Live do Cafezino (20h): o novo surto de Bolsonaro! Convidado: Celso Rocha de Barros
Bolsonaro em manifestação a favor de intervenção militar

Presidente Jair Bolsonaro em manifestação a favor da intervenção militar. Foto: REUTERS

Ministros do STF repudiam intimidações à democracia

Por Redação

16 de junho de 2020 : 18h29

Na sessão da Segunda Turma do STF do dia 16 de junho de 2020, a Ministra Carmen Lúcia, que preside o colegiado, demonstrou preocupação com o cenário político nacional.

Segundo ela, é um cenário que “nada tem de espontâneo”, e que é “incentivado por pessoas que não aceitam valores de humanidade, de respeito individual, social e institucional”.

A declaração vem diante de um cenário com a incidência de manifestações contra o STF e contra instituições democráticas, constantemente associadas ao bolsonarismo.

O sentimento da ministra fora reforçado pelas palavras dos Ministros Celso de Mello e Edson Fachin, também presentes na sessão.

Carmen Lúcia voltou sua preocupação ao que definiu como “poucos cidadãos que parecem não se preocupar em dificultar a convivência democrática”.

Fachin destacou, adicionando à fala de Carmen Lúcia, “a necessidade imprescindível que temos de sair da crise sem sair da democracia”.

Celso de Mello tratou como “inconcebível” a ideia de ainda sobreviver no íntimo do aparelho do Estado brasileiro “fortes resíduos de autoritarismo”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Luis Lago de Oliveiura

17 de junho de 2020 às 10h57

Jair Bolsonaro está usando de um discurso mentiroso de combate à corrupção e de que melhorou as condições de vida dos brasileiros. Ao mesmo tempo se afasta de instituições e acordos internacionais, justificando que são incompetentes e são pautados por ideologias. Não conseguiu ainda fazer a besteira completa porque o estado não é so o poder executivo (tem judiciário , legislativo, tem municipios e estados). Ele não consegue passar por cima de todo mundo como pensa. Daí induzir parte da população a se insurgir contra os outros poderes e alegar que não deixam ele governar como deve. Os que embarcarem nesta aventura estão embarcando numa canoa furada porque bolsonaro é vezeiro em abandonar apoiadores, porque inclusive não tem tempo nem pode usar o aparelho do estado para fins particulares (como vem tentando). Ele também é arrogante, fanfarrão, cínico e prepotente ha muito, muito tempo; e isto acabou nublando sua visão e raciocinio. Observem que ele tem um viés de sempre ir pro lado errado da coisa; quando fala uma coisa sincera está no modo dissimulado. Aguardem que ainda vem mais coisas por aí… Se alguém não puxar o freio de mão o carro vai bater feio e ele pode ir pra UTI.

Responder

Deixe uma resposta