Debate entre presidenciáveis na RedeTV! 22 horas

Presidenciáveis participam de debate ao vivo

Por Miguel do Rosário

08 de agosto de 2018 : 20h20

Hoje aconteceram os seguintes debates:

📆 Dia 08/agosto

17h30 – Abertura com Roberto Sallouti, CEO do BTG Pactual
17h45 – Geraldo Alckmin (PSDB)
18h30 – Alvaro Dias (Podemos)
19h15 – Ciro Gomes (PDT)
20h00 – Henrique Meirelles (MDB)

Amanhã teremos:

📆 Dia 09/agosto

09h00 – Abertura com Roberto Sallouti, CEO do BTG Pactual
09h10 – Fernando Haddad (PT, Representante do Partido)
09h55 – João Amoêdo (Novo)
10h40 – Painel de encerramento com ministro Nelson Jobim, Bolívar Lamounier, Murillo Aragão e Carlos Andreazza

Jair Bolsonaro e Marina foram convidados mas recusaram a participação.

O debate de hoje pode ser assistido no vídeo abaixo:

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

13 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Arthur

09 de agosto de 2018 às 10h04

Debate promovido para ouvir os neoliberais falarem de privatizações, PPP.
Ou seja estado minimo e a continua destruição do pais pelas políticas do vende pátria do PSDB/MDB/CENTRÃO;
Canalhas,.Canalhas,.Canalhas.

Responder

Alan Cepile

09 de agosto de 2018 às 10h00

Duas coisas:

Ciro, como sempre, muito bem, muito firme, papo reto, é DISPARADO o melhor.

Já Alckmin foi simplesmente nojenta a reação bajuladora da platéia com ele, com palmas e risadas pra qualquer coisa, é o candidato da máquina, pra mim o mais perigoso.

Responder

    Alan Cepile

    09 de agosto de 2018 às 10h28

    Complementando:

    Álvaro Dias nem vi, não faz a menor diferença.

    Alckmin é de uma chatice suprema, nunca fala o que vai fazer e como, só fala o que deve ser feito ou mudado, é de uma superficialidade mentirosa irritante.

    Meirelles gastou 10 minutos da introdução pra falar de currículo e do que fez no passado, completamente sem noção!

    Mas sabem pq Alckmin e Meirelles não falam objetivamente? Pq o golpismo está tão seguro de si que pra eles falar objetivamente é algo absolutamente sem importância, pra eles o povo é somente um mero detalhe. Parece que para o golpismo, e o baronato detentor dos privilégios, a eleição é apenas um detalhe para cumprir tabela, é como se o time do golpe já tenha sido campeão por antecipação e falta o último jogo que não vai mudar nada pq o golpismo irá continuar, mas com um detalhe importante, agora chancelado por uma eleição.

    Responder

henrique de oliveira

09 de agosto de 2018 às 09h08

Sem LULA isso vai ser conversa de compadres , tô fora tenho TV a cabo e Netflix.

Responder

João do Grão

09 de agosto de 2018 às 06h00

“Debate” sem Lula é conversa de bêbados no final de farra

O dono/donos da Band, exatamente como os donos da Globo, fingem que estão interessados em discutir a destruição do Brasil, destruição esta promovida pelo golpe jurídico-parlamentar-midiático defendido e estimulado ao extremo pelas redes de televisão que ora fingem promover um “debate sério” sobre os escombros (atenção revisor, a palavra é mesmo sobre) do país. Serão 8 candidatos, mas sem a presença daquele que disparadamente se encontra em primeiro lugar em todas as pesquisas de intenção de votos e que não participará porque, para o grupo Bandeirantes, LULA aparentemente não tem o que dizer por ter sido “condenado pela justi$$a braZileira”, ou melhor, pelo juiz Sérgio Moro, recentemente desmoralizado por irresponsabilidade na sua relação com a INTERPOL.

Será mais um espetáculo patético como todos aqueles “debates” manipulados pelas regras da casa e pelos candidatos que tentam geralmente isolar os dois concorrentes com maiores chances de chegarem ao segundo turno, principalmente numa eleição fraudulenta como esta de 2018.

No caso de Bolsonaro, talvez todos queiram tirar uma casquinha da reconhecida incapacidade intelectual do candidato e talvez momentos hilariantes sejam gerados pelas suas respostas imbecilizantes.

Tirando o lado jocoso do espetáculo, no final não sobrará absolutamente nada que permita ao telespectador avaliar qual o candidato dos seus sonhos. A cadeira vazia onde LULA deveria sentar terá uma importância simbólica muito maior do que as acaloradas investidas e a postura profissional de BOECHATO, e mais importância do que a participação de todos os outros candidatos juntos.

Eu não me espantaria se o moderador tentasse colocar o Alckmin numa redoma de vidro daquelas onde geralmente a gente preserva o SANTO de nossa predileção

E no final do “debate”, todos os espectadores irão dormir com seus pesadelos como se tivessem acabado de ver um filme de terror.

Ou colocam LULA no páreo ou eu me nego a ver qualquer um desses “debates”, porque “debate” sem LULA é conversa de bêbados em final de farra.

Responder

    Justiceiro

    09 de agosto de 2018 às 08h58

    A BAND convidou. Não é problema dela Lula tá preso.
    Simples assim.
    Mas você tem plano A e plano B

    plano A = Alckimin
    plano B = Bolsonaro.

    Escolha um e vote feliz.

    Responder

      André Romero

      09 de agosto de 2018 às 11h31

      Justiceiro, não adianta falar com esses caras.
      Eles só cairão em si da m* que fizeram em outubro. E pode ter certeza de que muitos ainda arrumarão as mais diversas desculpas ou atribuirão seu insucesso à outros, nunca deles mesmos. Abraços.

      Responder

    degas

    09 de agosto de 2018 às 09h22

    Acho que não lhe informaram, mas condenados em segunda instância, como esse tal Lula, não podem concorrer.

    Responder

assim falou Golbery

09 de agosto de 2018 às 03h21

o todos os demais já deveria ter feito era pedir uma intervenção da ONU para investigar essa tal Lava Jato; o que tinha que ser para destruir de vez o petismo, fez é com que ficasse imbatível ao ponto de ter dois candidatos na ponta

Responder

    Justiceiro

    09 de agosto de 2018 às 08h54

    HAHAHAHAHAHAHAHA

    Mas tem cada doido…pedir intervenção da ONU. Passem vergonha, petistas! Um de vocês quer intervenção da ONU.

    Responder

asd

09 de agosto de 2018 às 00h23

Ciro deu o recado no olho do furacão.

Nada muda na colônia sem o carimbo da elite

Lula foi eleito porque a elite já tinha sofrido o Collor, e era uma elite mais progressista.

Na colônia o povo faz barulho mas é a elite quem bate o carimbo.

Responder

Nildo

08 de agosto de 2018 às 20h37

Debate promovido por banqueiros.
Sai prá lá, to fora.

Responder

    Ultra Mario

    09 de agosto de 2018 às 00h34

    Agora entendí porque o Ciro precisava ficar explicando as coisas como se estivessem falando com garotos da 5a série.

    Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com