Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Tábata Amaral entra com processo de danos morais contra ministro da Educação

Por Redação

22 de maio de 2019 : 16h05

A deputada federal Tábata Amaral (PDT) mostrou que tem dentes afiados.

A parlamentar protagonizou mais um embate com um ministro do governo Bolsonaro.

O ministro Abraham Weintraub tentou, na Comissão de Educação, constranger a deputada com mentiras, e pior, sobre uma coisa pueril, um assunto sem nenhuma importância para o debate que realmente importa.

Na última audiência, Weintraub havia dito que enviara convites à deputada para que ela visitasse o ministério. A deputada negou; o ministro insistiu; a deputada respondeu que era mentira.

Dessa vez, confrontado mais uma vez por Tábata, o ministro, ao invés de superar o assunto, distribui supostos quatro “convites” que seu ministério teria enviado à deputada.

Já em tom de indignação, a deputada disse que entrará com processo por danos morais contra o ministro, por ele ter distribuído seus números pessoais para toda uma comissão, ter insistido em mentir, e observou que os convites que ele distribuíra eram todos inválidos: primeiro, eram três, e não quatro; segundo, foram todos feitos pela gestão anterior, do Vélez, e não do Weintraub; terceiro, eram convites para encontros já cancelados pelo próprio ministério.

***

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

33 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Francisco

23 de maio de 2019 às 13h59

Por falar na meritória pupila de Lemann no PDT, enquanto a hora do Novo partido dos banqueiros não vem, sobre o COAF ficar com Moro ou não, votou sim, não ou esperta, como o patrocinador, não votou para não dar bandeira?

Responder

Aliança Nacional Libertadora

23 de maio de 2019 às 13h48

Saiba mais sobre a “honestamente financiada” na fundação que a criou….

https://fundacaolemann.org.br/perfil/86

Responder

    Brasileiro da Silva

    23 de maio de 2019 às 14h40

    Parabéns para ela. Um CV invejável.Para ficar perfeito, ela podia dar umas aulas no Insper

    Responder

oscar

23 de maio de 2019 às 11h48

cada vez mais fica claro que o Weintraub é zerado em matemática básica.
Não sería o caso de ele fazer o mobral?

Responder

Carlos

23 de maio de 2019 às 10h55

Esta deputada Tábata do Amaral finge se dizendo de esquerda, mas a reportagem publicada no portal UOL a desmacarou dizendo que o segundo homem mais rico do Brasil Jorge Paulo Lemann tem uma bancada de cinco deputados federais na Câmara dos Deputados e uma delas é a Tábata do Amaral. https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/394168/Lemann-tem-bancada-com-cinco-deputados-Uma-delas-%C3%A9-T%C3%A1bata.htm

Responder

Fábio maia

23 de maio de 2019 às 10h38

Realmente ela tá perdoada o convite pro diálogo foi da gestão anterior que chamou nos brasileiros de canibais. Rosário tinha admiração por ti. Hj só venho aqui rir de sua transformação. Infeliz.

Responder

Alexandre Neres

23 de maio de 2019 às 10h32

Já que há uma insistência em promover essa menina neste blogue, sou obrigado a me manifestar. Entendo que ela tem um futuro na política, infelizmente não creio que seja no campo da centro-esquerda,

Primeiro, diversamente do que dizem comentaristas abaixo, Paulo Henrique Amorim apoiou o Ciro Gomes no primeiro turno das eleições passadas. PHA republicou matéria do UOL no qual consta a Tábata como sendo da bancada do Lehmann, conforme o link abaixo:

https://www.conversaafiada.com.br/brasil/bancada-lemann-vai-apoiar-privataria-da-eletrobras

Pra dizer a verdade o que me irritou mesmo foi a matéria que li no Valor semana passada: a cândida Tabata dizendo que ela é “ativista pela educação, não ativista política”. Boba ela não é, sabe surfar na onda atual que demoniza a política. Desse jeito vai longe…

https://www.valor.com.br/cultura/6259127/sou-ativista-pela-educacao-nao-ativista-politica-diz-deputada-federal-tabata-amaral

Responder

    Miramar

    23 de maio de 2019 às 16h11

    Você já me acusou de não saber a diferença ente extrema esquerda e esquerda. Pois você claramente não sabe a diferença entre centro esquerda e esquerda.
    Aliás, como vai a carreira do poste no Insper?

    Responder

Alan C

22 de maio de 2019 às 20h15

Se eu fosse um coxinha eu estaria adorando essa guerra entre petistas e pedetistas, até chamaria gente pra ver.

Caminho aberto para farsantes da estirpe do dória e moro.

Responder

    Aliança Nacional Libertadora

    23 de maio de 2019 às 13h41

    “Se eu fosse” essa quinta coluna é bem tola….

    Responder

Miramar

22 de maio de 2019 às 20h04

Sempre tem um petista boboca pra dizer que o Brizola não gostaria do PDT do Ciro e da Tabata.Não sabem o que o Brizola achava do Ciro, para quem chegou a fazer campanha? Pelo lado ideológico será que essa gente não lembra que o Brizola chegou a aceitar a filiação do Adhemar de Barros Filho e do Francisco Rossi? Nem digo que concordo, apenas saliento que o Brizola não era esse amiguinho de petistas que alguns mentirosos querem insinuar.
Aliás, alguém já se deu o trabalho de procurar as declarações do Brizola sobre o governo Lula? Acho que muita gente não iria gostar…

Responder

Admar

22 de maio de 2019 às 19h24

Esses Pedetistas! Brizola deve se revirar no Tumulo com essas posições tao ambíguas do tipo Morde Assopra ao Liberalismo!!!

