Ciro Gomes ao vivo na Band

A odiosa farsa do julgamento do TSE

Por Miguel do Rosário

09 de junho de 2017 : 07h08

(Foto: José Cruz/Agência Brasil)

É incrível que, diante das terríveis crises superpostas que vivemos, das quais sairemos somente através do exercício de nossos direitos democráticos, as instituições se mobilizem para remover esses mesmos direitos, únicos instrumentos que temos para superar as crises.

O julgamento no TSE é isso: uma odiosa farsa que visa ocultar o cadáver do golpe, ou seja, tirar da sala o corpo putrefato da democracia assassinada pelo impeachment.

O ministro-relator Herman Benjamin aparentemente se ofereceu, de várias maneiras, à corrupção do sistema: os jornalões cansaram de publicar matérias que eram, por si mesmas, propostas descaradas de comprar seu voto. Diziam, as matérias, que o sonho de Benjamin era ser indicado para o STF, e que o governo Temer poderia lhe acenar com essa possibilidade, caso ele votasse de acordo com a vontade do Planalto, a saber, condenando Dilma e liberando Temer. E Benjamin não foi o único alvo desse leilão de votos feito à luz do dia. Vários outros ministros, sobre os quais pairavam dúvidas sobre seus votos, receberam propostas similares.

Eu digo que o ministro “se ofereceu” porque essas matérias, profundamente ofensivas à moral de um juiz, jamais foram rechaçadas peremptoriamente por ele.

A Folha, o operador mais cínico e mais ardiloso do golpe, expôs a sexualidade do ministro Benjamin no título de um artigo, só para deixar bem claro do que seria capaz de fazer, caso o ministro ousasse fugir ao script determinado pelos barões da mídia.

Mas era tão evidente que o governo não iria cumprir a sua promessa, principalmente pelo fato do governo Temer mal se sustentar no cargo, sem condições de indicar mais nenhum ministro (mas também porque, se for indicar alguém ao STF, deverá leiloar esse cargo por preço altíssimo), que Benjamin desistiu de aceitá-la e optou por uma outra saída, igualmente oferecida pelo apparatchik golpista: transformar o julgamento de cassação num palco para criminalizar a campanha de Dilma Rousseff.

O julgamento no TSE não apenas é uma farsa: é uma agressão frontal à democracia. Os eleitores têm direito a uma breve defesa de seu próprio voto, no início do processo, através dos advogados da chapa de Dilma. Mas esse momento é neutralizado pelo tempo igual dado à chapa acusadora, de Aécio Neves, cujos advogados utilizaram o tempo para proferir um discurso extemporaneamente político, partidário e eleitoreiro. É aterrorizante pensar, a esta altura do campeonato, que o processo no TSE foi iniciado, pelo candidato derrotado, por pura pirraça, apenas para “encher o saco do PT”, como ele deixou escapar numa das gravações.

Mas o julgamento em si, quando a palavra passa para a corte, que detém a maior parte do tempo, se torna apenas um debate entre acusadores, e não entre juízes. Os argumentos dos ministros, manipulados como quem brinca de jogar e equilibrar várias bolas no ar, não trazem à baila, em nenhum momento, os mais de 140 milhões de votos que se manifestaram em 2014.

Não, Herman Benjamin subsidia seu voto com teorias estapafúrdias, como a de corrupção “acumulada”. Ou seja, na falta de provas sobre irregularidades na campanha de 2014, ele menciona corrupção em anos anteriores, que teria sido, segundo ele (apenas com base em sua conjectura) usada pela chapa na última eleição.

Ora, é o argumento mais delirante e idiota que alguém poderia usar para cassar uma campanha, pelo simples motivo de que poderia ser usado para cassar qualquer campanha eleitoral, em qualquer momento, em qualquer cidade, estado ou país, sendo, portanto, um argumento profundamente perigoso à democracia.

É um argumento que inviabiliza o próprio sufrágio universal.

Os outros argumentos são delações, tabelas, manuscritos, enfim, todo o rol de indícios inconclusivos, quando não abertamente forjados, que a Lava Jato levou para dentro do TSE, empurrada pelo movimento iniciado automaticamente pelas conspirações para derrubar Dilma.

E daí podemos falar de outro caso igualmente triste, o do ministro Gilmar Mendes, presidente do Tribunal.

Gilmar era o maestro desse movimento para levar, para dentro do TSE, todas as manipulações da Lava Jato. Era ele quem desenterrava o processo contra a chapa de Dilma toda semana, com vistas a reavivar a crise política, desestabilizar o governo e o país, e criar uma atmosfera irrespirável, propícia ao golpe.

E agora, como o golpe, do ponto-de-vista da remoção de Dilma e do PT do governo, foi um sucesso (embora se revele um fracasso moral cada vez maior), e a oposição derrotada ocupou, direta ou indiretamente, o Palácio do Planalto, os ministérios e o comando das estatais, Gilmar Mendes é forçado a dar um cavalo de pau e se tornar o paladino da estabilidade política. E liderar, com toda a agressividade que lhe é característica, o movimento para enterrar o processo de cassação, ou então transformá-lo num Frankstein jurídico, ou seja, cassando apenas Dilma, mas preservando Temer.

Reitero a imagem que usei em outro post: se o TSE cassar Dilma e preservar Temer, terá feito uma cirurgia às avessas, eliminando o corpo são e deixando no paciente apenas o tumor.

Enquanto isso, o Supremo Tribunal Federal assiste a tudo não apenas impassível, mas quase que zombando dessa incrível paciência do povo brasileiro (que não é paciência, na verdade, apenas uma profunda e dolorosa perplexidade).

O ministro Luis Roberto Barroso é a expressão maior da hipocrisia, pusilanimidade e corrupção do Supremo Tribunal Federal (STF). Não é apenas com propina em dinheiro que se compra um juiz. Às vezes, a melhor maneira de corrompê-lo é através de sua vaidade.

Um juiz corrupto não é apenas aquele que aceita propina. Também o que aceita “prêmios” de grupos de mídia, ou o que se acovarda e se acomoda a uma situação profundamente injusta, esse também é corrupto.

Em seminário recente, realizado em Brasília, Barroso disse que “é impossível não sentir vergonha pelo que está acontecendo no Brasil e não podemos desperdiçar a chance de fazer com que o futuro seja diferente. Nós nos perdemos pelo caminho e precisamos encontrar um caminho que nos honre como projeto de País e nação”.

