Entrevista de Haddad ao SBT

Um fenômeno incrível

Por Miguel do Rosário

30 de setembro de 2018 : 11h55

Por Gustavo Castañon

Passei as últimas horas vendo vídeos, fotos e depoimentos sobre as manifestações de hoje.

Até então, muito temia esse movimento por colocar centralidade na figura de Bolsonaro, transformando a eleição num plebiscito sobre ele.

Temia mais ainda que fosse um movimento de caráter reduzido e limitado a um público tradicional de esquerda identitária.

O efeito teria sido alimentar a candidatura do monstro.

Mas o que vi em todo país pela telinha do PC, porque não fui as ruas hoje, foi algo inédito.

Nunca tive paciência para discurso sexista mas hoje tenho que dizer que as mulheres brasileiras são realmente a única esperança desse país.

O movimento que elas causaram é comovente e impressionante. É a primeira vez que elas realmente criam, lideram e dão a estética de um movimento de massas e movem as placas tectônicas da política nacional.

Nunca jamais se viu nesse país manifestações tão gigantescas contra um candidato a presidente.

Não sei se o movimento de hoje consegue impedir a vitória de Bolsonaro.

Mas ele, juntamente com a rejeição astronômica do monstro, certamente acendeu a luz vermelha na elite brasileira.

Hoje acredito que ela entendeu que a curto prazo a aposta em Bolsonaro enterrará de vez a direita nacional.

E que ele não terá qualquer condição de governabilidade.

Os pseudo-iluministas da Rede Globo devem estar sofrendo uma pressão interna e internacional imensa. Não haverá como justificar internacionalmente o país sendo governado por uma aberração moral como Bolsonaro.

Muito menos uma ditadura liderada com ele com o maior líder popular do Brasil encarcerado.

As FFAA devem estar hoje também chocadas. Bolsonaro arrastará a imagem da instituição para a lama.

O mercado vai precificar as manifestações monstro. Já não bastasse a insegurança com a instabilidade de Mourão e do apoio a Paulo Guedes, descobrem estar com uma bomba nas mãos.

O Brasil disse hoje que não vai entregar a democracia assim de mão beijada, não.

E disse através das vozes de mães e meninas.

Milhões de pessoas que estavam aterrorizadas com o fascismo por sua orientação sexual, gênero, posição política ou condição social agora não se sentem mais sozinhas, a voz que tinha sido roubada delas pelo medo saiu como um grito de alegria e liberdade.

P, isso é emocionante pra C.

Obrigado.
Muito obrigado.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

37 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Hudson

03 de outubro de 2018 às 11h14

Bolorasno votou a favor da entrega da Base de Alcântara aos EUA e contra pessoas com deficiência (Lei Brasileira de Inclusão (LBI)).

É entreguista e desumano.

Responder

Deusdedit Leal da Silva

01 de outubro de 2018 às 12h14

PARA QUEM DEVO RESPONDER EM RELAÇÃO AO ARTIGO EM SI? GUSTAVO OU PARA O MIGUEL?UM FENÔMENO INCRÍVEL ESTE BOLSONARO? Eu não sei a que ponto chegamos. Em relação a politica brasileira?
Tem cabimento, não entendi o que tem haver os protesto das mulheres ele não! Gustavo eu te pergunto em que pode atrapalhar a governabilidade do Bolsonaro Presidente? Teve sim uma manifestação contra ele sim, – eu te pergunto e as manifestações em favor , e dentre elas milhões de mulheres mães de família com seus maridos genros e filhos?Qual será o resultado de tudo isto?. Se as mulheres ele-não preferem as aberrações da esquerda marxista blz . Só que a maioria das demais mulheres , ele sim , com respeito a família ao filhos e a soberania nacional , são ela que estão com Bolsonaro. Portanto o fenômeno vai dar de lavada em todos os sentidos , no voto na moralidade e na governabilidade.Agora eu pergunto Miguel porque tanta mentira em relação ao Bolsonaro? Onde estavam estas mesmas mulheres que se intitularam defensoras da moral e dos bons costumes?. Em quando o pt e os seus assecla roubavam a nação distribuindo nossas riquezas para aliados comunistas e ditadores.Em momento algum ela apareceram para defenderem e brigarem contra o Lula
que escrachou as mulheres ao chama-las de grelo duro?. E ao mesmo tempo milhões de mulheres apoiadoras do Bolsonaro, que não acreditou em momento algum que ele seja a pessoa que foi taxado por Maria do Rosário de homofóbico. Não tem nada haver com os fundamentos da família que respeitam a igreja a escola sem partido. que não concordam com o kit Gay nas escolas. Estas mulheres que defende o Bolsonaro são pessoas que busca uma vida melhor para todos independente do sexo ou ideologia. Gustavo é bom já ir se acostumando-o.
Ao meu ver Miguel você deveria da uma busca nas pesquisas e nos trazer a verdade , não ficar em cima do muro. O Brasil vai ficar eternamente devendo um grande favor para o Jair Bollsonaro, ao nos livrarmos desta conspiração das Américas. Respeito sim uma esquerda que ideologística que busca o seu lugar no senário da politica nacional. Agora querer tomar o país na mão grande como eles estão propagando? Isto não. Este não é o país que queremos . Ajudai o Miguel!!!

