Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

O 1º documentário não-chapa branca da Lava Jato

Por Miguel do Rosário

31 de janeiro de 2018 : 12h58

A blogosfera brasileira continua a fazer história. Com financiamento dos próprios leitores, os blogs DCM e GGN lançaram um vídeo-documentário sobre as farsas abjetas por trás da Lava Jato. Pode-se dizer que é o primeiro filme não-chapa branca sobre a operação.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Pedro Cândido Aguarrara

01 de fevereiro de 2018 às 19h47

NÃO VEJO OUTRO CAMINHO!!!!

CIDADÃOS BRASILEIROS NÃO DEVEM ACATAR DECISÕES DE UM JUDICIÁRIO POLITIZADO E CARTELIZADO!!!!

Decisões POLÍTICAS de juízes POLÍTICOS como Sérgio Moro e os desembargrinhos do TRF4 NÃO DEVEM NEM PODEM SER ACATADAS PELO CIDADÃO BRASILEIRO.

Quem apequena o STF é o próprio STF que não cumpre o seu dever de defender a Constituição e as garantias dos cidadãos.

O GOLPE só aconteceu devido à COMPLACÊNCIA COM O GOLPE do STF!!!

Sergio Moro e TRF4 FORMARAM SIM UM CARTEL de juízes de DIREITA com o objetivo de CRIMINALIZAR os políticos de esquerda. Delações só eram aprovadas se o delator falasse algo de Lula Dilma ou do PT!!! Se não falasse ficava PRESO! Os vazamentos eram SELETIVOS!!!

O processo do apartamento de Lula não tem NADA a VER com Petrobrás e não podia ir para Sérgio Moro!!. De que adiantam argumentos jurídicos???
Quando os juízes formam um CARTEL e vão CONDENAR DE QUALQUER JEITO de que adiantam ARGUMENTOS JURÍDICOS????!!!

O CORDEIRO PODE ARGUMENTAR JURÍDICAMENTE COM O LOBO???

De que adiantaram TODAS AS ARGUMENTAÇÕES JURÍDICAS mostrando que as pedaladas fiscais não eram crime de responsabilidade????

STF se omitiu e permitiu um GOLPE DE $ESTADO!!!

Então, Ministra, não me venha com essa conversinha de que eu tenho que acatar decisões de uma JUSTIÇA INJUSTA!!!

A SENHORA está é defendendo a politização do judiciário brasileiro e deveria ser AFASTADA DAS SUAS (DIS) FUNÇÕES!!
Ministra Carmem, nosso país está caminhando para a LUTA ARMADA!!!!

Com cidadãos civis pegando em ARMAS!!!!

Eu, que nunca fui sequer processado, aos 67 anos, que não tenho nem mesmo MULTA DE TRÂNSITO, ando pensando nisso!!!!

Porque sinto que só voltaremos a andar na Lei, com a Lei e dentro da Lei, como dizia Ruy, quando policiais federais, juízes e procuradores envolvidos com POLÍTICA PARTIDÁRIA começarem a cair crivados de balas nas ruas!!! Como na Itália dos anos setenta com as Brigadas Vermelhas!!

A PIOR DAS TIRANIAS É UM JUDICIÁRIO POLITIZADO E CARTELIZADO!!

Responder

JULIO CEZAR DE OLIVEIRA

01 de fevereiro de 2018 às 12h24

não se enganem,vão fraudar as urnas.

Responder

Reginaldo Gomes

31 de janeiro de 2018 às 22h41

O destino da lava jato é o esgoto mesmo . A Lava jato representa o maior retrocesso do judiciário brasileiro em toda a sua história. É uma operação de combate a corrupção totalmente invertida , virada do avesso. Abandonou tudo que fosse relacionado as boas práticas, novas tecnologias, ciências avançadas, na persecução penal; para usar somente cagüetagens de cagüetas criminosos. Um verdadeiro retrocesso a idade das cavernas jurídicas. É uma sabedoria inata de toda a população mundial que delação é crime, o cagüeta é um indecente.
A lava jato destruiu o Brasil.

Responder

João Ferreira Bastos

31 de janeiro de 2018 às 14h37

Excepcional !!!

Agora é correr com o depoimento do Tacla Duran

Responder

Raphael

31 de janeiro de 2018 às 13h10

Documentário a ser assistido antes que o judiciário proíba sua exibição sob qualquer alegação infundada.

Responder

Deixe um comentário

O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro