Debate entre presidenciáveis na RedeTV! 22 horas

Hangout ao vivo: Renato Rovai e Miguel do Rosário conversam sobre eleições, às 21 h

Por Miguel do Rosário

08 de agosto de 2018 : 19h46

Às 21 horas, eu e o Renato Rovai, da Fórum, vamos bater um papo ao vivo sobre as eleições deste ano. O Rovai pensou em relembrar o cenário de 1989 e outras eleições, para fazermos comparações com o momento atual e tentarmos nos aventurar em algumas especulações para o futuro.

Vou dar o link exato por aqui um pouco antes, mas você pode encontrar por si mesmo no canal da Forum no youtube.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Diego Baptista

09 de agosto de 2018 às 19h54

Parabéns pela participação, Miguel!

Muito boas suas considerações, ainda mais num campo que domina tão bem, como é o das pesquisas eleitorais. Força e coragem aí! E você precisa fazer mais lives de análises, comentários e entrevistas pelo seu canal.

Responder

Historiador

09 de agosto de 2018 às 08h32

Os políticos e os analistas de política no Brasil são ótimos, conseguem ter uma boa leitura do passado, mas péssima do presente. Ciro queria ser Macron, faz-me rir kkkkkkkkkkkkkk….

Buscam modelos no exterior, mas são preguiçosos, é só gogó e superficialidades. Nossa esquerda é muito amadora, ninguém tem uma equipe pra ir lá olhar o que fizeram, o que funcionou, o que deu errado. Só querem saber de “tempo de televisão”, isso em 2018, que piada!

Macron, com pelo menos um ano e meio de antecedência fez um enorme trabalho de campo, de organização da militância, de estratégia digital, ao mesmo tempo em que garantiu apoio na parte de cima cima, com os donos do poder.

No Brasil, tirando o PT histórico, ninguém trabalha a base, somente o topo. Ninguém quer fazer o trabalho pesado. Ninguém sabe trabalhar a parte digital e a juventude, só o Bolsonaro. Que horror!

Essas eleições prometem!

Abraços

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com