Responder

    Hudson

    02 de outubro de 2018 às 14h29

    É uma hipocrisia gigante dizer que esses milicos que odeiam mulheres e querem extinguir todos os direitos humanos, em especial os trabalhistas (vide “plano de governo” do coiso e as falas do gen. A.H.Tôco) sejam “a favor das famílias”.

    Bolorasno não é a favor de nenhuma família que não a dele, que vem enriquecendo de maneira suspeita.

    Ele promete fazer o mesmo que Temer, porém “mais rápido”. Isto é: ferrar as pessoas que trabalham e entregar todas as riquezas do Brasil aos saqueadores estrangeiros.

    Vote 12,5 (Ciraddad) contra os coisos neonazistas.

    Responder

    Hudson

    02 de outubro de 2018 às 14h56

    “Em que [o movimento das mulheres] pode atrapalhar a governabilidade do Bolsonaro Presidente?”

    Boa pergunta!

    Uma resposta é que, se o coiso chegar ao poder, as mulheres serão protagonistas na resistência contra o desmanche (econômico e social) das famílias, proposto pelos coisos.

    Não há como negar que o Coiso disse e redisse barbaridades contra mulheres, assim como o fez o vice (gen.Tôco).

    Contra gays, então, sobram palavras discriminatórias e incitação a violência. Ele tem alguma fixação…

    Também agrediu verbalmente e prometeu perseguir negros e indígenas. Tomar suas terras e doar para grileiros (invasores) e latifundiários (aos quais prometeu entregar um superministério).

    E dar carta branca para militares (muitos dos quais estão envolvidos no crime) continuarem massacrando pessoas pobres a esmo e sem punição.

    Muito piores são os casos de incitação a crimes de ódio, como quando, após tiros contra a caravana de Lula, o coiso posou simulando tiro contra a cabeça de um boneco do ex-presidente.

    Há uma quantidade não desprezível de gente perigosa que tem seu discurso e atos de ódio/violência estimulados e endossados pelos coisos. Um ponto comum dessa gente é a misoginia (ódio a mulheres).

    Certamente não são assim todos os eleitores dos coisos, mas são assim eles próprios e muitos dos seus asseclas.

    Veja:

    https://escrevalolaescreva.blogspot.com/2018/10/fascistas-nao-gostam-de-mulher-e-nos.html

    Responder

Paulo

01 de outubro de 2018 às 00h32

Um monte de “patricinhas” iludidas por seus professores universitários, fazendo oba-oba. Duas ou três décadas à frente e serão cotejadas com seu passado, e sentirão vergonha, em sua maioria…não pelo Bolsonaro, que, convenhamos, não se ajuda e muito menos as ajuda a compreender as próprias inconsistências ideológicas, mas pela própria história do país e do mundo…

Responder

    Sandra

    01 de outubro de 2018 às 11h21

    Rotular, é só o que vcs sabem fazer. Tenho 64 anos e junto com dezenas de amigas da minha idade estive lá em meio a centenas de mulheres da nossa idade, que lutamos contra a outra ditadura e não nos arrependemos do nosso passado. Lá também estavam nossas filhas e netas, qie só se arrependeriam de quem são se não lutassem contra machistas rotuladores de pessoas.