A frase de Barroso apenas seria honesta se ele a dirigisse a si mesmo, ao tribunal do qual participa e ao judiciário brasileiro, de maneira geral.

Ao não mencionar o judiciário e a mídia em sua argumentação sobre a “vergonha”, Barroso se torna um comentarista coxinha de portal de notícias, chamado vulgarmente de chorume.

Sim, Barroso, a situação brasileira dá vergonha, mas vergonha também por você. Shame on you!

Voltando a questão da justiça eleitoral, estamos vendo, nos últimos anos, um empoderamento excessivo e antidemocrático dos tribunais eleitorais, que vêm cassando prefeitos, governadores, e mandatos populares de forma geral, com um despudor impressionante. A grande imprensa, cúmplice do processo da criminalização da política, não exerce o que deveria ser o seu papel, de problematizar e questionar o poder do judiciário.

O internauta deve estar se questionando: então o que você quer, senhor blogueiro? Você quer preservar o mandato de Michel Temer?

Eu só posso responder o seguinte: não. Para mim, Temer é um usurpador, um golpista, e deveria estar preso, por conspiração contra a democracia.

O processo no TSE, por sua vez, nunca deveria ter existido. É triste ver ministros discutindo um processo de cassação eleitoral com base em “delações” arrancadas notoriamente sob tortura, ameaça e chantagem. Não há provas. João Santana e Monica Moura receberam dinheiro no exterior para campanhas no exterior, de empresas que tinham negócios e interesses no exterior. A “tabela” da Odebrecht, hoje isso está bem claro, não era exatamente propina: tinha propina, mas ela misturava também o dinheiro reservado para caixa 1. Não traz nada de conclusivo, portanto.

Foi encontrado algum dinheiro ilegal na campanha de Dilma? Não. Ao contrário, todas as investigações do TSE na campanha de Dilma jamais encontraram nada de errado.

Politicamente, o processo é ainda mais absurdo.

As principais forças do capital, no Brasil e lá fora, haviam se mobilizado contra Dilma Rousseff. O mercado financeiro do mundo inteiro atuava abertamente contra Dilma Rousseff. Não era preciso ser especialista para ver isso: toda vez que os institutos de pesquisa mostravam evolução positiva de Dilma, as bolsas caíam, e vice-versa. A grande mídia brasileira havia se engajado numa campanha violentíssima contra a vitória de Dilma Rousseff. A chapa derrotada, de Aécio Neves, nas primeiras semanas da campanha do segundo turno, começou a pagar pesquisas mirabolantes que a mostravam à frente de Dilma.

Tudo o que se pode chamar de “abuso econômico” estava ao lado da chapa de Aécio Neves.

Como é que o TSE cogita cassar a eleição de 2014 por abuso econômico da… chapa de Dilma Rousseff?

Por outro lado, entendo que as pessoas estejam torcendo pela cassação de Michel Temer, por puro instinto, para infligir algum mal a um governo que consideram ilegítimo e desonesto, ou por entenderem que ela abriria a possibilidade de eleições diretas.

Se os ministros do TSE usassem esses argumentos, aí sim, eu poderia concordar com a cassação eleitoral da chapa Dilma/Michel Temer. Mas infelizmente não usam. Os ministros estão comprometidos, até a raiz do cabelo, com o golpe. O que vemos é uma divisão entre os próprios golpistas, sobre a melhor maneira de levar adiante o assalto contra a democracia brasileira.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

139 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Guilherme

11 de junho de 2017 às 11h27

Meu Deus do céu… vc tem a desfaçatez de se dizer jornalista, parceiro? Em que lugar do mundo esse “texto” seria considerado jornalístico?

Responder

Olímpio Júnior Nóbrega

10 de junho de 2017 às 20h45

Eu estou triste pois achava que pelo menos o judiciário brasileiro ainda não havia apodrecido, no entanto está errado pois nunca imaginava que viveria pra ver a cara de pau dos homens mais bem pagos nosso país tendo coragem absorver um criminoso desta envergadura!

Responder

Cleber Desterro

10 de junho de 2017 às 19h17

Impressiona mesmo e observar a total falta de patriotismo e respeito as diferenças de uma sociedade de diversas vertentes e crenças. A indiferença e depreciação para com a grande maioria e o escarnio claro do togado expresso textualmente.Será que os correntes politicas e o judiciário estão querendo testar o nível de entendimento e aceitação do brasil? O sistema financeiro esta tao faminto assim a ponto de jogar o pais num conflito civil entre população e forças de segurança? Essa ultima me parece mais obvia pois todos os políticos e empresários basicamente possuem passaporte e passividade de permanecia outro pais.

Responder

Leda Ronchi

10 de junho de 2017 às 16h38

Nojentos !

Responder

Luiz Paulo Rocha

10 de junho de 2017 às 13h03

Ahahahahaha!

Responder

Anderson

10 de junho de 2017 às 12h43

Isso mostra que a corrupção no judiciário e a mesma que movimenta o legislativo .lembro – me que assim que o Michel temer assumiu a presidência a primeira pessoa que foi convidada a ir ao Palácio do jaburu foi o então ministro Gilmar Mendes.

Responder

Luiz Claudio Braga

10 de junho de 2017 às 13h21

Foi tudo combinado: de um lado acusadores e de outro defensores e já era um jogo de cartas marcadas. Quando ocorreu um risco de mudança(impedimento do advogado de Dilma) todos unanimemente demonstraram apoio a sua permanência. Puro teatro para tentar enganar a sociedade. “Acredite, se quiser…”

Responder

Néya Pedroso

10 de junho de 2017 às 10h52

Podres e nojentos!

Responder

Elaine Maria Santos

10 de junho de 2017 às 09h32

Prevaleceu o “acordão”.”Supremo e tudo” – Jucá.
Observando que máscara desse Sapo caiu, ainda irá interferir favorecendo Aécio, Dilma não ficou inelegível (Y), e Ilegítimo cairá… podres sempre caem.

Responder

Ricardo

10 de junho de 2017 às 04h44

Nem esquerda e nem direita – são todos um bando de canalhas, ladrões, usurpadores do dinheiro público, corruptos!!! FUZILAMENTO e o que esses bandidos merecem.

