos seus olhos e roubar seu coração!!!!

Responder

Maria Aparecida Fernandes Da Silva Kato

09 de maio de 2017 às 14h27

VAI TER TELÃO EM CURITIBA!
VAI SER LULA X MORO!
MEU PALPITE E 10 PRO LULA E ZERO PRO JUIZ TUCANO

Responder

Maria Heloisa Ferreira Damaceno

09 de maio de 2017 às 14h27

Se é medo eu não sei,mas que ele precisa acabar com esse circo a isso ele precisa.

Responder

Nilva Bernardes

09 de maio de 2017 às 14h20

Bem isso!! Sergio moro com medo e Gilmar Mendes sem medo e no vale tudo.

Responder

Maurilio de Carvalho

09 de maio de 2017 às 14h13

Moro imparcial???

Responder

Claudio Ribeiro

09 de maio de 2017 às 14h11

Medo de que sera ..do chefao prender ele ? Kkkkkkkkkk

Responder

Alba Carlota

09 de maio de 2017 às 13h56

Responder

Alba Carlota

09 de maio de 2017 às 13h56

SÓ PIADAS KKKKKK É BOM QUE DISTRAI KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Responder

Janine Moreira Nascimento

09 de maio de 2017 às 13h56

Penso exatamente assim..Gilmar já começou a estancar a sangria, por isso a ira de Janot..

Responder

Dantis Wal

09 de maio de 2017 às 13h54

Desde que LULA era sindicalista antes de fundar o PT em 10 de FEV 1980, LULA já era perseguido., Fui adolecente, virei pai, virei avô ,milhares de (moros ) fizeram isso com ele,
Só que agora usam uma tática nova “Lei em Movimento, nova nesse estado de exceção , mas antiga criada pelo juiz ..Roland Freister esse modus operandi o doutor conhece muito bem, impossibilita o réu de se defender , pois se cria uma lei nova em cima de cada fato.. mas creio que o “dominio do fato, a convicção e a teoria chefe de ORCRIM ,não se sustentara ,as verdades dos fatos se sobrepõe às mentiras,
https://www.facebook.com/stoppaleonardo/videos/1710775208950082/

Responder

Suely Ferreira

09 de maio de 2017 às 13h53

Lulala nele Brasil

Responder

Deixe uma resposta