    Responder

      Paulo

      01 de outubro de 2018 às 12h05

      Somos todos brasileiros, Sandra!

      Responder

Régis

30 de setembro de 2018 às 23h48

#Ele nao! #ViceJumento idem!

Responder

Josa

30 de setembro de 2018 às 18h45

Hoje no mercadinho coloquei pra um mercador da fé com argumento de “PT quebrou o Brasil” será que tem quem leve a sério esse papo,

Responder

    Ricardo

    30 de setembro de 2018 às 18h54

    Os dependentes do bolsa-família, os menos escolarizados, que são a maior parte dos eleitores do Petê, certamente não acreditam; aliás, eles nem sabem o que é isso !

    Responder

Ricardo

30 de setembro de 2018 às 17h10

Fenômeno Incrível é o Mito. Sem dinheiro , sem partido grande na retaguarda , sem apoio dos artistas e intelectuais maconheiros , estar em primeiro lugar nas pesquisas e incomodando tantos os velhotes caciques da política como Lula , Ciro Gomes e, Alckmin e Álvaro Dias !

Responder

    Hudson

    02 de outubro de 2018 às 14h41

    Não é surpreendente.

    A campanha anti-política usada para derrubar o PT, com protagonismo de criminosos no judiciário, associados a meios de comunicação, criou o contexto propício para a ascensão do neonazismo.

    Foi o mesmo que aconteceu várias outras vezes na história. Dois exemplos: a Alemanha de Hitler e a Itália pós Mani Pulite (inspiração golpista da Lava-Jato), com Berlusconi.

    O coiso está há quase 30 anos no congresso. Alguém o banca às escondidas, provavelmente empresas de armas. Ele tem organização nos meios eletrônicos (“redes sociais”).

    Em resumo: após a destruição da política, vem o fascismo/nazismo.

    Responder

Matheus

30 de setembro de 2018 às 13h49

Ia votar no Amoedo, depois dessa manifestação decidi votar no Bolsonaro

Responder

    Adriana

    30 de setembro de 2018 às 14h59

    Matheus, eu queria entender de verdade o que exatamente nas manifestações de ontem o fez repensar sua escolha e migrar seu voto para o coiso.
    A manifestação foi respeitosa, feliz, representou a voz de mulheres que se sentem em real perigo com a maneira como este candidato pretende governar. Se tratou de um encontro de vozes e corações contra a violência, contra a tortura, contra a opressão e favorável ao respeito às diferenças, o fortalecimento do amor. Me explica, porque você poderia querer algo de diferente ? Repensa de novo cara … na boa.

    Responder

      JOÃO BATISTA

      30 de setembro de 2018 às 15h01

      Eleitor do bozo. Usou Amoedo como muleta.

      Responder

        Matheus

        30 de setembro de 2018 às 18h55

        Joao Batista, quem não está disposto a dialogar, então apenas late.

        Responder

          JOÃO BATISTA

          01 de outubro de 2018 às 00h05

          Agende urgente com seu médico veterinário.

          Responder

            Matheus

            01 de outubro de 2018 às 07h31

            Agendado João, ele te espera na próxima terça-feira, às 14 horas, boa sorte lá, grande abraço

            Responder

            Gerson S.

            01 de outubro de 2018 às 09h16

            Não deperdice seu tempo. o diálogo desse bolsomínion entende apenas idéias de apenas uma llinha e no máximo cinco palavras. Não adianta.

            Responder

      Justiceiro

      30 de setembro de 2018 às 15h12

      Ora, Adriana. quem disse que quem não vota em Bolsonaro, vota em Addad?

      Você, Adriana, já prestou atenção no que disse José Dirceu, guru dos petistas? “Vamos TOMAR O PODER, que é diferente de ganhar eleição”. Tomar o poder não é gópi?