Responder

Ricardo

10 de junho de 2017 às 04h31

Canalhas, imundície total nesse País de politicagem, corruptos e corruptores. Não existe segurança jurídica neste ” circo ” chamado”b”rasil… a mesma deu as costas à nação. O FUZILAMENTO seria o melhor remédio para esses safados.

Responder

Edson Hilário Freitas

10 de junho de 2017 às 03h09

O julgamento no TSE foi uma farsa odiosa ?. Foi. Mas o grande culpado por ter ocorrido a farsa foi o próprio Aécio. É lógico que ele não agiu por sacanagem. Ele e setores golpistas do PMDB queriam criar problemas de governabilidade para a ex- Presidente Dilma e o questionamento da chapa e a eleição de Cunha para para a presidência da Câmara cumpria este objetivo e conseguiram o impeachment. Só que Aécio esqueceu que existia um certo equilíbrio entre o que o cartel de empreiteiras gastou nos dois pleitos eleitorais e a PF ia investigar o caso e os delatores soltaram a língua e Aécio, PMDB e o impoluto PSDB ficaram em situação difícil. Para ex -Presidente Dilma ela está absolvida pelo Senado e pelo TSE. E a situação é de Temer é muito difícil, apesar dele estar esperneado e sufocado..

Responder

Sergio Gomes

10 de junho de 2017 às 05h37

Se a Dilma estivesse no poder vcs estariam comemorando. Só tem canalhas.

Responder

Eduardo Ribeiro

10 de junho de 2017 às 02h13

Brilhante e incisiva abordagem, meu caro. A farsa acabou de ser representada no TSE. Golpistas se degladladiando….patético. Como diria o avo do moleque causador de tudo isso: canalhas! canalhas! canalhas!

Responder

Leonida Perotto

10 de junho de 2017 às 04h55

Pq perderam tanto tempo.

Responder

Gleidson Marcos Vasconclos

10 de junho de 2017 às 01h18

Gilmar Mendes e seus comparsas que se dizem ser ministros, teria vergonha de olhar para o lado se fossem um de vc quatros.

Responder

Maroly Penteado

10 de junho de 2017 às 03h38

Quanto custou esse teatro de quinta ???

Responder

João Fernando Figueira Paim

10 de junho de 2017 às 02h40

Podres Poderes! Tudo combinado! Até o mundo mineral já sabia o resultado!

Responder

Coveiro

09 de junho de 2017 às 22h28

Esse país é uma farsa. Todos os poderes estão contaminados por ratos. Somente uma intervenção militar para colocar essa máfia na cadeia. Incluindo magistrados que visivelmente lesam a patria ao serem advogados de bandidos. Vergonha de ter nascido nesta merda de lugar chamado Brasil.

Responder

Silvana Carbonel

10 de junho de 2017 às 00h21

O judiciário é um lugar cheio de pessoas que só buscam manter seus privilégios!

Responder

Maju Gomes

10 de junho de 2017 às 00h15

Já sabia que iria acabar em PIZZA…Gilmar Mendes odioso. ..safado…

Responder

Francimery Bastos

09 de junho de 2017 às 23h49

Justicinha de merda!

Responder

Israel Gomes da Silva

09 de junho de 2017 às 23h15

São todos ladroes

Responder

Thelma Brasil

09 de junho de 2017 às 23h02

Se essa pesquisa for AMPLIADA, então …

Responder

Carlos

09 de junho de 2017 às 19h32

A farsa a jato tá vendo sua farsa das delações sem provas caindo por terra. Como condenar o tesoureiro do PT sendo que o TSE está julgando que existem provas?

Responder

Zizo Gonçalves

09 de junho de 2017 às 22h09

Esse julgamento deve ter custado uma grana preta aos cofres públicos, e pra que se o resultado todos nós já conheciamos. As cartas a muito tempo estavam marcadas.

Responder

Henrique Novaponte

09 de junho de 2017 às 21h59

O dinheiro compra a corja…

Responder

Heitor

09 de junho de 2017 às 18h57

É.
Só nos resta rezar para que morra o Temer.

Não dá para esperar nada do judiciário.

Bando de corruptos. Juízes safados.

Responder

Clemson Otero

09 de junho de 2017 às 18h51

A Ministra Rosa Weber bem que podia pedir vistas ao processo para deixar o Temer sangrar mais um pouco e também como protesto pela farsa grotesca. Caso não tivessem certeza dos 04 votos já teriam pedido vistas. Esse judiciário nos envergonha, são políticos trasvestidos de toga.

Responder

Thais Azevedo

09 de junho de 2017 às 21h40

Trágico mesmo é o povo participar disso sem se rebelar.

Responder

Regina Cacciari De Maio

09 de junho de 2017 às 20h52

Tenho vergonha dessa JUSTIÇA

Responder

Mogisenio

09 de junho de 2017 às 17h28

Meu caro autor, debatedor, Miguel.

De quando em vez, entro aqui no seu blog para dar uma espiada e vejo bons comentários, bons artigos , boa opinião.

Mas, dessa vez não. Aqui, peço venia para discordar de sua análise acima.

Certamente, você viu tudo até agora pela TV justiça( suponho) .Eu também vi, com calma, e por isso mesmo, tenho condições de discordar de sua análise.

Para início de conversa , como se diz, preliminarmente, o Ministro relator avaliou até agora apenas a responsabilidade objetiva do pleito. Logo, ele ainda não avaliou se sua excelência, a presidenta Dilma – injustamente cassada no Senado, sem a menor dúvida, concordo – teve ou não teve conhecimento do esquema caixas 1, 2 ou 3 , que se misturam, para o financiamento da própria campanha.
Pelo que ele relatou até agora, e pelo volume de provas que possui, não apenas “delações”, mas provas, documentais, testemunhais, periciais, ele se convenceu ( e a mim também ) de que as eleições de 2014, neste aspeto OBJETIVO, isto é, financiamento de campanha por meios ILÍCITOS, foram realmente FRAUDADAS, COMPRADAS.
Note bem, não estou aqui dizendo que a presidenta Dilma e o PT ou a esquerda de um modo geral, são os únicos responsáveis por todas as fraudes eleitorais do Brasil. Longe disso. E ele mesmo, o ministro relator, assegurou-nos, com clareza, que o esquema eleitoral brasileiro é, em suma, uma FRAUDE( não com essa palavra). E isso vale para TODOS ou QUASE TODOS os PARTIDOS POLÍTICOS.
O que ele nos mostrou, portanto, a meu juízo, foi muitíssimo valioso para o país. E eu sinceramente, não creio que esse julgamento servirá apenas para cassar ou não a chapa Dilma-Temer. Certamente, proporcionará outras ações, outros impactos, outras turbulências políticas/jurídicas etc.

