Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Ministro Alexandre de Moraes durante sessão extraordinária do STF. Foto: Carlos Moura/SCO/STF (29/06/2018)

STF arreganha os dentes para Lula

Por Miguel do Rosário

29 de junho de 2018 : 15h36

As últimas decisões do STF mantêm Lula preso até depois de agosto, quando se poderá, ou não, julgar seu recurso por liberdade. A presidente da corte, Carmen Lucia, divulgou hoje a pauta das votações para agosto, e não incluiu nada relativo ao ex-presidente.

O relator do recurso de Lula será o ministro Alexandre de Moraes, indicado por Michel Temer após a morte de Teori Zavaski num acidente aéreo. A escolha de Moraes foi por sorteio, e não foi boa para Lula, porque Moraes é aliado da Lava Jato e hostil a Lula.

A data limite para se pedir o registro de candidaturas é 15 de agosto.

O ministro Edson Fachin sinalizou ainda que irá julgar a questão da inelegibilidade de Lula antes disso, aproveitando-se do que parece ter sido um deslize da defesa do ex-presidente, que incluiu num de seus recursos, mesmo que de forma inteiramente lateral, essa questão. Alguns órgãos de imprensa estão divulgando que Fachin deu 5 dias para a defesa de Lula responda se quer ou não quer o STF discuta agora a questão da inelegibilidade.

Foram todos movimentos bastante agressivos contra o ex-presidente, reduzindo ainda mais as esperanças de que Lula saia rapidamente da prisão e possa se candidatar.

***

No Globo

Fachin diz que analisará pedido de Lula sobre elegibilidade antes de julgar liberdade

O ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), informou ao plenário da corte que o pedido de liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva só poderá ser julgado após ele analisar um recurso apresentado pela defesa sobre a elegibilidade.

Na quinta (28), Fachin liberou para julgamento em plenário o pedido de liberdade de Lula. Depois, a defesa entrou com embargos de declaração pedindo para o ministro retirar do processo a questão sobre sua inelegibilidade e não levar o caso a julgamento até que isso fosse feito. (…)

Na prática, se o plenário do Supremo Tribunal Federal decidir que Lula está inelegível, o ex-presidente não terá outra instância para recorrer. (…)

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

23 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

João Januário

01 de julho de 2018 às 20h39

• A DRA. ELIANA CALMON TINHA MUITA RAZÃO QUANDO DISSE QUE MUITOS DE
SEUS COLEGAS DE PROFISSÃO E DE CARGOS SÃO “BANDIDOS DE TOGAS”

Bandidos de Togas: https://www.youtube.com/watch?v=wHKIErwmG-4
Eliana Calmon e o Judiciário: https://www.youtube.com/watch?v=l2QhigH5iUM
Eliana Calmon e a Lava Jato: https://youtu.be/Ya1VdnrqG8E
Degradação do Judiciário: Dalmo de Abreu Dallari – http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz0805200209.htm
http://www.correiocidadania.com.br/antigo/ed296/politica.htm

Responder

helio

30 de junho de 2018 às 17h23

Um tribunal nazista!

Responder

Alan Cepile

30 de junho de 2018 às 13h46

Mas para os lulistas o inimigo é Ciro, rs….

Responder

Petros Paul

30 de junho de 2018 às 12h17

Facchinoras = Fachim
Estão nem aí para justiça. Fachim opera negociatas. A família dele e do Moro vão entrar na grana da grossa do psdb.
Por que alguém faria isso de graça. O risco é muito enorme para fazer isso de graça, só a tro-co de sálario.
Alex de Moraes é político do psdb, lógico que só vai ferrar o pt.
O Supremo virou um office boy do Moro. Estão com medo da massa.
O Áécio atravessou incólume o Supremo. Aecio pego com malas de dinheiro e tá solto. O priminho do Aecio tá solto. O primo do Aecio tb tem foro privilegiado ?

Responder

Ricardo Cebalho

30 de junho de 2018 às 10h43

É incrível como o P T se faz de inocente ao fingir que acredita que a justiça libertará LULA. Sempre procurando o caminho mais fácil e contando com a sorte de uma possível compaixão do Supremo. Em vez de encarar o problema de frente e organizar a revolta popular que é a única forma de salvar LULA ou será incapacidade?

Responder

Quero-quero

29 de junho de 2018 às 22h09

Lula livre! Lula presidente! Lula inocente!
Falta pouco tempo para o estouro da boiada, falta pouco temo para explodir a panela de pressão…
Um mês e meio, lá para 15 de agosto a cobra vai fumar, a barragem vai romper…
Não vai dar para segurarem tudo na bala não! O povão vai descer na praça e não ficará pedra sobre pedra. O Vampiro e a Vampira vão fugir pelos fundos de madrugada e vão ser atingidos por estacas no peito!

