Haddad e Dilma em Belo Horizonte

O calendário, o relógio e a mudança dos ventos na política brasileira

Por Wellington Calasans

18 de novembro de 2017 : 08h10

Por Wellington Calasans, para O Cafezinho

O desespero da Lava Jato e da Globo nos seus dias de agonia diante da opinião pública contrasta com a tranquilidade de Lula, sobretudo após os resultados das recentes pesquisas de opinião pública divulgadas que dão ao petista uma esmagadora vantagem na corrida presidencial 2018.

Tacla Durán e o escândalo da FIFA destruíram em poucos dias a esperança dos moralistas sem moral de que manteriam a narrativa e a pauta do debate político até o próximo ano. Nas cordas, acuados com o desmonte das próprias imagens, forjadas na mentira, tentam desesperadamente uma reação, mas usam a tática manjada de apontar o dedo para a “corrupção dos outros”.

Moro (lava Jato) e Globo escolheram o inimigo errado, Lula, e agora são devorados pela revolta popular que ajudaram a criar. O desmonte do estado social e da soberania nacional são maiores do que o discurso moralista do “combate à corrupção” que insistem em usar. O “rouba, mas faz” é resgatado por aqueles que foram enganados pela Globo. O bombardeio jurídico-midiático perdeu a força.

Quem sempre acreditou em Lula, está mais forte para lutar. Percebeu que venceu uma difícil batalha da narrativa e agora parte para o ataque aos detratores. A recente iniciativa do PT de cobrar da PGR uma ação contra a Globo por conta do escândalo da FIFA é um exemplo disso. Mostrar ao povo que a justiça e a imprensa são a mesma coisa é a mais inteligente das estratégias.

A cleptocracia no poder é engolida pela falta de propostas para o povo e a visível incapacidade de tirar o país da crise. As mentiras contadas pela Globo de que “a corrupção do PT” era o maior problema do Brasil é desnudada pelas malas de dinheiro, Tacla Durán, FIFA e parcialidade da justiça. O povo quer trabalhar, estudar e comer e isso lembra os anos recentes de Lula e Dilma.

O calendário e o relógio jogam ao lado de Lula e de todos os políticos que defendem a revogação dos atos de um governo rejeitado por 97% dos brasileiros. Lula avança na preferência da classe média com um discurso nacionalista de conciliação e de reconstrução nacional. A bipolaridade, tão necessária em uma sociedade analfabeta política, joga “a turma do atraso” no lado dos entreguistas.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

José Nogueira

18 de novembro de 2017 às 22h20

Neste texto estão todas as esperanças daqueles que sonham com um Brasil mais justo, soberano, no qual cada cidadão possa ter uma vida digna. Mas do outro lado tem gente que não mede esforços para subjugar uma nação. Contra o povo estão empresários, que detém a maior fatia do PÌB do país, uma mídia corrupta e unida contra o povo, um judiciário e ministério público que rezam pela mesma cartilha da mídia, um exército a serviço de outras nações e poderosas corporações internacionais e o governo colonial dos Estados Unidos, conforme ficou demonstrado pela Wikileaks. Que Deus nos ajude.

Responder

Mar

18 de novembro de 2017 às 11h17

Acredito que este partidos nanicos da esquerda deveriam parar de só olhar para o umbigo e procurar ter mais compromisso com o país. Lançam candidaturas a cargos como de presidente por exemplo, sem nenhuma proposta convincente, dizendo eles que o objetivo é ficarem conhecidos a nível nacional e também levar mais dinheiro público, não é? A esquerda brasileira é uma esquerda confusa, basta observar o comportamento deles nos dias que antecederam o golpe. A direita armando para dar um golpe de estado, montaram uma estratégia e uniram-se numa só voz ,” fora Dilma e fora PT”, o pior que tem partido de esquerda que até hoje grita o mesmo e ainda levanta a bandeira da farsa jato (braço da direita). Agora estão aí ,sendo reprimidos e correndo o risco de até serem extintos. É inacreditável que a esquerda não esteja neste momento montando uma estratégia para voltar ao poder via PT (única possibilidade concreta) e procurar eleger o maior número de candidatos possíveis no congresso e senado para reverter os danos do golpe ao país. A globo é inimiga declarada da esquerda e do povo brasileiro, está sendo alvo de denuncias, cadê a esquerda unida agora para pressionar atitudes contra globo? Pelo que me consta só o PT que foi para cima.

Responder

Paulo LIma

18 de novembro de 2017 às 10h49

A população brasileira impactada pelos atos do golpe, pela revelação de escândalos e crimes, pela retirada de direitos no trabalho, aos poucos vem abrindo os olhos e já passou a agir politicamente. Reportagem de Juliana Gonçalves no The Intercept narra o curso da greve de trabalhadores em um grande supermercado com filiais em todo o RJ frente a brutal redução de salários. Conquistas democráticas recentes, durante os governos do PT, ninguém esquece. A Frente Ampla necessária, de maturação política consistente, é ampliada, de fato fundamentada , por base de legitima demanda popular.
Perla lei Cancellier, pelo Referendo Revogatório, abaixo o golpe.