E vamos combinar, não é meu caro… Todo mundo sabe que as eleições no Brasil, BEM ANTES DO PT ASSUMIR a presidência, não passam de uma forma de “legitimar” o que é “ilegítimo”.
Esse esquema de propina de empreiteira não é de hoje. Na década de 1990 mesmo tivemos “escândalos” semelhantes. E ao que parece, nada foi feito para mudar as “regras do jogo”, exceto agora, justamente, com a nossa presidente Dilma( sim eu votei nela).
E , por incrível que possa parecer eu estou até “agradecendo” e festejando o “enchimento de saco” do candidato derrotado. Justamente porque o tiro está , de certa forma, nos dias atuais, saindo pela culatra!

Estou cada vez mais convencido de que o nosso voto na urna NÃO REPRESENTA NADA, ou QUASE NADA!
Representa apenas um direito de sufrágio meia boca e que jamais será Universal, vez que o sufrágio é o direito de votar e de ser votado. Para ser votado, no entanto, de acordo com as regras do jogo atual, você só terá a mínima chance de vencer se “aceitar” essas regras absurdas e altamente anti democráticas do jogo.

Portanto, meu caro debatedor, peço-lhe venia, mas, dessa vez, não seguirei o seu “voto-análise” acima.
Acho que você se equivocou profundamente.
Eu ainda vou ler todo o processo para me inteirar de tudo que foi escrito, mas, pelo que vi, o ministro relator atual de forma bastante clara e consistente e muitíssimo esperta, no sentido de “amarrar” todos os demais ministros , evitando-se votação “política”, inclusive, ao próprio Gilmar Mendes, vez que ele, o ministro relator, “abriu mão das prerrogativas de determinada lei diretamente, para avaliar se aumentava ou não a causa de pedir , e ao mesmo tempo, de forma muito inteligente, penso eu, utilizou das mesmas prerrogativas, só que “amarradas”, digamos assim, no voto vencedor anterior do Gilmar Mendes.

Saudações a todos

Responder

    Pierre

    09 de junho de 2017 às 21h28

    Vc é petista certo….por pessoas como vc que a situação do Brasil continua da forma que está a pior. Bom praticamente 90 % dos políticos não prestam..complicado demais a situação…o mal do mundo e principalmente desse brasilzinho, que se mostra hoje é devido a politicagem que é e sempre foi algo podre.

    Responder

      Mogisenio

      10 de junho de 2017 às 00h01

      Não meu caro Debatedor Pierre, você está enganado.
      Note bem que eu me referi ao voto do ministro relator, que votou a favor da cassação da chapa Dilma-Temer.

      Depois disso, a gente viu os demais votos. Uma esculhambação! Uma vergonha! Não há palavras para tamanha gozação da cara dos brasileiros administrados! A gente somos, além de inúteis, otários!

      Isso não quer dizer que eu esteja a favor da cassação. No fundo, sou a favor da anulação do processo de impedimento da Dilma, que foi um farsa. Mas isso, já não é mais possível, conforme o andar da carruagem.

      Eu não sou petista!
      E eu não falo que o Brasil é brasilzinho. Afinal, há muita gente boa aqui que não tem nada a ver com essa sacanagem.

      Todavia, na moral, a verdade é que somos bobocas. A gente observa , observa e , na real, nada fazemos.
      Logo, a culpa é nossa mesmo!

      A esquerda brasileira é muitíssimo FRACA!
      Saudaçoes

      Responder

Edilson Pessoa

09 de junho de 2017 às 20h01

tribunal composto por 4 BANDIDOS

Responder

Celso Mello

09 de junho de 2017 às 16h39

Estamos numa monarquia.
Enquanto não ocorre uma abdicação na Regência Una Provisória
que não tem ” maioridade moral” , quem reina é Gilmar I .

Responder

Lourdes Ribeiro de Oliveira

09 de junho de 2017 às 19h23

Judiciário está sendo pior do que esgoto.

Responder

Lulu Cel

09 de junho de 2017 às 18h23

Sem dúvida

Responder

Felipe

09 de junho de 2017 às 15h22

É triste ver o uso intensivo de maconha pode fazer no cérebro já tão deficiente de neurônios como o do Miguel do Rosário e demais petista !

Responder

José

09 de junho de 2017 às 15h13

Esse Gilmar Mendes é uma herança maldita deixada por FHC. O Temer também vai deixar a sua herança maldita, o Alexandre de Morais no STF. Engraçado não é? A Direita sempre deixa alguma herança maldita. O fato é que vai levar décadas para concertar todo o estrago que os golpistas fizeram no Brasil. Destruíram o Brasil, eles destruíram o Brasil.

Responder

Ana Lucia Bragheroli Andreazzi

09 de junho de 2017 às 17h58

Mais incrível ainda é percebermos que não tem ninguém para impedir isto! País sem comando!

Responder

Adivonia Porto

09 de junho de 2017 às 17h56

Concordo ips literis

Responder

Erismar

09 de junho de 2017 às 14h52

Obrigado Miguel do Rosário pelo excelente esclarecimento!

Responder

Ana Maria

09 de junho de 2017 às 17h20

Um país chamado de democrático onde a população não passa de expectadores, agem como donos do país!

Responder

Marcos Dos Passos Neves

09 de junho de 2017 às 17h01

Será se fosse a Dilma a ser julgada seria também absolvida???

Responder

Sergio Vianna

09 de junho de 2017 às 13h52

Prezado Miguel do Rosário,
Você foi, uma vez mais, brilhante na argumentação de seu texto e na exposição de toda sua indignação com esse circo ou hospício que se transformou o TSE, a depender da cobertura: se usar uma lona vira circo, cercando com muros um perfeito hospício.
De tudo que disse gostaria de enfatizar sobre os ridículos argumentos de Benjamin: a partir de teorias de fato estapafúrdias, construiu uma repetitiva peroração “delirante e idiota”, apenas assimiláveis por estúpidos ou canalhas, a depender da conveniência de cada ouvinte daquela casa de palhaços e loucos.

