Boulos em Recife

Charge: Aroeira

Até Cármem Lúcia critica Moro

Por Pedro Breier

08 de julho de 2018 : 18h53

Quando até Cármem Lúcia, sempre subserviente aos ditames globais e ao lavajatismo, solta nota com crítica nada velada a Moro é porque a situação do ex-todo poderoso é grave.

A presidente do Supremo afirmou que “os órgãos judiciários competentes de cada região devem atuar para garantir que a resposta judicial seja oferecida com rapidez e sem quebra da hierarquia”.

Moro passou do ponto e quebrou a hierarquia, princípio basilar do funcionamento do judiciário, de forma tão escancarada que forçou uma reação do próprio judiciário, costumeiramente dócil às delinquências do magistrado de primeiro grau.

A máquina de manipulação conservadora já tenta usar o fato de que o desembargador Rogério Favreto foi filiado ao PT para deslegitimar a decisão do magistrado.

Sobre isso, dois apontamentos: ser ex-filiado a qualquer partido está longe de ser crime, enquanto descumprir ordem judicial o é; a presença de Alexandre de Moraes, ex-secretário de governos tucanos e emedebistas, no STF sem jamais serem lembradas suas ligações partidárias, basta para desqualificar esse tipo de artifício.

Lula pode ser solto a qualquer momento e o golpe está nu.

Pedro Breier

Pedro Breier, colunista d'O Cafezinho, é formado em direito mas gosta mesmo é de jornalismo. Nasceu no Rio Grande do Sul e hoje vive em São Paulo.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

27 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

12 de julho de 2018 às 20h23

Gente, vocês acreditam mesmo no que vocês estão dizendo né? porque o pior hipócrita é aquele que não acredita nem o que ele mesmo diz.

Responder

o arpoador do destino

10 de julho de 2018 às 17h31

O autor do post interpretou a puxada de orelha no plantonista pilantra como “crítica velada a moro”? Pelo visto, é “formado em direito mas gosta mesmo é de jornalismo” sem jamais ter superado o analfabetismo funcional…

Responder

Euris Morato

09 de julho de 2018 às 14h44

DESMORALIZAÇÃO TOTAL
Euris Morato

O Golpe de Estado dado contra a democracia no Brasil
mostra claramente suas vinculações jurídicas, ligadas a interesses políticos de manter a todo custo a prisão do Ex Presidente Lula, candidato majoritário das Pesquisas às eleições Presidências de 2018 .. Para isso, maus juízes desmoralizam a Justiça , as leis , a Constituição e o Direito Penal brasileiro , ou seja, não respeitando uma Decisão de Habeas Corpus do TRF4 , datada de 08.07.2018, de soltura do Ex Presidente.

Responder

Jochann Daniel

09 de julho de 2018 às 12h35

Equação
da Justsssssiai brasileira:
Grandes e poderosos
interesses de dinheiro internacionais >>>>>>>>>>>>>>>>>>
cobiçam nossas riquezas
(principalmente
os trilhões do pré sal).
Com seu imenso poder os GIdrDI >>>>>>>>>>>>>> controlam a Mídia brasileira.
Com seu imenso poder
a serviço dos estrangeiros
(inclusive imprensa marrom
contra os “recalcitrantes”)
a Midia >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>manipula o Judiciário.
Este faz
o que nossos inimigos
querem.
Inclusive sentenciar
culpado
sem nenhum crime
por parte do sentenciado.
E tamo conversado.
Polícias incluídas…

Responder

    Jochann Daniel

    09 de julho de 2018 às 12h48

    Faltou incluir
    na equação
    os brasileiros bandidos
    traidores da pátria.
    Entre esses
    se incluem
    soldados rasos
    tais como
    os “comentaristas” da contrainformação
    pagos em dólares
    que se apresentam
    constantemente
    no Cafezinho
    e outros blogs da esquerda.
    Achei bastante “interessantes”
    os “comentários”
    dos abaixo presentes:
    >>> Jefferson
    >>> Brasileiro da Silva
    Vejam aí em baixo

    Responder

maria do carmo

09 de julho de 2018 às 07h15

Descarou a perseguicao ao maior estadista Brasileiro presidente Lula, o verdugo Moro tem o estadista Lula como prisioneiro politico e que apenas ele verdugo Moro decide sobre sua liberdade mesmo Lula sendo inocente e sem provas apoiado pelo Supremo subserviente, que me perdoem os juizes que exercem tao nobre funcao como verdadeiro sacerdocio estamos esperando uma saida honrrosa do judiciario !

Responder

Hell Back

09 de julho de 2018 às 01h10

A classe dominante não tem ódio. O que ela tem são interesses. O ódio ela terceiriza.

Responder

Hell Back

09 de julho de 2018 às 01h09

E AGORA SÓ UMA GUERRA CIVIL PRÁ RESOLVER ESSE IMPASSE.