Responder

    Brasileiro da Silva

    30 de junho de 2018 às 00h07

    Tente postar de novo quando estiver sóbrio.

    Responder

      Quero-quero

      30 de junho de 2018 às 08h27

      Que loucura né?

      Responder

        Sergio Sete

        02 de julho de 2018 às 14h15

        Louco é quem quer eleger um inelegível….

        Responder

    JOAO BATISTA

    30 de junho de 2018 às 03h04

    Aí te acordaram do sonho, né?

    Responder

      Quero-quero

      30 de junho de 2018 às 08h36

      O imponderável acontece. O imprevisto desanca os golpistas. O cárcere não é tumba. Os canalhas já estão brigando entre si. Não voto no Ciro nem que Lula indique. Lula livre! Lula inocente! Lula presidente!

      Responder

Jeferson

29 de junho de 2018 às 20h52

Só pode participar da próxima eleição quem não for ficha suja, simples assim…

Responder

    Brasileiro da Silva

    29 de junho de 2018 às 20h56

    Concordo. Condenados são inelegíveis.

    Responder

    Rafael

    29 de junho de 2018 às 21h07

    Isso é uma meia-verdade. Na realidade LULA, por casuísmo e perseguição política dos golpistas, é que está proibido de participar. Veja isto:

    “”A ficha suja e a eventual prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não tiram o petista automaticamente da eleição para a Presidência da República mas, se ele for eleito pelo povo, o pleito pode ser até anulado. Mesmo condenado pelo caso do triplex no Guarujá e privado sua liberdade, como definiu o Supremo Tribunal Federal (STF), ele tem o direito de registrar a candidatura no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e, pela lei, pode fazer campanha enquanto couberem recursos judiciais sobre o pedido. Isso ocorreu com pelo menos 100 candidatos no pleito de 2016 que concorreram sub judice, alguns até presos””. https://www.em.com.br/app/noticia/politica/2018/04/05/interna_politica,949121/mesmo-preso-lula-pode-fazer-campanha-eleitoral-sub-judice.shtml

    Responder

      Sergio Sete

      02 de julho de 2018 às 14h17

      Sub judice é possível sim. Possível, mas improvável.
      Além disso, mesmo que seja possível, lá na frente cassam ele.
      Então é batalha inútil. A condenação não será revertida. A defesa só quer jogar lá pra frente a batida final do martelo.

      Responder

Rafael

29 de junho de 2018 às 20h04

Só participará das eleições quem o STF deixar.
Só vai haver eleições se houver um candidato que não ameace a ponte para o futuro de Temer.
Só governará quem der continuidade a ponte para o futuro de Temer.
O golpe precisa ser destruído na raiz do STF e Lula presta um grande serviço ao Brasil mantendo a sua candidatura e fazendo com q os juízes tiram todas as máscaras q farsa da nossa democracia possuem.
Sem Lula, querendo ou não, a gente assumindo isso ou não, mas as eleições serão a continuidade do golpe.

Responder

sergio paulo de sant Anna

29 de junho de 2018 às 19h34

VERGONHA, VERGONHA o que estão fazendo os ministros do STF em relação a Lula.

Responder

Fábio Ribeiro

29 de junho de 2018 às 18h36

Como eu disse em comentário de outra postagem, nesta eleição só participa quem os golpistas deixam ou o Boulos e a Manuela que os CANALHAS CANALHAS CANALHAS pensam não terem chances e dariam um cheiro de eleições livres. Ou Lula na eleição, para vencer ou perder, isso é da democracia, ou vamos legitimar o golpe. LULA LIVRE

Responder

Miron

29 de junho de 2018 às 18h00

Inelegível ou não ele já ganhou o lugar na história como um mito, uma lenda, um grande exemplo. Nunca sairá dos corações dos brasileiros. Os verdadeiros perdedores são aqueles que o odeiam, estão mortos e ainda não sabem.

Responder

    Renato

    29 de junho de 2018 às 19h01

    Ganhou também um lugar na história por ser o primeiro ex-presidente brasileiro a ser preso por corrupção. Bela forma de ter um lugar na história.

    Responder

      Sergio Sete

      02 de julho de 2018 às 14h19

      E que elegeu uma inepta que faliu o país.

      Essa biografia do presidiário Luis Inácio será uma notinha de rodapé nos livros de História do Brasil sérios daqui 30, 50, 100 anos. (livretos patrocinados pela esquerda não contarão, pois a esquerda altera a História em seu favor, como nunca antes na história desse país….)

      Responder

Lima

29 de junho de 2018 às 17h29

Que nada Miguel, o PT já ganhou! É Lula ou nada! :D

Responder

gN

29 de junho de 2018 às 17h27

Pelo jeito o tiro saiu pela culatra…

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?