Ciro Gomes ao vivo na Band

Foto: Mídia Ninja 8 de julho de 2018

Lula continua preso. Veja como os pré-candidatos se posicionaram

Por Miguel do Rosário

08 de julho de 2018 : 23h35

Ao final de várias idas e vindas, a palavra final veio do presidente do TRF4, Thompson Flores. Lula permanece preso em Curitiba. Abaixo, matéria da Carta Capital. Volto em seguida.

***

Na Carta Capital

Thompson Flores, presidente do TRF4, nega liberdade a Lula

por Redação — publicado 08/07/2018 19h52

Ele acompanhou a decisão do desembargador Gebran Neto, que revogou a ordem de soltura expedida por seu colega Rogério Favreto

Thompson Flores, presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, acolheu a decisão de João Pedro Gebran Neto de impedir a libertação do ex-presidente Lula.

Com a decisão do presidente, a determinação do desembargador plantonista Rogério Favreto de libertar o petista é suspensa.

Thompson Flores foi instado a se manifestar após uma guerra de decisões entre Favreto e Gebran Neto. Na manhã deste domingo 7, o primeiro concedeu a liberdade a Lula a partir de um habeas corpus impetrado pelos deputados petistas Wadih Damous, Paulo Teixeira e Paulo Pimenta.

Favreto alegou a existência de um fato novo para libertar Lula, pois o habes corpus mencionava o risco da prisão do ex-presidente para o processo eleitoral. De férias, Sérgio Moro abandonou o descanso e se mobilizou para modificar a decisão. Em despacho, ele se recusou a acatar a ordem de prisão e afirmou que, por orientação de Thompson Flores, pediria esclarecimentos a Gebran Neto, relator do caso de Lula no TRF4.

Gebran Neto recusou a liberdade de Lula e afirmou que Favreto “foi induzido ao erro” pelos deputados petistas. Em nova decisão, publicada às 16h12 deste domingo 7, o desembargador plantonista reafirmou a ordem de soltura e deu o prazo de uma hora para o cumprimento da decisão. A Polícia Federal não atendeu ao pedido.

***

Voltei.

Os pré-candidatos se posicionaram sobre o imbróglio judicial de Lula. Jair Bolsonaro, Marina, Alvaro Dias e Geraldo Alckmin endossaram as decisões anti-Lula do judiciário e atacaram duramente a iniciativa do desembargador Rogério Favreto, de (tentar) libertar Lula.

Guilherme Boulos foi à Curitiba participar das manifestações em favor do ex-presidente e se manifestou generosamente em seus canais. Manuela se manifestou pelas redes sociais. Ciro Gomes fez um texto à noite com sua posição. Os três – cada um a seu jeito – criticaram o autoritarismo e a partidarização do judiciário.

Marina

Geraldo

Álvaro Dias

Jair Bolsonaro

Manuela D’Ávila

Guilherme Boulos

Ciro Gomes

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

58 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Batista Neto

13 de julho de 2018 às 11h03

Vamos combinar, como diria o Paulo Moreira Leite. Os únicos candidatos coerentes com suas posturas são aqueles identificados ao GOLPE. Só eles se manifestam de forma coerente e fiel, que se espera de um integrante da organização política aliada ao Partido do Judi$$iario brasileiro. Aos demais não estaria vedada a participação em entrevistas e apresentações de candidatos à eleição, desde que, cada um deles, antes de se apresentar, cumprisse a obrigação moral de declarar que ali, naquele ato, estava ausente o candidato preferido do eleitorado brasileiro. Só assim teria legitimidade o seu pronunciamento em defesa da sua candidatura, após fazer o reconhecimento do risco de legitimidade que paira sobre todo o pleito em que se propõe a concorrer.

