Entrevista de Lula ao UOL

Os números do mercado de crédito no Brasil, segundo o governo

Por Redação

14 de janeiro de 2020 : 15h26

Agora seguem os gráficos divulgados no Panorama Macroeconômico, pelo ministério da Economia, relativos ao mercado de crédito.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

alexandre

15 de janeiro de 2020 às 13h41

Bom, ao que parece, os bancos estão diponibilizando mais crédito na praça e a taxa de inadimplência vem caindo (talvez pelo fato das pessoas não tomarem dinheiro emprestado devido à economia parada).

Eu gostaria de ver uma tabela com a taxa de juros das principais operações. Aí é onde o bicho pega.

Responder

Paulo

14 de janeiro de 2020 às 21h59

Aliás, parabéns a quem cedeu aos banqueiros e financistas a aprovação do tal “Cadastro Positivo”! Não param de me encher o saco no telefone aqui de casa, que, pasmem, está em nome da patroa (oferecendo mil e uma facilidades de crédito, que eu, é claro, não solicitei). E ainda garantem que nenhuma informação será repassada e que os dados sigilosos estão garantidos junto ao SPC/Serasa. Só eu sinto nojo disso?

Responder

    putin

    15 de janeiro de 2020 às 11h37

    quando o meu telefone era em nome da patroa era a mesma tortura… agora ta no meu nome e pararam.
    evidentemente sabem que é a mulher que é mais consumista e geradora de dividas (dela e dos outros em volta dela).

    Responder

      Paulo

      15 de janeiro de 2020 às 19h19

      Talvez, mas não duvido que acabem, aí, enchendo o saco dos dois…aliás, pensando bem, mesmo estando em nome dela não vai demorar pra que a perturbem com as mesmas ofertas furadas…maldito Congresso!

      Responder

    Wellington

    15 de janeiro de 2020 às 14h11

    Sim, só você sente nojo de ter dinheiro.

    Responder

      Paulo

      15 de janeiro de 2020 às 19h15

      Não, Sérgio Araújo, não sinto vergonha de ter dinheiro! Até queria ter mais para garantir meu futuro e dos meus filhos (se bem que empréstimo bancário só vai me tomar dinheiro, e nunca dar)…Só não quero nego me oferecendo o que eu não pedi, entendeu?

      Responder

Deixe uma resposta