Canal Revolução Industrial entrevista Luis Felipe Giesteira

Freixo explica o voto a favor do pacote anticrime

Por Redação

05 de dezembro de 2019 : 15h54

No canal de Marcelo Freixo:

A Câmara não aprovou o texto original do Pacote Moro, que está cheio de propostas que seriam desastrosas para a Segurança Pública, como a excludente de ilicitude, que é uma licença para matar. O que nós da oposição aprovamos, derrotando Moro, foi um texto alternativo que derrubou as piores medidas apresentadas pelo ministro. Se esse texto alternativo não fosse aprovado, o que valeria era o texto original, o que seria catastrófico. Só havia essas duas opções. Por isso foi fundamental a mobilização para aprovar o relatório alternativo que acabou vencendo.

Além de derrotar a excludente de ilicitude, nós retiramos a plea bargain, que provocaria a explosão do sistema carcerário, fortalecendo as facções criminosas. Também impedimos que a polícia pudesse instalar escutas em locais públicos sem autorização judicial e derrubamos o fim da audiência de custódia, algo essencial para combater a tortura e o super encarceramento.

Não só reduzimos danos como avançamos, incluindo no texto final propostas novas e importantes. Aprovamos a criação do juiz de garantias, para enfrentar os abusos do judiciário; encaminhamos a atribuição do combate às milícias à PF; regulamentamos a delação premiada para acabar com as ilegalidades; aprimoramos os bancos de perfis genéticos e balísticos.

Só havia duas opções de voto: o texto original do ministro ou uma proposta alternativa, que não é a ideal, mas que está livre dos principais absurdos sugeridos por Moro, como a licença para matar. Essas eram as escolhas a serem feitas. E nós conseguimos derrotar Moro.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Oblivion

05 de dezembro de 2019 às 22h51

Bom trabalho freixo, parabéns. Nesse momento que muitas pessoas se apressam em dizer absurdos apaixonados (basta ver os comentários do Ronei, da Andressa e do PCCabelo) foi muito importante a condução do texto pra evitar a barbárie (excludente de ilicitude e etc) e a inclusão no texto para atribuir o combate às milícias à PF.

Responder

Ronei

05 de dezembro de 2019 às 19h03

A camara e o sendao aprovam os textos originais sò com um mensalao o um petrolao…o Brasil està descobrindo o que è realmente a democracia a partire desse ano de 2019.

Responder

Andressa

05 de dezembro de 2019 às 19h00

O pacote passou exatamente como o Governo queria e pela primeira vez na historia o Brasil està enfrentando realmenteo crime…o resto è papinho para boi dormir dessa esquerda falecida de velhiçe.

Responder

    Richard Zimmermann

    05 de dezembro de 2019 às 23h11

    velhiçe

    Responder

Paulo Cesar Cabelo

05 de dezembro de 2019 às 18h03

O fundamental pra você é desrespeitar a Constituição para manter um adversário político preso?
Um ” democrata” hahaha

Responder

Paulo

05 de dezembro de 2019 às 16h38

Não sei se Moro foi derrotado. O mais fundamental era a prisão em 2ª instância. Mas ainda tenho dúvidas se ela passará…

Responder

Deixe uma resposta