Responder

Rhenner B. Santos

09 de junho de 2017 às 16h44

Gilmar mendes defendendoa todo custo seu bandido de estimação. Vergonhoso!

Responder

Rogério Bezerra

09 de junho de 2017 às 13h21

Texto perfeito!
Às sempre lesivas “Redentoras intervenções”, das FFAA somamos agora o apoio ao golpe. Esse apoio expôs algo estarrecedor: Sendo o Usurpador um larápio, por que as FFAA preferiram batem continência para ele e não dar apoio para Dilma?
Hoje, nem as FFAA da Venezuela entregam o país aos estados unidos…
De fato, “não é paciência, na verdade, apenas uma profunda e dolorosa perplexidade”. . Perplexos!

Responder

Bernardo C F Neto

09 de junho de 2017 às 16h20

QUANTO TEMPO E DINHEIRO PÚBLICO JOGADO FORA…..

Responder

Sonia Kemp

09 de junho de 2017 às 16h18

adoraria saber quem vai pagar a conta dessa palhaçada , dinheiro de meus impostos gasos pra nada , deviamos entrar com uma ação popular e cobrr do play boy a conta

Responder

    João Ostral

    09 de junho de 2017 às 15h49

    Já estamos pagando…

    Responder

Margareth Mattos

09 de junho de 2017 às 16h13

Vergonha nacional.

Responder

Ana Veronica Miyasaka

09 de junho de 2017 às 16h06

PALHAÇADA, UMA? AFRONTA A INTELIGÊNCIA? DO POVO BRASILEIRO.

Responder

Elisa Leite de Castro

09 de junho de 2017 às 15h55

Só a força do povo poderá estancar essa sangria!!!!

Responder

Elisa Leite de Castro

09 de junho de 2017 às 15h55

P”E a democracia morre à luz do dia, como num show ruim em que todo o mundo se choca, inimigos dão-se as mãos — e esperam bovinamente pela próxima palhaçada que os diretores vão preparar.”

Kiko Nogueira.

Responder

Pedro Gonçalves

09 de junho de 2017 às 15h48

Sanguessugas do povo brasileiro!

Responder

Vicente

09 de junho de 2017 às 12h37

Grande análise, Miguel!
Michel Temer vai cair, de qualquer jeito. Melhor que não caia por uma fraude como é esse processo no TSE.
O ideal é que tivéssemos eleições diretas. Mas isso só em 2018. Se os golpistas não cancelarem a eleição.

Responder

Mônica

09 de junho de 2017 às 12h37

Parabéns Jornalista Miguel do Rosário, certamente tudo que você escreveu acima, representa o pensamento de milhões de brasileiros e exatamente o que gostaríamos de sair gritando aos quatro cantos do mundo! Obrigada por nos representar nesse artigo, com tanta clareza.

Responder

Patrícia Oliveira

09 de junho de 2017 às 15h30

Péssimos atores!!

Responder

Santos Pereira

09 de junho de 2017 às 15h29

A FACÇÃO CRIMINOSA CHEGA NO TSE, AO DEFENDER A PERMANÊNCIA DO TEMER NA PRESIDÊNCIA. JÁ ESTÁ TUDO TRAMADO PARA A PERMANÊNCIA DESSE MELIANTE.

Responder

C.Poivre

09 de junho de 2017 às 12h26

Agora já sabemos a razão principal do show midiático do Beiçola: ele quer ser candidato em eventual “eleição indireta” após a queda do ILEGÍTIMO, demonstrando que nada é tão ruim que não possa piorar:

https://www.ocafezinho.com/2016/12/14/beicola-e-os-cambalacheiros-de-toga/

PS – A Paraíba e (quem diria?) o PSB patrocinam o primeiro comício pelas DIRETAS JÁ e ficarão na história por isso. O governador da Paraíba é o exemplo que seu partido deveria ter seguido pois foi sempre contra o golpe antidemocrático de 2016 e nunca se alinhou com a ditadura golpista dos bandidos corruptos.

https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/300266/Para%C3%ADba-abrigar%C3%A1-primeiro-com%C3%ADcio-no-Pa%C3%ADs-pelas-Diretas-J%C3%A1.htm

Responder

Luiz

09 de junho de 2017 às 12h14

MIGUEL, INFELIZMENTE SÓ O SANGUE VAI LAVAR NOSSA TERRA. EM NENHUM PAÍS, DITO CIVILIZADO, O POVO FOI RESPEITADO ATRAVÉS DE ACORDOS E CONCHAVOS. O RESPEITO AO POVO SOMENTE OCORREU APÓS BANHOS SUCESSIVOS DE SANGUE. A HISTÓRIA ESTÁ AI PARA MOSTRAR. ENQUANTO TENTARMOS OS CONCHAVOS E ACORDOS NO BRASIL, SEREMOS ESPOLIADOS E ENGANADOS. NOS TORNAMOS UM IMENSO PAÍS DE ESCRAVOS. OU O POVO VAI PARA A RUA, PARA A PORTA DOS TRIBUNAIS, PARALISA ESSE BRASIL E SÓ SAI DAS RUAS APÓS A RENÚNCIA COLETIVA DO EXECUTIVO, DO LEGISLATIVO E DO JUDICIÁRIO, OU SEREMOS ETERNOS ESCRAVOS COM TV’s DE LCD NAS SENZALAS.
TRISTE BRASIL.

Responder

Sara Carvalho

09 de junho de 2017 às 15h04

Lisa Carvalho

Responder

Alaide Cavalcante

09 de junho de 2017 às 14h54

Uma farsa, estão pensando que enganam quem?

Responder

Carla Costa

09 de junho de 2017 às 14h51

Revolução a única maneira!!! Pior STF não há, nojo desse lixo Gil mar Mendes!!!Como um ser pode ser tão desprezível e vil!!!!

Responder

wilton monteiro

09 de junho de 2017 às 11h44

É deprimente o espetáculo onde o ator principal não é Dilma e nem o Temeroso e si Gilmar Mendes. Não sei aonde vamos parar .