      Mas você deve estar bastante alienada pra prestar atenção em Bolsonaro e deixar Addad sem vigilância. Depois, no futuro você poderá estar andando a pé pra sair do Brasil em busca de um prato de comida.

      Responder

      Matheus

      30 de setembro de 2018 às 18h54

      Olá Adriana, minha ordem de votação seria Amoedo, Alckimin e Ciro (minha opção de esquerda). Não me simpatizo com o PT, muito além da Lava Jato, nunca votei no PT. Com a manifestação de ontem senti que minhas opções de voto na reta final já eram e o movimento deu a entender que houve a consolidação da opção Bolsonaro, se não existisse a opção consolidada praticamente, não existiria tal movimento. Votaria em todas essas opções contra ele Amoedo, Alckmin e Ciro, mas voto em qualquer outro contra o PT. Assim pelo cenário votar em qualquer um desses candidatos no primeiro turno é fortalecer o PT. Então migrarei meu voto essa semana ao Bolsonaro. Não tem nada haver com o movimento em si, admiro o movimento e realmente foi bonito e respeitoso. Queria que a outra opção não fosse o PT, votaria em qualquer um contra o Bolsonaro, menos o PT.

      Responder

        Alan Cepile

        30 de setembro de 2018 às 19h56

        Vc terá a oportunidade de votar contra o PT no 2º turno caso o PT lá esteja.
        No 1º turno considere votar no candidato que vc mais gosta.

        Responder

          Gerson S.

          01 de outubro de 2018 às 09h18

          Finalmente. Eu defendo justamente isso que você falou agora. E Matheus, muito bom também. Retiro o que disse acima. É com argumentos

          Responder

          Gerson S.

          01 de outubro de 2018 às 09h22

          Finalmente. Eu defendo justamente isso que você falou agora. E Matheus, muito bom também. Retiro o que disse acima. É com argumentos um pouco mais elaborados que mostra suas idéias, suas preferências. E o voto é livre. DEVE votar em quem acredita, sem desqualficar os outros. Ninguém tem que gostar de nenhum partido e nenhum candidato. Mas deve estudar as propostas para a sociedade que levem a atingir os objetivo de longo prazo que atenda sua visão de mundo. Isso é escolher lado. As mulheres fizeram justamente isso.

          Responder

        hocuspocus

        30 de setembro de 2018 às 21h26

        Não tenho paciência com imbecil,vc é um perfeito idiota movido pelo ódio.Vc não vota a favor de alguém,vota contra ,isso é pequeno,indica que tú garoto é UM ANALFABETO POLÍTICO.
        Amoedo um fdp rico que cagará e andará pra ti,do mesmo jeito que o Alckmin,pior ainda pensas em Ciro!!!
        Qual o paralelo entre as propostas de amoedo e ciro ????nenhuma,mas o que te move, alienado, é o ódio contra alguém.
        Pobre como com certeza tu é ,é provável que não gostes da tua imagem no espelho ,vc é uma aberração como todo pobre que vota naquele que o sodomiza.

        Responder

          Matheus

          01 de outubro de 2018 às 07h21

          Sua mensagem está carregada de ódio, você tem muito em comum com os eleitores do Bolsonaro, apenas está do lado inverso. Alckmin e Ciro, principalmente, são centro direita e centro esquerda, trariam equilíbrio ao país, porque sairia dos extremos. Se o PT vence, são 4 anos de instabilidade econômica e explosões de constantes protestos. Se o Bolsonaro vence, é melhor pra economia, porém são 4 anos de instabilidade. Ciro e Alckmin, cada um ao seu jeito saem desses extremos e teríamos equilíbrio e paz nesses 4 anos. Não irei discutir contigo, tem tanto ódio em ti, como um eleitor de bolsonaro, e prefiro eles aos eleitores do PT.

