Ato em defesa da imprensa

Greves derrubam presidente vendilhão da Petrobras

Por Miguel do Rosário

01 de junho de 2018 : 11h39

(Manifestação contra política de preços da Petrobras e em favor da greve dos petroleiros. Dia 28/05/2018. Foto: Mídia Ninja).

Parabéns, caminhoneiros e petroleiros!

A greve dos petroleiros, que despertou a fúria do judiciário mancomunado ao golpe, teve ao menos uma consequência muito positiva para a estatal e para o Brasil.

Pedro Parente, o presidente da estatal mais vendilhão e entreguista da história, acaba de pedir demissão.

Fragilizado após a greve dos caminhoneiros, que obrigou o governo e a Petrobras a mudarem a política criminosa de preços, e após uma greve dos petroleiros, que paralisou, em apenas 24 horas, mais de 25 plataformas e várias refinarias, Parente viu-se sem condições políticas de permanecer à frente da estatal.

Até agora essas foram as únicas informações divulgadas, tanto pela imprensa especializada como pelos grandes meios de comunicação.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

22 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ernesto Sweicher

01 de junho de 2018 às 17h31

Miguel, você está vendendo um peixe com um otimismo que é ingênuo e não ajuda a compreender o que está acontecendo. Os caminhoneiros deram uma lição de como destroçar um país à traição. Os petroleiros demonstraram fraqueza e amarelaram na hora H. Mesmo que você tenham ótimas intenções procurando iludir a si mesmo, fantasiar sobre o poder dos petroleiros seria enganar leitores inteligentes e bem informados, o que não dá.

Responder

    Carlos Silva

    01 de junho de 2018 às 20h48

    Isso mesmo. Foram oportunistas e ainda por cima amarelaram. Para completar a desonestidade intelectual ainda saem dizendo que a greve foi um sucesso .

    Responder

Paulo Nogueira

01 de junho de 2018 às 15h34

A realidade é que o cara não é o verdadeiro vendilhão, ele é apenas preposto dos vendilhões, ou seja, pau mandado. Podemos ter certeza que o vampiro e sua turma já prepararam outro mané com argumentos de venda diferentes.

Responder

Jorge Milan

01 de junho de 2018 às 15h31

Otimo! Pedro Parente Caiu!!!
Esse governo tem legitimidade para implantar uma politica de precos para os combustiveis?
Nao, nao tem!
Quem tem que cair e o Judiciario, que ainda mantem Lula preso.

Responder

cunha e silva ,

01 de junho de 2018 às 14h39

Aguardar o PSDB indicar outro nome ?. . Habeus Corpus preventivo para Temer se ele convocar as eleições .

Responder

Olavo

01 de junho de 2018 às 13h52

O cara recuperou a Petrobrás, conseguiu tirar da lama o nome da nossa empresa. O valor da ação da Petrobrás tinha caído a míseros R$ 8,00, e ele com muito esforço colocou o valor em quase R$ 30,00. Saiu por conta da sua política de preços, e não por conta de roubalheira e desvios que antes eram comum na gestão de Gabrielli, Graça Foster e Bendine (que aliás está no xadrez). Teve ombridade para sair, mas deixou um legado de trabalho honesto na Petrobrás.

Responder

    cunha e silva ,

    01 de junho de 2018 às 14h41

    Inocente útil esse Olavo .

    Responder

      Paulo

      01 de junho de 2018 às 16h01

      Kkkkk, inocente útil são os pelegos baba ovo da esquerda imunda…

      Responder

    Pedro Cândido Aguarrara

    01 de junho de 2018 às 15h20

    Mas implantou uma política de preços CRIMINOSA, deixando um país autosuficiente em petróleo na dependência do mercado internacional IMPREVISÍVEL que deu um prejuízo de 60 BILHÕES ao país.

    ISSO SÃO FATOS!!!