Responder

Maria José

09 de junho de 2017 às 11h42

E PENSAR QUE TUDO ISSO ESTÁ ACONTECENDO, PORQUE O PLAYBOIZINHO MIMADO, INCONFORMADO POR TER PERDIDO AS ELEIÇÕES “QUERIA SÓ ENCHER O SACO DO PT”. (palavras de Aécio Neves em gravações grampeadas).

ENQUANTO ISSO, O PAÍS ESTÁ DE PERNAS PARA O AR E… ” TUDO VIRA BOSTA.” (Rita Lee)

Responder

Jucineide Oliveira

09 de junho de 2017 às 14h40

Gilmar Mendes parece um Vap kkkkkkkkkk

Responder

Trazibulo Meireles (Zibinho)

09 de junho de 2017 às 11h40

Quem ver aquilo ali sente vergonha de ser brasileiro ao ver os indicados às Cortes superiores com aquele cinismo…Tenham vergonha na cara senhores excelências ou excrescências? Ah, Gilmar Mendes pode ser… Benjamin fez muita firula para o nada.

Responder

Cicero Carlos Correa Junior

09 de junho de 2017 às 14h34

Já se desenha a pizza. O governo tem o poder, esse é o verdadeiro abu$o de poder.

Responder

Roberto G. Teixeira

09 de junho de 2017 às 11h31

Verdade. Concordo totalmente com seus argumentos.

Responder

Mirtes

09 de junho de 2017 às 11h30

Gostei da tua opinião, mas não dos comentários de Haddad.

Ontem os petroleiros junto com a CUT, a CTB outros movimentos sociais, como o MST, MAB, MPA e o Levante da Juventude fizeram uma manifestação em frente à sede da Petrobrás, na Avenida Chile, no Rio.
Foi contra a privatização da Petrobrás e pela saída de Pedro Parente e toda a diretoria que estão entregando o pré-sal e tudo mais. Esperava-se caravanas com petroleiros de diversos estados. Foram? Como foi a manifestação?
O Zé Maria, da FUP, é um dos grandes defensores do governo Lula e da Petrobrás.
https://youtu.be/edPEELRWh2k

Responder

Jose carlos lima

09 de junho de 2017 às 11h28

Um conselho de anciãos substituindo 54 milhões de brasileiros que votaram em Dilma..,..como já apontou o Miguel, por isso nos EUA nao existe Tribunal Eleitoral, pra que mesmo, pra faudar a democracia?
#DiretasJa #ForaTemer

Responder

Graça Caetano Pereira

09 de junho de 2017 às 14h22

Esse TSE não ta com nada esta igual esses politicos de merda .

Responder

Antonio Cerqueira

09 de junho de 2017 às 14h07

SEGUE A JUSTIÇA BRASILEIRA, EM ESTADO DE PUTREFAÇÃO, QUE FEDOR.

Responder

Otávio Schmidt

09 de junho de 2017 às 14h07

O Tsé quer matar os últimos honestos do país de nojo

Responder

Alessandro De Oliveira Apolinario

09 de junho de 2017 às 14h00

PIZZA NO TSE

Responder

    Thelma Brasil

    09 de junho de 2017 às 23h04

    É, Alessandro … Pelo jeito, já que não vão cassar, teremos de caçar …

    Responder

José Luiz Rebelo

09 de junho de 2017 às 13h59

O Brasil vai reagir e deve reagir a essa podridao toda.

Responder

Tereza Nyqvist

09 de junho de 2017 às 13h55

Mas a solucão é #VamosProvocarSTFanulaGolpe, #VoltaDilma!

Responder

Sérgio Calder

09 de junho de 2017 às 13h49

Uma comédia de péssimo gosto.

Responder

Rodolfo Souza

09 de junho de 2017 às 13h45

teatro montado !!!

Responder

Julio Pires

09 de junho de 2017 às 13h41

Perdem dias e dias tentando explicar o que não tem explicação e sabemos que isso tudo não vai dar em nada pois o judiciário é podre

Responder

Augustinho Conradi Augusto

09 de junho de 2017 às 13h19

Hipócritas e canalhas.

Responder

Che amigo

09 de junho de 2017 às 10h12

Muito boa análise! Temer precisa e merece cassação em face dos vários crimes que cometeu… judiciário brasileiro, PF, MPF, em suas maiorias e lideranças, são tão golpistas quanto o parlamento que decretou o impedimento de Dilma. SOS! SÓ o VOTO CURA!

Responder

Elton Araujo

09 de junho de 2017 às 13h04

Um grande acordo nacional .

Responder

Rosangela Talib

09 de junho de 2017 às 12h56

Muita boa a análise

Responder

Maria Dolores Rosa

09 de junho de 2017 às 12h53

Muito bom

Responder

nilo filho

09 de junho de 2017 às 09h28

A JUSTIÇA ELEITORAL tem como características a rapidez, a supremacia da vontade soberana do eleitor cidadão e a garantia do pleno exercício do mandato outogado pela eleição.

ASSIM, a Justiça Eleitoral estabelece prazos mínimos. Não pode a “espada de Dâmocles” ficar sob a cabeça do eleito por tempo, por período longo, largo no tempo e no espaço. Só a segurança do exercício pleno do mandato assegura a autoridade do cargo.

CORRETA, portanto,juridicamente a posição daqueles que defendem a impossibilidade da ampliação das discussões na ação contra a chapa Dilma-Temer.

Ampliando-a, não seria possível também alcançar todos os partidos e políticos que tenham sido beneficiados pela Caixa 2 ou financiamento ilícito ou irregular das campanhas, citados, mencionados ou referenciados nessas ampliações???…era um jogo – no mínimo – do qual todos participavam e usufriam…

****
A CHAPA ATACADA É A DE DILMA-TEMER;

E ELA Í INDISSOCIÁVEL.

CAINDO A CHAPA, Aécio – que inclusive alegou que entrou com a ação para “encher o saco” (seguindo a linha de “vamos sangrar o governo Dilma”) – ganha.