Responder

Jochann Daniel

09 de julho de 2018 às 13h28

Mais uma vez
(tou aguardando
os “comentaristas” profissionais,
defensores de nossos iniimigos,
o “Jefferson” e o “Brasileiro da Silva”
fazerem seus comentários
(pagos em dólares)
a esta nota:

Equação
da Justsssssiai brasileira:
Grandes e poderosos
interesses de dinheiro internacionais >>>>>>>>>>>>>>>>>>
cobiçam nossas riquezas
(principalmente
os trilhões do pré sal).
Com seu imenso poder os GIdrDI >>>>>>>>>>>>>> controlam a Mídia brasileira.
Com seu imenso poder
a serviço dos estrangeiros
(inclusive imprensa marrom
contra os “recalcitrantes”)
a Midia >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>manipula o Judiciário.
Este faz
o que nossos inimigos
querem.
Inclusive sentenciar
culpado
sem nenhum crime
por parte do sentenciado.
E tamo conversado.
Polícias incluídas…

Responder

MARCIO MARCONATO DE CARVALHO

09 de julho de 2018 às 11h30

Fundação Internacional de Direitos Humanos concede à Lula status de preso político. Quem vai dar uma de isentão agora? Quero só ver…
https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/361100/Fundação-Internacional-de-Direitos-Humanos-concede-a-Lula-status-de-preso-político.htm

Responder

Grupo de Juristas Renomados em defesa da Democracia

09 de julho de 2018 às 11h25

Nao acho que Moro deveria ter se posicionado quanto a ordem ilegal do plantonista filiado ao PT. Deveriam apenas ter ignorado e mandando um Zap pro chefe do plantonista. Isso foi o suficiente baixar a bola, e ficar quietinho, como esta agora. Nao precisava deste alvoroco todo, se trata apenas de uma manobra ilegal sem vergonha para tentar desestabilizar o pais. Para os vira-latas vermelhos, quanto pior melhor.

Responder

    Sávio Valença

    09 de julho de 2018 às 12h28

    Todos, o juizeco tucano e os desembargadores fascistas prevaricaram. Nem o tal do Gebran, e nem o tal o Thompson, golpista e filho de golpista, deveriam ter anulado uma decisão legal. Quem deveria fazer isto era o STJ. Vai te catar, falsário.

    Responder

      Pedro Ferrari

      09 de julho de 2018 às 14h03

      por falar em Falsário, o maior deles esta preso em Curitiba a 100 dias… esse desembargador incompetente não tem o poder de mudar uma decisão do colegiado, seu imbecil.. vai ler e te informa..

      REGIMENTO INTERNO do TRF4:
      ***************************************
      PTralha… leia com atenção o Paragrafo Segundo.

      Art. 92. Nos sábados, domingos e feriados, nos dias em que não houver expediente normal, e fora do horário do expediente, haverá plantão no Tribunal, mediante rodízio dos Desembargadores, em escala aprovada pelo Plenário.

      ….§ 2º *O plantão judiciário não se destina à reiteração de pedido já apreciado pelo Tribunal*, inclusive em plantão anterior, nem à sua reconsideração ou reexame, ou à apreciação de solicitação de prorrogação de autorização judicial .

      Responder

stalingrado Lula da Silva

09 de julho de 2018 às 11h05

O gol de placa do PT contra o Partido da Justiça foi sensacional e ainda pegou o Professor de Direito Ciro Jeirissati fazendo malabarismo verbal.
#HaddadNoGovernoLulaNoPoder

Responder

Rafael

09 de julho de 2018 às 10h53

O PT armou uma para pegar Moro e acabou pescando uma “Cireiazinha” oferecida em seu canto já funesto…Ciro, por favor!! Você não é principiante, meu caro! Uma crítica contundente à falência do judiciário brasileiro era quase uma marca a vossa retórica professoral. Pisou nos ovos…

Responder

Bene

09 de julho de 2018 às 10h47

Miguel foi você que tirou o Ciro da toca e escreveu o texto tucano em cima do muro.

Responder

Cesar Saldanha

09 de julho de 2018 às 10h37

O que haveria de esperar nas palavras de Alvaro dias e Alckimim para estes entreguistas quem é o inimigo da Democracia é Lula e o PT. E a a Marina, meu Deus, ainda carrega multidões com a sua lábia enganosa

Responder

Antonio Laurent

09 de julho de 2018 às 10h01

Realmente Miguel, agora voce pisou na bola ao fazer o mesmo jogo em cima do muro que nem seu candidato Ciro. Pior ainda, querem induzir as pessoas a fazerem interpretacões equivocadas do que realmente voces pensam.
Lamentável! Decepção

Responder

Jandui Tupinambás

09 de julho de 2018 às 09h24

Todo este embróglio se não libertou Lula, pelo menos mostrou o carater dos candidatos.