    Agora dizer que Gabrielli e Graça Foster roubaram são FATOS??? Não. São ilações irresponsáveis de quem não consegue falar sobre política SEM MENTIR!!!

    Responder

      Paulo

      01 de junho de 2018 às 16h03

      Desculpa. Eles não roubaram, deixaram roubar…

      Responder

    Cezar R M

    01 de junho de 2018 às 17h10

    Gabrielli e Foster estão presos, condenados ou algo que o valha? Como você os acusa assim? Gabrielli foi o melhor presidente que essa Cia já teve. Foi tarde Parente!

    Responder

    Bertinho

    01 de junho de 2018 às 18h50

    Leva ele pra casa.

    Responder

Marcelo Abb

01 de junho de 2018 às 13h27

Estou achando tudo isto muito estranho…

Em meio a esse turbilhão, Pedro Parente pede demissão… Muito esquisito.

Só consigo achar que existe algo muito maior por trás disso tudo.

Responder

Reginaldo Gomes

01 de junho de 2018 às 13h15

A fantástica derrota do golpe híbrido na greve dos caminhoneiros!!!!
Como foi possível? Eles mesmos tramam a greve, a maior do Brasil, e eles mesmos, o próprio golpe híbrido sai derrotado?
O que saiu errado?
É simples, é a paz!!!! O povo se manteve e foi mantido em estado de paz, que é o único estado possível do povo e seus defensores distinguirem os perigos reais dos imaginários!!!!Assim pode-se responder as situações e não reagir sem pensar.
A força está na paz!!!
O golpe é como o capeta rabudo e o drácula dentuço , não resistem a luz. Eles precisam das trevas para terem poderes e invisibilidade para roubarem . Precisam do caos instalado, violência, povo se matando, bala de borracha no olho , etc…
Reforçando : A força do povo e seus defensores está na paz e harmonia.

Responder

Maria

01 de junho de 2018 às 12h27

Por favor, não coloque apenas a breve greve dos petroleiros como motivo para a queda de Pedro Parente.

Gostem ou não, os caminhoneiros tiveram um papel muito maior, até mesmo de incentivo à greve dos petroleiros. Se não fosse a greve dos caminhoneiros, a paralisação dos petroleiros não teria feito nem ‘cócegas’ no presidente da Petrobras.

Foi a greve nacional de dias que despertou o povão para a anormalidade do que estava acontecendo. Ademais, enfraqueceu e desgastou o governo, além de deixar claro que nenhum outro governo sucessório conseguiria chegar ou se manter no poder, caso adotasse a mesma política dos preços dos combustíveis.

Responder

    Miguel do Rosário

    01 de junho de 2018 às 13h11

    Sim, você tem toda a razão, Maria. Já acrescentei, com destaque, o papel dos caminhoneiros. Mas a luta ainda é longa.

    Responder

Márcio Martins

01 de junho de 2018 às 12h12

Valeu petroleiros, o recado foi dado! O vendilhão não resistiu!

Responder

    francisco junior

    01 de junho de 2018 às 12h47

    Você deve agradecer aos caminhoneiros e não aos petroleiros.

    Responder

Olinto A. F. de godoy

01 de junho de 2018 às 12h10

Depois que conseguiu o que queria, (em especial 2 bi para um escritório de advocacia a ele próximo), até eu pediria demissão! Agora é só curtir as comissões auferidas pelo desmonte da Petrobrax.

Responder

    Márcio Martins

    01 de junho de 2018 às 12h13

    Tomara que o Senado instale a CPI dos combustíveis para apurar isto direitinho.

    Responder

      JC

      01 de junho de 2018 às 12h18

      “CPI” , “congresso” , “ano eleitoral.” Não tem como “direitinho” fazer parte desse conjunto de palavras…

      Responder

        Olinto A. F. de godoy

        01 de junho de 2018 às 12h27

        Tem sim. É só o Perente se filiar ao PT… rsrs

        Responder

Deixe uma resposta