Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

A nota da defesa de Lula sobre nova ação penal contra ele

Por Redação

07 de junho de 2019 : 00h10

Nota da defesa de Lula sobre nova ação penal contra o ex-presidente
06 de junho de 2019

Leia a nota da defesa de Lula sobre nova acusação absurda feita contra o ex-presidente:

“A abertura de uma nova ação penal contra o ex-Presidente Lula pelo uso deturpado da teoria do domínio do fato reforça o uso perverso da lei e dos procedimentos jurídicos para fins políticos, o “lawfare”.

Lula jamais solicitou ou recebeu qualquer vantagem indevida antes, durante ou após exercer o cargo de Presidente da República.

A acusação parte da inaceitável premissa de se atribuir responsabilidade penal ao Presidente da República por decisões legítimas tomadas por órgãos de governo — que no caso concreto, é a abertura de linha de crédito do BNDES para Angola em 2010 a partir de deliberação do Conselho de Ministros da CAMEX.

Lula sequer foi ouvido na fase de investigação, uma vez que claramente não tem qualquer relação com os fatos. Seu nome somente foi incluído na ação com base em mentirosa narrativa apresentada pelo delator que recebeu generosos benefícios para acusar Lula.”

Cristiano Zanin Martins

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

12 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Tamosai

08 de junho de 2019 às 19h03

Até um estudante do primeiro ano de Direito sabe que isso se trata de lawfare. Até o Papa já deu declarações sobre isso. Que isso esteja acontecendo em pleno século 21 no Brasil é um sinal de enorme atraso e de ignorância. Isso deveria ser repudiado independentemente da posição política que alguém tenha. O fato de alguns políticos e juízes não repudiarem o lawfare diz muito sobre eles.

Responder

nayanna freitas

07 de junho de 2019 às 20h26

Tenho varias criticas ao presidente Lula e ao pt, varias. Votei no Ciro e continuarei votando. Mas tenho que concordar que Lula foi condenado apoiado em provas frageis. Quanto a esse novo processo, me pergunto se está realmente provado na denuncia que Lula recebeu a grana. Isso porque já reviraram a vida do homem dos pés a cabeca e até agora nao consta que ele seja um milionário e que seu patrimonio seja incompativel com as atividades que exercia. Já viraram as financas, as contas e o patrimonio de Lula de todas as formas e nao se achou nada. Aonde entao ele enfiou esse dinheiro? Será que esse processo se mostrará tao fragil como o do triplex? Só tenho a dizer isso em defesa Luis Inacio. Quanto ao resto nao estou nem aí para o PT e suas ideias fantasiadas de esquerda, nem ao seu líder. O tempo deles já deu. Estou com Ciro porque apresenta o melhor plano de desenvolvimento para o país. Bem melhor do que um partido que apresenta como proposta a independencia do Banco Central, teve 16 anos no poder e nunca taxou lucros e dividendos de bancos, nao criou o imposto sobre grandes fortunas e nem grandes herancas e ainda teve em sua equipe economica gente como Joaquim Levy. Teve os seus meritos, mas nao fez o que podia e o que devia. Entao pt já deu

Responder

    Ioiô de Iaiá

    08 de junho de 2019 às 19h08

    O que está em questão no artigo aqui não é o PT e sim a utilização de acusações sem provas, muitas delas obtidas em troca de vantagens para quem estava preso. Vote em quem você quiser, mas não perca a lucidez.

    Responder

J Fernando

07 de junho de 2019 às 17h34

Que legal…
Bolsonaro e o jabá para o Ratinho… nenhum desses comentaristas apareceu lá. (se aparecer agora, não vale).
Mas, é só sair alguma coisa contra Lula que estão todos “enfileirados” nos comentários.
O mais engraçado é que nenhum tece comentários a respeito da denúncia, das provas, dos acusadores e da acusação. É só um arrazoado de impropérios sem qualquer argumentação que pudesse demandar um debate construtivo.

Responder

    Ioiô de Iaiá

    08 de junho de 2019 às 19h17

    Sua observação é perfeita.
    Esses comentários, além de serem totalmente sem relação com o texto, mostram também a incapacidade de se indignarem com a injustiça de processos instaurados sem provas. Alguns deles postam várias vezes com nomes diferentes, mas pelo tipo de ignorância, devem ser da mesma pessoa.

    Responder

Olavo

07 de junho de 2019 às 14h28

É Zanin testa lisa… Tá difícil defender o calango bebum condenado. Nem música mais ele pode pedir no Fantástico. Afinal, ele ultrapassou o limite de 3 processos. Kkkkk o malaco já é réu em oito processos. Será que este corrupto ativo e lavador de dinheiro sai da cadeia antes de 2050????

Responder

    Olavo

    08 de junho de 2019 às 12h11

    Se bem que dificil mesmo é encarar mulher com meu micropênis.

    Responder

Justiceiro

07 de junho de 2019 às 12h15

Uaaaahhhh (bocejando)
Mas uma vez Lula é tornado réu? isso já nem é mais notícia de primeira página, já nem rende mais comentário.

quantos processos? 8, 10..12..Tá igual a Sérgio Cabral.

Responder

    Justiceiro

    08 de junho de 2019 às 12h12

    Os processos do LULA só perdem para as vezes que tentei sair do armário e não consegui.

    Responder

Viviane

07 de junho de 2019 às 10h57

Mais um processo. Que pena que o ex presidente tenha se corrompido.Destruiu uma bonita história.

Responder

    Viviane

    08 de junho de 2019 às 12h09

    Gente baixei o preço do programa.

    Responder

    Era do Boçais

    08 de junho de 2019 às 21h29

    Quem leu todo o processo contra Cristo sabe que tudo não passou de uma armação dos cristãs para que eternamente estivéssemos falando disso e ainda com muita raiva dos seus argozes. O mesmo tem feito o petismo, se valendo do nosso vagabudismo juridiquez que permite que o sujeito que poderia entregar quase toda classe política pelo mesmo alegado motivo, mas só faz contra Lula.

    Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?