MORAL: os votos dados à Dilma – 54 milhões – serão inquinados de irregulares, postos em dúvida pois obtidos de forma defesa em lei…a votação de Aécio – que usou de todos os meios ilícitos, ilegais e imorais para vencer – fica ilesa… E isso um jogo – no mínimo – do qual todos participavam e usufriam…

****
Sobre o solipsismo da malfadada “verdade real” ver, por exemplo Lenio Streck:
http://www.conjur.com.br/2013-nov-28/senso-incomum-verdade-mentiras-mentiras-verdade-real

FORA TEMER queremos, a grande maioria, a quase unanimidade dos brasileiros, mas a condenação da chapa Dilma-Temer atingirá mais a Dilma do que ao Temer que não tem moral, dignidade e honradez para ocupar o cargo que ocupa.

Responder

Edir Figueredo

09 de junho de 2017 às 12h16

Será que nem na frente de toda humanidade. Continua na sua jornada de camuflar bandidos envilvolviddos com muitas corrupções

Responder

Jacilene Carvalho

09 de junho de 2017 às 12h09

vergonha dos ministros

Responder

Luiz Antônio Barbosa

09 de junho de 2017 às 12h00

É um processo sem pé e sem cabeça. Como pode ter havido abuso da chapa Dilma, se a campanha do aécio teve até maior volume de doações recebidas das mesmas empresas que doaram para a Dilma? Outro aspecto é a diferença percentual de votos que não chegou a cinco porcento. Houvesse o tal abuso, a diferença teria de ser muito maior, de trinta a cinquenta porcento. O resultado justo esperado é a absolvição.

Responder

Stela Gonçalves

09 de junho de 2017 às 11h57

Um bando de vendidos!!!

Responder

Gidobaldo Silva Avelar Gil

09 de junho de 2017 às 11h56

O país cavando sua sepultura!

Responder

Paulo Roberto Pereira

09 de junho de 2017 às 11h51

Um Supremo Tribunal e Tribunais Intermediários escolhidos por agentes políticos corruptos marginais bandidos respeitando rarissima exercoes. so pode envergonhar os bens intencionados pense uma Nação OSTENTAR a Quarta Patria mais corrupto do mundo serás se tem podereses Judiciario presente…? ou comparsas

Responder

    Paulo Roberto Pereira

    09 de junho de 2017 às 11h55

    Uma Suprema Corte quer tem um Gilmar Mendes como parte integrante pode ser digna de prestar..ou servir a pátria.

    Responder

Sérgio Soares Guimarães

09 de junho de 2017 às 11h46

Com um juiz desse presidindo, não há democracia que resiste!

Responder

Iramar De Sales Figueredo

09 de junho de 2017 às 11h37

Isso é uma palhaçada, enquanto o advogado da cleptocracia estiver na ativa… o combate a corrupção não vai prosperar!!!

Responder

Kéterin Kuhn

09 de junho de 2017 às 11h22

E pensar que as pessoas estudam tanto para se comportar como se fossem marionetes, tudo que pronunciam soa falso, falsas palavra, falsa atitudes. Um dando de falsianes.

Responder

Suely Ferreira

09 de junho de 2017 às 11h20

Totalmente uma farsa.. só para enganar o povo brasileiro.. Infelizmente..vivemos de faz de conta..

Responder

Luiz Garcia

09 de junho de 2017 às 11h19

O Mal está vencendo. E ele se propaga pra baixo de forma avassaladora. Vivemos o caos.

Responder

Eduardo Silverio Oliveira

09 de junho de 2017 às 11h17

Meu sentimento após ler esse artigo: nojo, vergonha, asco… Minha conclusão: definitivamente, o crime compensa!

Responder

Marco Aurelio Tisi

09 de junho de 2017 às 11h16

Oras, mas é assim, porque esse judiciário como um todo, é um escarnio e partidarizado, é mais uma instituição que é a cara escarrada desta sociedade hipócrita que é a sociedade brasileira !!!!!!!!!!!!!!

Responder

Matilde Silva

09 de junho de 2017 às 11h08

Fora farsantes.

Responder

Lourdinha Gonçalves

09 de junho de 2017 às 11h06

Estamos enfiado no lamaçal que só afunda, só Deus pra ter misericórdia de nós.

Responder

Maria Thereza Freitas

09 de junho de 2017 às 08h04

Muito bom, Miguel. E vc tocou num ponto que pouca gente fala: o absoluto desprezo por mais de 100 milhões de votos, a manifestação da vontade do povo. Até mesmo nós, que votamos, esquecemos que toda essa crise é decorrente da desconsideração pelas pessoas.

Responder

Mariluce Cruz

09 de junho de 2017 às 10h59

Vendidos a preço de banana. Uma banana bem grande e $$$$$$$$$$$$$$

Responder

Vitória Lopes

09 de junho de 2017 às 10h57

Mais um faz de conta. Palhaçada!!!

Responder

Camerini Maria Zélia

09 de junho de 2017 às 10h52

Vamos aguardar hoje o desdobramento da causa e saber onde e como funciona a #justiça em nosso País!

Responder

Fátima Luna

09 de junho de 2017 às 10h49

Vergonha
…é quando a pessoa mais comum (nesse país e no mundo) hà três dias já sabe do resultado desse CIRCO.
PIZZA, PIZZA, PIZZARIA… PIADA.

Responder

Edinara Costa Oliveira

09 de junho de 2017 às 10h46

Sempre foi assim!! Agora,no Governo Dilma foi mostrado pq ela deixou a PF livre pra INVESTIGAR!!

Responder

Paulo Sergio

09 de junho de 2017 às 10h44

Juizecos de merda.
Quando vemos o que é o TSE / JUDICIÁRIO. ….. ENVERVONHA..
JUIZES VAGABUNDOS, SEM QUALIFICAÇÃO, PARTIDARIOS, PARCIAS / COMPRADOS…….
UMA VERGONHA.
TSE É UMA VERGONHA.
ESSE JULGAMENTO MOSTRA ESSA GENTALHA VAIDOSA, ARROGANTE, UMA CASTA DE GENTE DESONESTA.