Responder

Alan C

22 de maio de 2019 às 19h03

Lula, com toda a sua elegância, diria que ela tem o grelo duro…..

Responder

    Aliança Nacional Libertadora

    23 de maio de 2019 às 13h43

    Se você fosse coxinha falaria exatamente isso….

    Responder

Wilton Santos

22 de maio de 2019 às 18h58

A página “petista” conversa afiada deu destaque para o do Paulo Lehmann ter financiado a sua candidatura. No final do artigo outro dado curioso, o publicitário Nizan Guanaes doou R$ 79.500 para a campanha da Tábata Amaral. Esses dados convenientemente são desprezados pelo Miguel do Rosário.

Responder

    Miramar

    22 de maio de 2019 às 19h09

    Esses argumentos bobos só interessam aos petistas, meu chapa.
    Falando nisso, como vai a carreira do poste Haddad no Insper?

    Responder

    Miguel do Rosário

    22 de maio de 2019 às 19h17

    Ora, essa informação é completamente pública. Está tudo na internet. Já verifiquei tudo isso, não só de Tábata, mas de vários deputados. A Tábata é tranquila. Dinheiro limpo usado para campanha. Tem casos piores. Gente que recebeu bilhões de reais de empreiteiras e bancos. Me enoja esse jogo sujo contra Tábata.

    Responder

      Justiceiro

      22 de maio de 2019 às 19h54

      KKKKKKKKKKKKKKKKk

      Miguel é mesmo um esquerdista fora da curva.

      Acaba de nocautear a rataiada petista.

      Responder

        Zé Maconha

        22 de maio de 2019 às 20h50

        Desconfio que o Justiceiro é um pseudônimo que o Miguel usa pra colocar pra fora seu conservadorismo reprimido e seu ódio pelo Lula.
        Talvez seja até inconsciente , é um transtorno de dupla personalidade.
        Miguel não tem forças pra assumir quem se tornou então criou o Justiceiro pra botar esse lado pra fora.
        Por isso a bajulação , na verdade é um afago ao próprio ego.

        Responder

          Alan C

          22 de maio de 2019 às 20h55

          Já eu desconfio que um dos sete anões matou a branca de neve….

Miramar

22 de maio de 2019 às 18h25

Essa menina ainda vai ser presidente…

Responder

    Paulo

    22 de maio de 2019 às 20h36

    Se vier a ser, espero que não se auto-rotule de presidenta-mulher!

    Responder

Justiceiro

22 de maio de 2019 às 18h08

Aff. Essa ai já deu. Vai virar uma Manuela D’Ávila.

Aliás, a garota ai foi desmascarada, desmoralizada pelo ministro quando quis questioná-lo na Câmara.
O ministro disse que por duas vezes convidou Tábata para ir ao Ministério debater educação e ela não foi.

Ela pagou o maior mico.

Responder

    LUIZ SCHMITZ

    22 de maio de 2019 às 18h19

    Quem pagou o mico? Ela detalhou a falcatrua do cara. A turma dos fakes não para.

    Responder

Zé Maconha

22 de maio de 2019 às 17h35

Deixando a lacaia de bilionário aí de lado e falando em processo.
Acho que vou me inspirar no caso da bandnews e arrancar uma grana de caras como o Alan e o Miramar que me chamam de petista toda hora.
Cuidado hein!
Agora tem um precedente hahaha , chamar de petista gera indenização.
E olha que nunca defendi o PT uma vez que fosse , tudo que faço é atacar Bolsonaro e Ciro.

Responder

    Miramar

    22 de maio de 2019 às 18h24

    Pela primeira vez você me divertiu…
    Não sei dizer quanto ao Alan, mas de mim você não vai tirar nada, não porque eu tenha um bom advogado, mas porque eu não tenho dinheiro mesmo.
    Aliás, que história é essa da Band News?

    Responder

    Alan C

    22 de maio de 2019 às 18h28

    Vc é muito pior que petista, vc é lulista xiita.

    Responder

    Miramar

    22 de maio de 2019 às 19h13

    Mas confesso que se me acusarem de petista eu também esfolo o cara…financeiramente é claro.

    Responder

      Zé Maconha

      22 de maio de 2019 às 20h26

      Miramar um delegado da PF vai ser indenizado porque o Reinaldo Azevedo chamou ele de petista.
      E Alan , você me lembra Stalin , quem não concordava com ele ele chamava de trotskista.
      Já disse mil vezes , voto no PSOL por exclusão pois estou muito à esquerda deles e o PSTU e o PCO tem a cabeça no século passado.

      Responder

        Alan C

        22 de maio de 2019 às 20h57

        Ah, sim, e eu já disse mil vezes que voto no PSL……..

        Responder

      Aliança Nacional Libertadora

      23 de maio de 2019 às 13h46

      Qual coxinha não de reagiria assim?

      Depois da merda….um apartidário do Lehman.

      Responder

JOÃO BATISTA

22 de maio de 2019 às 17h08

Para debater com quem se prepara e conhece o tema, a tentativa de desqualificação é o recurso ao alcance. É o caso de todos os membros do governo bolsonaro e de petista com inveja, dor de cotovelo e cheiro de cadeia.

Responder

Deixe um comentário