Responder

jose carlos lima

18 de novembro de 2017 às 09h31

houve um golpe regressista e por isso o pais entrou em marcha ré….
…Instituičoes …Globo…mercado e ate o facebook estão a serviço do golpe regressista fomentado desde a eleiçao de Lula e que ganhou impulso com as jornadas primaveris de 2013….as multidoes que foram as ruas porque convocadas pela Globo nao queriam o que diziam reivindicar: quer dizer, talvez ate quisessem, mas a Globo queria mesmo era o fim do PT.
Hoje temos os donos do golpe no comando..
…e ai os carteiros do facebook os algoritmos foram acometidos de uma estranha preguiça e deixaram de levar aos destinatarios as msgs anti-golpe: paginas progressistas tem seu alcance reduzido em milhoes e milhoes de espectadores e isso é censura comandada pelo governo golpista que está despejando milhoes de reais nos cofres do facebook….o chefe do gabinete de segurança institucional egresso da casa da morte da ditadura militar comanda o atraso…

… o Partido Regressista sempre, desde sempre, como objetivo, o regresso: inclusive nunca aceitaram a Lei Aurea e sempre sonharam com o retorno ao regime do cativeiro e do Brasil colonia.Deram o golpe e conseguiram impor o programa regressista deles.

Responder

José Ruiz

18 de novembro de 2017 às 09h15

.. o texto ignora importante fenômeno que acontece agora nas esquerdas:

O golpe é uma grande injustiça, certo?

O desejo mais profundo, a base moral da esmagadora maioria dos militantes de esquerda, é combater a injustiça..

Militante não precisa de vantagens financeiras. Não precisa de cargos.

O militante precisa saber que ele está fazendo a coisa certa, com o objetivo de corrigir injustiças.

Porém, está cada vez mais visível que o objetivo dos partidos de esquerda, sobretudo PT, não é corrigir injustiças (pelo menos não nesse momento), e sim recuperar o poder.

O partido está paralisado, apenas esperando 2018, porque está certo de que terá enorme vantagem competitiva (uma reação natural do povo canalizará milhões de votos para os partidos de esquerda em reação ao golpe de direita).

Isso praticamente transformou esses partidos em “agrupamentos de assessores parlamentares”..

O interesse de mobilização social é “apenas” para fortalecer as candidaturas que já existem, definidas internamente, em processos “aparentemente” democráticos, mas que no fundo representam, apenas, a manutenção de posições pré existentes: são políticos profissionais, forjados nos interstícios da política partidária comum a todos os demais partidos, inclusive os de direita.

Esse fenômeno está afastando a militância em uma velocidade considerável..

.. cada vez mais as reuniões partidárias estão esvaziadas..

Talvez, muito provavelmente, Lula, ou alguém indicado por ele, ganhará a presidência..

No legislativo, entretanto, vai ser uma festa..

Para contrapor parlamentares da igreja, dos latifúndios, da justiça (vários procuradores), do tráfico de drogas, etc., vão ser feitas alianças com “deus e o diabo”..

Enfim.. vão tentar retornar ao “lulismo”.. sem nenhuma mudança estrutural significativa..

.. em um país com tantas distorções, isso não é justo..

Responder

    Mar

    18 de novembro de 2017 às 10h05

    Poderia explicar como o PT vai corrigir a injustiça sem estar no poder? Se a esquerda não voltar ao poder em 2018, será um desastre para o país. E a única maneira de conseguir isso é com a candidatura de Lula, o resto é ilusão, é falta de compromisso com o país por parte dos outros partidos de esquerda que sabem muito bem que não leva nada. O ” PT está paralisado”, também né, com todo judiciário golpista e os grandes meios de comunicação no pé deles, eles fazem o que podem. Só acho que todos que não concordam com o sistema golpista tem que se movimentar e parar de ficar cobrando só atitudes do PT. O PT não pode tudo sozinho, o golpe não foi contra o PT e sim contra o povo brasileiro, por que só o PT que tem que se movimentar?

    Responder

      Rosali Cantlin

      18 de novembro de 2017 às 23h52

      Exaato! Para combater as injustiças tem que ter poder. Uma coisa de cada vez: Primeiro lutar para recuperar o poder. Depois corrigir as injustiças. E é isso que o PT está fazendo.

      Responder

oliveira

18 de novembro de 2017 às 08h47

ótimo.cadê coxinhas imundos,não vão à paulista medíocres,gado podre

Responder

    Eloiza

    18 de novembro de 2017 às 10h59

    Sim . Falou tudo que precisava.
    Eu também achava o mesmo que a militância da esquerda estava parada.
    Depois eu fui analisar e ver que, mais do nunca, quem tem que ir para rua a gora é a direitada POBRE que bateu panela e estão se lascando. Eles tem que se movimentar sim para rua também , junto ou sem partidos de esquerda.

    Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com