Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Reportagem de TV da Colômbia pagou para ter testemunho falso contra o Governo da Venezuela

Por Tulio Ribeiro

07 de setembro de 2017 : 03h47

(crédito imagem- Correo del Orinoco e Telesurtv)

No palco da guerra midiática contra o governo da Venezuela , o canal 1 da Colômbia oferece uma prova inequívoca que em vez de retratar a verdade, vale todas ¨formas¨ de desconstruir uma realidade.

A matéria jornalistica abordava uma entrevista com o desertor do Serviço Bolivariano de Inteligência Nacional(SEBIN), Edgard de Jesús Villanueva. A repórter Claudia Cano demonstrava interesse em imputar participação de militares do governo num cartel de narcotráfico. A oposição venezuelana alardeia que a cooperação dos militares na logística de alimentos seriam indicativos de que os mesmos facilitariam o transporte de drogas,dando nome de ¨cartel del soles¨.

Em áudio subtraído, Villanueva se dirige a Cano dizendo que faria ¨as declarações solicitadas por que necessitava de dinheiro, mas não gostava de mentir na câmara¨. Cano pede que ele diga que ¨o diretor do SEBIN e o constituinte Diosdato Cabello são partes dos soles,sendo um segredo compartilhado por vocês¨.Acrescentava sua exigência, que o ex-militar vivendo nos estados Unidos, possa¨poner cosas picantes¨.Villanueva pergunta:¨O que deseja que fale sobre Maduro¨? Mais adiante cobra sobre o pagamento e Cano lhe responde: ¨Quando terminarmos lhe pagamos¨.

Apesar de nunca ter aparecido nenhuma prova sobre ¨los soles¨,o canal 1 estatal gerido pelo fundo RTNC (privado), apresentou a reportagem escondendo a negativa de Villanueva sobre supostas práticas de torturas.

Fontes

www.corredelorinoco.gov.ve/periodista-colombiana-del-canal-1-pago-por-testemunio-falso-contra-el-gobierno-venezoelano/

www.videos.telesurtv.net/video/676556/periodista-del-canal-1-pago-por-testemonio-contra-gob-de-venezuela/

#cana1noticiacomprada

autor:

Tulio Ribeiro é graduado em economia,pós-graduado em História contemporânea,mestre em História Social,e doutorando em ¨Ciencias
para el Desarrollo estrategico¨ pela UBV – Caracas

Tulio Ribeiro

Túlio Ribeiro é graduado em Ciências econômicas pela UFBA,pós graduado em História Contemporânea pela IUPERJ,Mestre em História Social pela USS-RJ e doutorando em ¨Ciências para Desarrollo Estrategico¨ pela UBV de Caracas -Venezuela

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

15 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Camila

08 de setembro de 2017 às 13h23

Deve ter aprendido com a Globo

Responder

Camila

08 de setembro de 2017 às 13h10

Esta TV ainda é Estatal….A Colômbia usa a arma da mídia contra o governo da venezuela

Responder

Heron

08 de setembro de 2017 às 13h03

Incrível ,pois só vejo notícias como esta no cafezinho.
O pig faz história na colômbia

Responder

Ana Maria

08 de setembro de 2017 às 15h02

Conversando com um diplomata estrangeiro esta semana ele riu-se do que chama nossa inocência. Só nós (brasileiros desolados com o descarrilhamento nacional) achamos que o golpe, a Lava Jato, a demonização da política e a caçada a Lula são tramas conduzidas apenas por gente do Brasil, como Moro, Janot, Temer, parte do Judiciário, mídia, Polícia Federal etc. Enquanto o filme passa, as transnacionais avançam sobre o petróleo, o pré-sal, o sistema elétrico, o subsolo e a Amazônia. O mesmo filme, diz ele, que está em cartaz em outros países da América Latina, inclusive no Equador, onde o sucessor de Rafael Corrêa, tal como Pallocci, passou-se para o outro lado. Talvez tenha razão, talvez seja paranoico, mas a precisão do roteiro e a impotência geral diante de seu avanço são impressionantes. (Tereza Cruvinel, Brasil247)

Responder

Kyryno Euzebio

08 de setembro de 2017 às 03h55

Do mesmo que aqui, se inspiraram na Globosta.

Responder

gustavo

07 de setembro de 2017 às 22h19

Lá, como aqui no Brasil, a mídia, infelizmente, dita todas as regras. DIARIOS DA AMÉRICA, de que a GLOBO faz parte ativa, não tem qualquer controle governamental. Seus jornalistas não precisam ter curso superior na área, exigência que garantiria algum controle sobre seu trabalho, a fim de evitar abusos.
Lembro que toda a sociedade brasileira passa pelo crivo de algum tipo de controle. Por isso, existem OAB, CRECI, CREA, e outro órgãos profissionais, somente a título de exemplo.
Mas quem controla o trabalho da mídia para apurar se informam a verdade e não praticam abusos? Nenhuma entidade sequer verifica, por exemplo, o serviço da GLOBO. Assim, falam e escrevem o que bem entendem. No caso da
televisão, é ainda mais grave, eis que se trata de concessão pública.

Responder

Marcos

07 de setembro de 2017 às 13h21

Eu acho que as FARC vão se arrepender de ter feito o pacto…

Responder

Hilton

07 de setembro de 2017 às 13h15

Esta tv colombiana é filial do pig

Responder

Helder Viana de Araujo

07 de setembro de 2017 às 15h03

Mídia prostituída.

Responder

    Hilton

    07 de setembro de 2017 às 13h16

    Concordo

    Responder

Silvia Machado Machado

07 de setembro de 2017 às 14h22

Acorvadados. E o sorrizinho…não convencem.

Responder

João Carlos AGDM

07 de setembro de 2017 às 11h11

A Mídia não só a daqui, Globo & CIA , mas, a Mídia da grande maioria dos países do Mundo (exceções: Russia, China, Cuba e Coréia do Norte) é dominada e controlada por poderosíssimos interesses financeiros internacionais. Que saqueiam e pilham a nós e a todos os outros povos controlados. Para valer.
Se não atender a estes, até a Globo pode ser levada à falência.

Responder

Renato

07 de setembro de 2017 às 07h43

alfafa colombiana

Responder

Gloria L. Xavier Pedro

07 de setembro de 2017 às 10h26

Lá como aqui…

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?