A pior resposta foi, sem dúvida, do Ciro. Afinal, os demais se posicionaram diante de um evento tão importante. Ciro, como um belo tucano de alta plumagem, ficou sobre o muro.

Lamentável, sr. Ciro

E mais lamentável ainda é O Cafezinho que, ao invés de fazer seu papel de jornalista de contra-informação, corroborar com a canalhice da resposta do Ciro.

Responder

Laerthe Jr.

09 de julho de 2018 às 09h22

Miguel: ” a declaração de Ciro foi a mais sóbria e estratégica”. Ai, ai, ai Miguel. Deixa de ser cirominion!
Reconhecer que ele ficou em cima do muro é reconhecer que ele não foi nem sóbrio, nem estrategista. Foi apenas oportunista. O que não impede de você escolher quem quiser e dar essa guinada para o centro. O Ciro pode não ser de direita, mas também não é de esquerda. É simplesmente de centro… direita! Não tenha vergonha de assumir que você virou a casaca!

Responder

Antonio Passos

09 de julho de 2018 às 09h13

O Cafezinho já mostrou muito mais indignação no passado, a respeito desse escândalo judicial contra Lula. Apenas uma observação.

Responder

Henrique Palhares

09 de julho de 2018 às 08h56

Esse juiz de Curitiba acha que vai poder enganar todo mundo o tempo todo. Ciro pensa que o DEM vai apoia- lo.
O Ciro tem que decidir logo se é o candidato da esquerda ou não. Vejo ele muito pendente para a direita.
Quem não sabe o que quer não chega a lugar nenhum. Esse ditado parece ser feito para o Ciro.
Ele é cheio de idas e vindas, transita pela esquerda, mas flerta com a direita e não convence ninguém da esquerda e muito menos da direita.

Responder

    Marcelo Abb

    09 de julho de 2018 às 11h11

    Cômica essa galera xiita petista que saiu do armário em 2018.

    Quando o partido fez acordo com o PMDB, PP, etc, ninguém falou nada.

    Quando o Lula abraçou o Renan em caravana DEPOIS DO GOLPE, ninguém falou nada.

    Quando o PT não fez reforma tributária nem com o Lula e nem com a Dilma, ninguém falou nada.

    Quando o partido não fez regulação da mídia, ninguém falou nada.

    Agora que o partido e o país sofreram um golpe, me vêm uma militância xiita cobrar regulação da mídia, reforma tributária, isolamento partidário, esquerdismo puritano, lula ou nada, etc.

    Pelo amor de Deus, pessoal. Para que está feio!

    O Ciro está fazendo um movimento muito inteligente e sensato, unificando o país. Qual governo, seja de direita ou de esquerda, conseguirá governar sem negociar com as forças de oposição?

    Me alegra ver que o Ciro tem essa capacidade de diálogo, tangenciando o PMDB e o PSDB, os principais patronos do golpe, e chamando forças de centro (PP, PSD, etc), e de direita (DEM), para conversar e unificar o país em torno de uma pacificação e de um novo projeto de desenvolvimento capitaneado por ele, um candidato de centro-esquerda.

    É surreal o que a militância petista está fazendo.

    Vão afundar o país.

    Gostaria que essa minoria xiita petista explicasse o posicionamento de importantes líderes e governadores do partido, que são favoráveis à união com Ciro, como Camilo, Rui Costa, Jaques Wagner, etc.

    Gostaria que me explicassem como as pesquisas que avaliam quem deve ser o candidato apoiado por lula, caso o mesmo não possa ser candidato, apontam Ciro gomes na liderança isolada, à frente de Haddad e qualquer outro petista.

    Acordem pessoal!!

    SÓ A UNIÃO VAI NOS TIRAR DO BURACO!!!!!!!!!!!!

    SÓ A UNIÃO VAI AJUDAR O LULA!!!!

    Um candidato do PT que não seja o Lula vai perder no segundo turno, por causa da doença do anti-petismo, legitimando o golpe no voto, ou pior, elegendo um fascista tosco e despreparado.

    Um candidato do PT, mesmo que seja eleito, não governará! A mídia não vai deixar, a justiça tampouco, os partidos de oposição idem!