          Responder

          Matheus

          01 de outubro de 2018 às 07h27

          Sobre o que tem há ver a proposta de Amoedo e Ciro, nada. Se você ler o que escrevi, existe uma ordem de votação. Amoedo (primeira opção), Alckmin e Ciro. Significa que meu voto prioritário seria o Amoedo, mas estaria disposto a votar nesses outros se no segundo turno estivessem Bolsonaro x Alckmin, Bolsonaro x Ciro. Voltando ao inicio, irei votar no Bolsonaro porque nenhuma dessas opções decolaram, e não voto no PT. Desenhei de um modo bem fácil pra você entender.

          Responder

            hocuspocus

            01 de outubro de 2018 às 10h51

            Mocinha,fica com asno ,ele faz teu tipo.Alienado,imbecil,analafabeto politico( alckmn centro-direita,ciro centro-esquerda pqp!!!).
            Garoto, não confunda não é ódio,é falta de paciência contra a preguiça mental,contra a estupidez.
            Os pts (tem alguma dúvida ainda???)terão que mudar o decoreba na educação,por uma educação que priorize O QUESTIONAMENTO,A LÓGICA E O PENSAMENTO PRÓPRIO,
            Assim daqui a umas décadas,imbecis como tu e a massa de zumbis que vota no asno já não mais serão criados nas nossas escolas.
            Comeu teu capim hoje ?,asno.

            Responder

              Matheus

              01 de outubro de 2018 às 21h19

              Fico abismado pela sua inteligência e argumentos bem construídos, mas desliga o celular e volta a fazer a lição, se não sua professora vai ver e chamar a sua mamãe.

              Responder

    zazul

    30 de setembro de 2018 às 22h06

    Não muda nada. É o mesmo grupo que quer que o pobre pague imposto de renda igual ao rico, que quer acabar com o 13º, com a Saúde e Educação pública e com o mínimo subindo mais que a inflação. Inimigos do povo.

    Responder

Justiceiro

30 de setembro de 2018 às 13h49

Miguel, já que o cara chama Bolsonaro de monstro, de aberração, permita-me chamá-lo de canalha.

Quero ver esse puxa saco de presidiário me responder uma pequena pergunta:

Quem protestou contra Bolsonaro, disse sim a Addad?

Responder

sergio ferreira

30 de setembro de 2018 às 12h30

Aqui em BH as manifestações partidárias aconteceram, barracas de partidos e candidatos, apoio à candidata ao senado-psol, duda salabert e muito lula livre.
O foco sempre foi #ELENÃO, mas ninguém reprimiu ninguém, ao contrário.
Grupos de marinistas caminhando junto com petistas e por aí vai

Aqui, pelo menos, ninguém se apresentou como dono da manifestação.
Dono pra que, se todos estavam na mesma vibe …

Responder

Alan Cepile

30 de setembro de 2018 às 12h25

P, texto do C!!!!
Obrigado Miguel

Responder

    Gerson S.

    30 de setembro de 2018 às 14h54

    Eu também agradeço o texto, mas é do Gustavo Castañon. Muito bom.

    Responder

JOÃO BATISTA

30 de setembro de 2018 às 12h05

Realmente!
A força está na cidadania. Aqueles que, à esquerda ou à direita, que tentaram se apropriar do movimento foram repelidos.
A sociedade quer avançar, quer evoluir, quer democracia.

Responder

MARIANA DE P SILVA

30 de setembro de 2018 às 12h01

Seu texto também é incrível, e reflete perfeitamente o que aconteceu e o sentimento de quem estava lá. Sou fã do Cafezinho e compartilho a maioria dos seus textos e reproduções de textos alheios, muito bem escolhidos. Parabéns pela plataforma corajosa, precisamos muito disso !! Um abraço !

Responder

    Claudio

    01 de outubro de 2018 às 00h22

    A ralidade é esta:A IMENSA MAIORIA DAS MULHERES NÃO QUEREM bolsonaro. E PRONTO. ESSE FOI O RECADO. E SÓ LEMBRANDO: ELAS SÃO 52,4%, O QUE CORRESPONDE A 77,3 MILHÕES DEVOTOS. será que bolsonaro SABIA QUE ESSA INFORMAÇÃO SE ENCONTRA LA NO SITE DO TSE? ELE MEXEU NO VESPEIRO. AGORA, QUE AGUENTE AS CONSEQUÊNCIAS.

    Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com