Responder

Marilene Flores

09 de junho de 2017 às 10h38

Responder

Marilene Flores

09 de junho de 2017 às 10h38

Palhaçada ,

Responder

Rosa M Murad

09 de junho de 2017 às 10h27

Bota odiosa nisso

Responder

Graças Santos

09 de junho de 2017 às 10h25

Tempo ocupado numa comédia sem lágrimas nem riso. Empatia.:(

Responder

Reinaldo Chaves Rivera

09 de junho de 2017 às 10h21

… O PT APODRECEU O BRASIL !!! … Eis o legado da era PT e da esquerda fascista que ele representa: um país sem ordem e sem progresso, mas com muita farsa, mentiras e muita, muita corrupção. O país inteiro mergulhado numa crise moral e ética sem precedente em sua história. Sem a figura de um presidente probo e sério, sem um paradigma de decência, o povo se perde em leviandades e degeneração. Que nefasta herança deixou Lula, o apedeuta ébrio e calaceiro, para os jovens desta nação !! Que tristeza ver a terrorista corrupta Dilma conjurando, mais uma vez, um golpe comunista neste país !! Esses treze anos de PT ficarão marcados na história pelo desgoverno de comunistas, fascistas de esquerda, corruptos e perigosos, mais preocupados em homenagear ditadores facínoras e conceder bolsa-ditadura a assassinos do que fazer este país caminhar para frente. O PT é uma súcia que nos enche de vergonha e que foi um desastre à frente do governo do Brasil. Que herança maldita dessa esquerda fascista. A desordem instalou-se.

Responder

    Denise Sodré

    09 de junho de 2017 às 10h49

    Por isso que o ator Willian Bonner te chama de “Homer Simpson”. Nossa, colocou o PT muito longe de onde ele está em nossa História, como se antes do PT vc estivesse em coma profundo (e durante os governos PT também).

    Responder

    Edir Morcego

    09 de junho de 2017 às 10h49

    kkkkkk que velho escroto…vai ser retardado assim lá na puta que pariu…viajou na maionese coroa…na boa,procure um bom psiquiatra e vá se tratar sua múmia paralítica,seu coxinha de merda,pobretão de direita…nunca vi um velho tão cretino e burro como vc em toda minha vida…LAMENTÁVEL!

    Responder

    Denise Sodré

    09 de junho de 2017 às 10h51

    Se é assim, fale-me um pouco dos dois maiores escândalos de corrupção de nossa história. Dica: o que o Petrolão (escândalo que conhecemos desde os anos 80 e que foi Dilma quem possibilitou as investigações) apurou não chega a 2% de nenhum deles e o juiz Moro está envolvido, direta ou indiretamente, nos dois.

    Responder

    Edvone Duarte Santos

    09 de junho de 2017 às 10h51

    Cara, olhem os números com o governo PT no poder e olhe agora! Acordaaaa

    Responder

    Denise Sodré

    09 de junho de 2017 às 10h53

    Em tempo: o que é esquerda, já que escreveu vários absurdos sobre a “esquerda”, me diz o que esquerda?

    Responder

    Marinaldo Silva

    09 de junho de 2017 às 10h55

    Tadinho… Pelo visto você é daqueles que que comia excrementos quando p
    Bebê. Nossa quanta ira aliada a ignorância e intolerância!!! Vai fazer um banho de sal grosso, seguido de muitos outros e outros. Se cuide porque o seu caso é grave.

    Responder

    Edir Morcego

    09 de junho de 2017 às 11h02

    vai jogar bingo velhote fanfarrão…com esse seu texto,tu já passou vergonha demais por hoje kkkk…saporra é daqueles que:”QUANTO MAIS VELHO,MAIS BURRO FICA”?????

    Responder

    Edir Morcego

    09 de junho de 2017 às 11h11

    podre tá o teu rabo e esse teu pintinho murcho seu pulha,acéfalo e mentecapto…vai estudar e criar vergonha nessa cara feia e deprimente antes de ousar citar a esquerda seu PASPALHÃO!

    Responder

    Maria Angela Ferreira Da Rosa Neves

    09 de junho de 2017 às 12h44

    Com ódio e intolerância do começo ao fim, destila-se a discórdia com maestria. Isso tem nome. Começa com F e termina com O. Vade retro.

    Responder

    Mônica

    09 de junho de 2017 às 12h56

    Nossa, os fascistas golpistas querendo atribuir ao PT (Lula/Dilma), o que pertence a eles direitistas e antidemocráticos !
    Vai lá, seu Reinaldo fascista, diz se você sabe mesmo o que é esquerda? Esqueceu de tomar o remédio, é isso?

    Responder

    Mariluce Cruz

    09 de junho de 2017 às 16h59

    Tua cabeça cara,tem tanta merda que derrama pela boca e ñ dá nem pra perder tempo com tipinhos assim.

    Responder

    Roberto Araujo Paiva

    09 de junho de 2017 às 17h11

    Este aí é um coxinha estragada. Entende de política igual eu entendo de avião. Ou seja, nada!

    Responder

    João Ostral

    09 de junho de 2017 às 16h04

    Não vou nem entrar em detalhes de como o Brasil era visto no mundo e aqui pela população no tempo dos governos PTistas. Te liga na realidade e larga destes delírios.

    Responder

    Ricardo Legabão

    09 de junho de 2017 às 19h58

    Culpa do PT

    Responder

    Thelma Brasil

    09 de junho de 2017 às 22h58

    Cara, VOCÊ SEQUER MERECE RESPOSTA! Mas para o caso de — bem lá no fundo da sua mente — haver algum resquício de razão, eu lhe digo: 500 anos de dominação das oligarquias e empobrecimento do povo; 13 anos de governos PETISTAS NA LUTA CONTRA OS ENTRAVES ACUMULADOS NESSES 500; um segundo mandato da DILMA CASSADO PELO CONGRESSO antes mesmo do impeachment, para aprofundar a crise econômica; e finalmente O GOLPE e o país lançado no MAIS SOMBRIO CAOS!
    É pouco do MUITO A DIZER SOBRE OS GOVERNOS PETISTAS: redução da desigualdade social; instituição do início de estado de bem-estar social; melhora na inclusividade …
    Pouco mas MUITÍSSIMA PERDA DE TEMPO COM ALGUÉM SEM CABEÇA como você!
    Você fez essa “crítica” aqui mas APOSTO QUE NÃO LEU O POST!!! Vaza, maluco!

    Responder

    Gema Gretter Bonet

    10 de junho de 2017 às 02h30

    ?????????

    Responder

    Gerson Cardoso Costa

    10 de junho de 2017 às 04h43

    BABACA,MENTECAPTO, AMESTRADO DO PIG !!!!

    Responder

João Valente

09 de junho de 2017 às 10h12

Uma palhaçada cara.

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com