    Acordem!

    União em torno de Ciro, um nome do campo progressista, preparado e com ideias mais à esquerda do que as do PT. Ganhamos as eleições, pacificamos o país, enfrentamos o golpe e, em 2022, com o país controlado, o PT pode lançar o seu candidato e seja lá o que Deus e o povo quiserem!!

    Responder

      Stalingrado Lula da Silva

      09 de julho de 2018 às 13h41

      Bobinho.
      Quantos votos tem Cir Jeirissati, o Prof. de Direito?
      Se a questão fosse simplemente ter propostas mais a esquerda de Lula, votaríamos no PCO.
      Há uma coisa chamada luta política e isso o PT está fazendo com maestria enquanto o Prof. Ciro Jeirissati tegiversa.
      O PT errou muito durantes seus governos, mas acertou muito mais que errou. Não foi à toa que sofreu um golpe. O Prof. de Direito, Ciro Jeirissati pode explicar que foi um golpe, certo? Ou foi um processo juridicamente imaculado?

      #HaddadNoGovernoLulaNoPoder.

      Responder

stalingrado Lula da Silva

09 de julho de 2018 às 08h46

Quer dizer, Miguel, que Lula tem um ‘imbroglio’ judicial, não é uma perseguição política?
Manuela é Boulos, como sempre declararam explicitamente que são contra a perseguição a Lula .
#HaddadNoGovernoLulaNoPoder

Responder

Mané

09 de julho de 2018 às 08h45

Anões ,baixinhos usam cadeiras ,caixotes ,banquinhos para alcançar o seu objetivo . O Ciro usa o MURO !!!

Responder

Dio

09 de julho de 2018 às 08h29

O muro

O muro já foi um dos protagonistas da política brasileira. Usado por anos por partidos oportunistas, é verdade, ele supostamente garantiria liberdade de trânsito em qualquer grupo.
Porém, um desses partidos avaliou mal o peso do muro e não percebeu que não daria para levá-lo a uma campanha eleitoral, resultando em terra derrota.
Veio o golpe, e com ele o muro foi bombardeado. Não há mais muro. Os poucos que tentaram se equilibrar caíram de seus escombros. Quase sempre do lado golpista. A exceção veio de raposas velhas, experientes, conseguem observar as mudanças da maré é garantir a sobrevivência.
Quando todos estavam se afastando cada vez mais dos escombros do muro, surge inesperadamente do lado progressista alguém disposto a reconstruí-lo. Coloca-se uma pedrinha aqui, outra acolá, está frágil, difícil encontrar cola…
O que pretende? Dizem que quer se tornar o rei do muro e do seu alto governar a todos…

Responder

Wilton Santos

09 de julho de 2018 às 08h12

O Ciro tem uma capacidade única de falar muito e não dizer absolutamente nada. É um verdadeiro gênio do sofisma. Enquanto isso ele vai engabelando os ingênuos úteis.

Responder

    Ricardo JC

    09 de julho de 2018 às 08h16

    Só posso apludir o seu comentário. Certamente, eu não conseguiria expressar de maneira tão clara o que penso. Se ainda havia alguma possibilidade de votar em Ciro, em uma eventual situação de emergência, ela se foi ontem (ou hoje..sei lá…demorou tanto para se (não) expressar que nem sei mais quando foi). Este episódio deixou claro a quem serve Ciro.

    Responder

vezin

09 de julho de 2018 às 07h42

A resposta de Ciro é PIOR que de Marina, Geraldo, Jair e companhia… Me responde Miguel: porque Ciro não consegue se pronunciar CLARAMENTE sobre o absurdo que ocorreu ontem?