Responder

Mauro martins

08 de julho de 2018 às 23h13

O caf3zzzzinhhhooo volta pro curso de direito é ao contrario do que vc escreveu. Nao é o moro e o faavvvvreeetttttto. Ele peitou o colegiado e ate o STF e ainda fundamentou na demora do STF. Relata a real. Se soltasse o Lula porque é pre candidato tudo quanto é bandido faria o mesmo

Responder

    Henrique Palhares

    09 de julho de 2018 às 09h06

    ” Se soltasse o Lula porque é pre candidato tudo quanto é bandido faria o mesmo ”
    Mas e o Aecio é bandido ou não ?
    Este episódio no TRF4 só escancarou mais ainda o golpe de estado que foi dado na democracia brasileira. Só não vê isso quem é pro o golpe e muito mal intencionado.

    Responder

Jeferson

08 de julho de 2018 às 20h33

Parece que vcs não entenderam… A ministra disse que um desembargadorzinho não pode mudar uma decisão de um colegiado. Entenderam agora ou vcs querem que eu desenhe???

Responder

    Brasileiro da Silva

    08 de julho de 2018 às 21h21

    Concordo. Mas acho melhor vc desenhar para os ptminions.

    Responder

Ultra Mario

08 de julho de 2018 às 20h12

Espero que agora o Moro finalmente seja colocado no seu devido lugar.

Já chega dessa farra juridica.

Responder

Helena

08 de julho de 2018 às 19h47

Cármem Lúcia: hierarquia foi desrespeitada
Chamada a se pronunciar sobre a confusão sobre quem tem poder para tomar decisões sobre o caso do habeas corpus para soltar Lula, a ministra Cármem Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), disse o seguinte:

“A Justiça é impessoal, sendo garantida a todos os brasileiros a segurança jurídica, direito de todos. O Poder Judiciário tem ritos e recursos próprios, que devem ser respeitados. A democracia brasileira é segura e os órgãos judiciários competentes de cada região devem atuar para garantir que a resposta judicial seja oferecida com rapidez e sem quebra da hierarquia, mas com rigor absoluto das normas vigentes”.

Difícil de entender? Ela ficou no “nem sim, nem não” para resolver a confusão? Há quem entenda assim: já que há no Supremo um pedido de habeas corpus ainda não julgado, o primeiro lugar na hierarquia para examinar o caso é do STF. Logo, o desembargador plantonista não poderia analisar e julgar o habeas.

Responder

    maria do carmo

    09 de julho de 2018 às 07h18

    Com o judiciario e tudo lembram?

    Responder

    Henrique Pato

    09 de julho de 2018 às 08h39

    Os homens dos tribunais mandam na tia Carminha e ela como boa mulher obedece. Ela é um joguete nas mãos de ministros. Completamente manipulável. Depois de amanhã ela já mudou de idéia.

    Responder

    Rita Andreata

    12 de julho de 2018 às 18h48

    Não concedeu o h.c. Mas garantiu a liberdade de Lula até o fim do julgamento, em caráter liminar. E essa ordem foi absolutamente desrespeitada por Moro e desembagrinhos. Sobrepuseram, assim como o STJ, ao que decidiu o STF.Isso vale???

    Responder

Maria Adélia cezaro,

08 de julho de 2018 às 19h36

que este juis Serjo Moro seja preciso
para a caba com a arrogância

Responder

    de Va

    08 de julho de 2018 às 20h33

    Escreve português da próxima vez para ver se a gente entende

    Responder

    Jeferson

    08 de julho de 2018 às 20h45

    Olha o efeito da tal pátria educadora…

    Responder

    Brasileiro da Silva

    08 de julho de 2018 às 21h24

    Vc poderia, por gentileza, me falar em que idioma escreveu? Nem Google tradutor conseguiu identificar.

    Responder

    Jochann Daniel

    09 de julho de 2018 às 12h58

    Ô “Jefferson” e “Brasileiro da Silva”,
    Vocês não entenderam?
    “Maria Adélia”
    é do time de vocês,
    que tão aí firmes no Cafezinho
    em defesa de nossos inimigos
    e do justo juiz Sergio Moro…

    Responder

Márcio Martins

08 de julho de 2018 às 19h33

Até o Clarín argentino usa o argumento partidário para atacar o juiz que deu o habeas…a revolução terá que ser latinoamericana mesmo!

Responder

Jaciara Siqueira coelho

08 de julho de 2018 às 19h31

Pela prisão imediata de Sérgio moro

Responder

    Brasileiro da Silva

    08 de julho de 2018 às 21h25

    Simples. E só vc sair do teclado, entrar com uma ação contra ele e pedir a prisão.

    Responder

      Fabricio

      11 de julho de 2018 às 20h13

      Nao perde tempo Jaciara. Esse pra sair da rota, só explodindo.

      Responder

Valquiria Melo

08 de julho de 2018 às 19h07

Favreto é petista. Ah ta, e o Moro é o quê ?
É muita cara de pau dessa turba.
Alô, alo, alo, cambio, responde. Moro é tucano.
Aécio esta solto e intocavel.
Esse FDP ja devia ter sido exonerado do cargo de juiz.

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com