Responder

Benoit

09 de julho de 2018 às 07h25

O Lula é o preso pessoal do moro. Foi através da prisão dele que o moro ganhou o prestígio, foi ela que justificou as homenagens e os prémios que recebeu e por isso ele tem um interesse pessoal de natureza patológica, além do interesse ideológico, em manter o Lula preso. O Lula não foi submetido a um julgamento, mas sim a um ritual próprio do juiz moro com o fim de o mandar para a prisão. É por isso que ele agora faz tudo para que o Lula continue na prisão. Onde quer que ele esteja, se ele ouvir que há qualquer medida para libertar o Lula, ele vai se mobilizar, intervir, agir para manter o Lula preso. Para isso ele conta com a cumplicidade de outros juizes baseada em laços pessoais e ideológicos de gente fraca, submissa que tomam o moro como lider, mesmo juizes bem acima na hierarquia judicial. Mas há também outras figuras com um ar sinistro. O resultado é que o julgamento contra o Lula (não é o julgamento do Lula) foi agora totalmente e abertamente desacreditado. Há disputas dentro do judiciário e dentro do setor legal acerca do julgamento. O julgamento foi um julgamento político e por isso as disputas agora são políticas, sendo que um lado da disputa quer manter a correção da justiça ao passo que o outro lado quer instrumentalizar politicamente a justiça. Não há mais como manter o julgamento do Lula. A única decisão que resgataria a justiça e restabeleceria o espírito de um Estado de direito no Brasil seria anular e cancelar todos os julgamentos do Lula reconhecendo as falhas da justiça e o fato de que não há mais condições de qualquer processo contra ele no Brasil.

Responder

Alan Cepile

09 de julho de 2018 às 07h12

Nada de novo, a ala golpista (marina, alcmin e o zé ninguém do podemos) a favor do golpe e a ala da esquerda (ciro, manuela e boulos) contra.

Responder

    Dio

    09 de julho de 2018 às 07h25

    Errado:
    a ala golpista (marina, alcmin e o zé ninguém do podemos) a favor do golpe e a ala da esqueda, (manuela e boulos) contra e a ala do “deixa disso” (ciro), em cima do muro.

    Responder

      Alan Cepile

      09 de julho de 2018 às 08h40

      Isso não passa de uma infantilidade, eu não gosto do Bolsonaro, nem por isso fico falando que ele é de esquerda só pra tentar atingi-lo, isso é uma perda de tempo sem igual e não acrescenta nada.
      Que tal vc falar do seu candidato? Quem seria? Qual o plano de governo dele? Tem??? Hum….

      Responder

        Dio

        09 de julho de 2018 às 09h27

        Isso se chama exposição de fatos. Ou, melhor, correção de fatos expostos.
        Precisei fazer essa correção pq vc ingenuinamente quis fazer uma falsa generalização, então apontei as diferenças.
        Quanto a plano de governo…
        Pelo q eu saiba, esse post fala da queda de máscara do judiciário do golpe, não sobre discussão sobre planos de governo…

        Responder

    Jandui Tupinambás

    09 de julho de 2018 às 10h33

    Cepile,

    deixa de ser infantil. Com base em que você inclui Ciro “Contra” se ele fez uma declaração dizendo nada com nada?
    E ao dizer nada com nada, está dizendo muito. Afinal, não se posicionar em momento tão crítico é, na verdade, ficar do lado do Golpe. De forma covarde.

    Ou não

    Responder

Alberto Jorge

09 de julho de 2018 às 06h13

Ciro Gomes vacila novamente com essa notinha ao apagar da luzes…

Melhor assim, pois escancara a ausência de compromissos com a liberdade de Lula e a volta do Estado Democrático de Direito no nosso país.

Siga seu caminho Ciro….

Responder

Fernandes

09 de julho de 2018 às 03h59

Parabéns aos 3 Deputados Federais do PT , provaram que estamos em um golpe judiciário com a omissão do STF , a estratégica foi perfeita mesmo que continue preso foi um passo importante para a libertação do Presidente Lula , aguardemos o futuro !

Responder

    Jorge

    09 de julho de 2018 às 11h37

    A volta dos três patetas… kkkk

    Responder

Grupo de Juristas Renomados em defesa da Democracia

09 de julho de 2018 às 03h22

O desembargador plantonista filiado ao PT tentou criar uma crise juridica que benificiaria o Lula, mas a tentatva foi tao patética que em poucas horas foi resolvida e o plantonista deve que se calar, e corre risco de perder o cargo por desafiar uma decisao julgada no STF.
Em uma semana o caso ja estará esquecido. O proximo governo deve urgentemente criar leis para evitar esse tipo de aberracao, onde um mal intencionado de plantao pode anular uma decisao ja julgada em 3 instancias, absurdo.

Responder

    Benoit

    09 de julho de 2018 às 07h32

    Com certeza voce não é nem um jurista, nem renomado, nem a favor da democracia, nem um grupo. No máximo o juiz de plantão Favreto poderia ter cometido um erro jurídico, mas isso não acarreta nenhuma consequência. Se há um erro, uma outra instância pode corrigir o erro, ou não. Os juizes políticos contra o Lula, por outro lado, vêm cometendo abusos seriais da justiça, agindo contra a constituição, desrespeitando leis, cometendo atos ilegais. Isso sim precisa ter consequências jurídicas e políticas.

    Responder

Patrice L

09 de julho de 2018 às 03h16

Ciro, com sua manifestação pífia, reconfirma que tem a prisão do Lula como pedra angular do seu cálculo eleitoral para chegar ao Planalto. Indigno. Abjeto.

Ao nivelar os vários atos de ontem, como se fossem todos igualmente inconvenientes, deslegitimou o cumprimento – que importa se por um juiz de passado petista – da Constituição.

É isso. Jogou na vala comum, esquecendo calculadamente de dizer que o outro lado – de notórios vínculos com antipetistas de toda ordem – pisa na Constituição. Pisa nos ritos e procedimentos do devido processo legal.

Alguém precisa avisar ao Ciro que ontem tratou-se de movimentos contrários, que ontem estiveram em jogo o respeito e o desrespeito ao Estado Democrático de Direito, e não atentados iguais a este último.

Quanto à questão da antiga filiação partidária do Favreto, a direita não tem moral alguma para criticá-la. Até porque não há razão para isso. Assistimos à tentativa de se cumprir a Constituição.

Um jurista recentemente postou que, com sinais trocados, estamos em um tempo tenebroso em que é feio cumprir a Carta e é digno de aplauso descumprí-la. Conforme as conveniências políticas.

Nem alegue-se a questão da isenção. Quem não a tem é a tal da Lava Jato. Isso é facilmente verificável nos posts antipetistas histéricos que familiares, amigos e fãs dos oficiais lavajateiros, quando não eles próprios, publicam nas redes sociais.

Quase 100% deles tinham e tem links para, por exemplo, Aécio e Bolsonaro. Além do Moro, é claro. É fato. O marido da chefe de gabinete do ditador Thompson do TRF4 é, entre outros tantos, seguidor do Bolsonaro. Para quem não se lembra, na véspera do julgamento do Lula ela conclamou o tribunal a prender o ex-presidente.

Um julgamento em que valeu o golpe esperto de que, se os fatos estão a contrariar a versão, danem-se os fatos. À versão! Aversão aos fatos. Para prenderem ilegalmente, porque nem crime há, o Lula.

Responder

    Miguel do Rosário

    09 de julho de 2018 às 08h54

    Não exagera, Patrice. Acho insanidade que o PT, diante de um golpe desse volume, decida se isolar ainda mais. Ciro é um candidato com chance de poder, tem de falar também aos eleitores que não votam em Lula. Foi cuidadoso, mas deixou claro, a meu ver, a sua posição, contra a partidarização da justiça, o autoritarismo e o fascismo. Um pouco de inteligência estratrégica não faria mal ao PT, até porque os dirigentes e candidatos do PT jamais se posicionaram em relação aos imbróglios judiciais de seus pares nas três eleições presidenciais anteriores: 2006, 2010 e 2014, quando já era evidente que a justiça tomava partido.

    Responder

      Mario Nobre

      09 de julho de 2018 às 09h21

      Na boa MIguel, vc elogiar a manifestação do Ciro chega a ser risível. Ele só se manifestou pelo Facebook, deve ser porque durante o dia estava em um churrascão com o Pauderney Avelino, com o grampinho, com o César Mais, Rodrigo Maia, Agripino Maia, Eduardo Paes, todos do DEM, pedindo desculpa por te-los ofendido algum dia. Ciro está sendo covarde, canalha e falsiane, não terá meu voto nem que o Lula vem me pedir pessoalmente, olha que fui, até final do ano passado, um dos maiores defensores do Ciro e achava que era a hora dele para ser o candidato da essquerda, hj tenho a impressão que ele está se tornando um quase Temer na sua obcessão para tentar assumir a presidência.

      Responder

      Rafael

      09 de julho de 2018 às 10h39

      Ciro ficou em cima da muralha da China dessa vez, pela amor de Deus…bastava seguir a linha de um Lênio Streck, por exemplo..não podemos relativizar Ciro em um centímetro sequer! Que decepção!

      Responder

Francisco

09 de julho de 2018 às 02h23

Enquanto o desembargador Favreto, corajosamente, implode de vez a jurídica-midiática farsa Lavajateira, obrigando golpistas a se exporem em pelo, Ciro manifesta-se na undécima hora, como quem ‘espertamente’ pretende eleger-se com um pé em cada canoa, um na dos golpistas, o outro na dos democráticos progressistas.
Está na cara que, pela terceira vez, restará pelo caminho, agora, molhado, acompanhado e sem saber pra que margem nadar para recuperar-se do mergulho.
Que sina!

Responder

gN

09 de julho de 2018 às 01h51

Me desculpa, mas q tentativa mais tosca de soltar o Lula! Fato novo a pré-candidatura do Lula??? Fala sério…

Responder

    Benoit

    09 de julho de 2018 às 07h33

    O fato pode não ser novo em si, mas ele não foi considerado judicialmente até agora, por isso ele é um fato novo.

    Responder

      gN

      09 de julho de 2018 às 08h02

      Nada disso, já foi arguido pela defesa do Lula previamente! Tentativa tosca

      Responder

    Batista Neto

    13 de julho de 2018 às 10h52

    Constitui FATO NOVO, sim, a lesão ao direito do apenado de exercer os seus direitos políticos e apresentar suas opiniões, afinadas com a imensa maioria do eleitorado brasileiro, imposta pela suposta juíza da instrução penal, na forma de proibição de sua participação em entrevistas com o candidato arbitrariamente preso, requeridas por diversos órgãos de imprensa, em restrição imposta pela dona Lebbos. O HC se presta a exatamente a finalidade de impedir a lesão ou ameaça de lesão a direitos constitucionais do indivíduo.

    Responder

Adma

09 de julho de 2018 às 01h39

Ciro foi escorregadio e ficou em cima do muro o tempo todo.

Responder

    Adma

    09 de julho de 2018 às 01h42

    ” É preciso que todos ponham a mão na consciência e reflitam sobre seus atos”. Blá blá blá. Não disse nada que se aproveite. Se posicione, Ciro!

    Responder

    ari

    09 de julho de 2018 às 05h24

    O conhecido “não f…nem sai de cima”. Esperar o que desse cidadão?

    Responder

JOAO BATISTA

09 de julho de 2018 às 01h35

Kd o texto do Ciro?
Não está aí em cima.

Responder

    Alan Cepile

    09 de julho de 2018 às 08h42

    Clique em “ver mais” que abre a nota dele no facebook.

    Responder

Francisco de Assis

09 de julho de 2018 às 00h58

Meio desonesto o blog equiparar as atitudes de Boulos e Manuela com essa nota do Ciro, não? Principalmente quando lemos aqui que ‘Ciro Gomes sempre reafirma considerar injusta a condenação (e prisão) de Lula’. Quando um juiz, afinal, considera a ‘injusta a prisão de Lula’ e determina sua libertação, Ciro Gomes tira a máscara e dá uma de isentão, com uma nota pra lá de escrota.

– – – – – – – – – – –
NOTA COMPLETA DO CIRO GOMES: “Há muito tempo venho denunciando que o Brasil vive uma grave crise institucional que coloca em risco o Estado Democrático de Direito. O episódio que acompanhamos hoje de disputas de liminares sobre a soltura ou manutenção da prisão do ex-presidente Lula, é mais um capítulo triste para a nossa história recente. Uma crise no Judiciário contribui para elevar ainda mais a desconfiança da população nas instituições e na própria Democracia. Como advogado e professor de direito constitucional, me assusta ver que magistrados estão agindo de forma que se permita colocar em dúvida sua isenção e imparcialidade. É preciso, mais do que nunca, que todos coloquem a mão na consciência e reflitam sobre seus atos. Se ficarmos assistindo a tudo isso sem um mínimo de autocrítica, poderemos ver a crise brasileira semear o que há de pior: o autoritarismo e o fascismo.”

Responder

    Miguel do Rosário

    09 de julho de 2018 às 08h56

    Francisco, é muito importante que a esquerda lulista não se isole, que saiba construir pontes com outros setores, inclusive com setores que não gostam de Lula. É a única maneira de sairmos desse buraco. Neste sentido, acho que a declaração de Ciro foi a mais sóbria e estratégica.

    Responder

      Francisco de Assis

      09 de julho de 2018 às 09h26

      Quando policiais e juízes desobedecem uma ordem judicial, ou seja, quando atuam como criminosos, não é necessário denunciar isto? Principalmente por um candidato que enche a boca na própria nota para dizer que é ‘advogado e professor constitucional’? Que bosta de professor constitucional é essa? Que ‘ponte’ é essa que ele quer manter com outros setores? Que setores são esses que não o dos fascistas, que batem palmas para policiais e juízes criminosos? Tenha dó.

      Por que meu comentário ficou em moderação (censura prévia)? O que tem no meu comentário para ficar em moderação (censura prévia)? Por que continuo sob censura prévia nesse blog, QUE NÃO ESTÁ ADMITINDO MINHAS OPINIÕES CONTRÁRIAS? Não tolero censura à minha opinião, o que sistematicamente tem ocorrido neste blog. E estranho muito que você, tendo construído uma reputação como combatente de esquerda, esteja agora enviesando tudo para apoiar um candidato, de forma tão desesperada, como, por exemplo, fez neste post, e como está fazendo, diuturnamente, na sua campanha negativa contra a candidatura de Lula.

      Responder

        Miguel do Rosário

        09 de julho de 2018 às 09h55

        Francisco, calma. O seu comentário fico sob moderação automaticamente, por causa de alguma palavra usada. O blog não censura ninguém! E não estou fazendo nenhuma “campanha” contra a candidatura de Lula. Só não é mais meu candidato, porque não vou apostar minhas energias num candidato que pode ser cassado a qualquer momento por um judiciário profundamente conservador e autoritário.

        Responder

          Jonas Carvalho

          11 de julho de 2018 às 20h01

          Miguel, a decisão politica do PT de manter a candidatura de Lula “in extremis” esta compatível não so com a vontade do seu eleitorado (mais de 30% segundo as pesquisas,provavelmente mais que isto) mas também com a necessidade de confrontar “in extremis” o Golpe de 2016, obrigando o Poder Judiciário a sair de cima do muro: se negar o direito de Lula se candidatar , nos termos do art.26C da Lei Complementar 64/90,o Judiciário estarah desmoralizado e a eleição sem
          Lula sera uma farsa, sem legitimidade alguma e o governo que dela sair também não terah legitimidade.O PT esta agindo politicamente correto. Nao ha outra opção quanto a eleição para Presidente. O Ciro deveria apoiar o Lula e procura-lo para coligar com o PT e formar uma chapa ,sendo vice com ele. Na impugnação de Lula,Ciro passaria a cabeça de chapa e venceria a eleição.

          Responder

      Rafael

      09 de julho de 2018 às 10h43

      Que pontes???Os caras tem de 30 a 35% com Lula preso…quem tem de quebrar a cabeça é o Winston Ciro Churchill Gomes e sua tríade…

      Responder

Gerson

09 de julho de 2018 às 00h35

Caíram todas as máscaras do judiciário.
Para quem tinha alguma dúvida, hoje não tem mais,
Lula esta sequestrado.

Responder

Dio

09 de julho de 2018 às 00h22

Todos os pré- candidatos se posicionaram em um dos lados do imbróglio, todos menos um. Surpreendentemente, marina silva não disse obviedades q não dizem coisa alguma, esse lugar ficou para ciro que se ensaboou todo e escorregou e bateu a cara no muro no qual queria ficar.

Responder

    Ultra Mario

    09 de julho de 2018 às 01h10

    Ou lhe falta a competência intelectual para entender o que o Ciro escreveu.

    Responder

      Mario Nobre

      09 de julho de 2018 às 09h25

      Xará, acho que falta competência intelectual inclusive para vc para entender o que Ciro escreveu, acho que falta até para o Ciro também, faz tempo que não vejo alguém escrever uma coisa que não diz absolutamente porra nenhuma, mais isentão impossível. rsrsrsr

      Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com