Live do Cafezinho (18 h): Pós-verdade na política brasileira (uma conversa com Fabio Palacio)

Foto: reprodução.

El País entrevista Cristiano Zanin, o advogado de Lula

Por Redação

01 de julho de 2020 : 13h47

El País TV entrevistou o advogado Cristiano Zanin Martins, o advogado do ex-presidente Lula nos processos contra o petista.

Eles falaram sobre a prisão de Lula, a Lava-Jato, a Vaza-Jato, o lawfare no Brasil, o estágio atual da defesa do ex-presidente e tópicos adjacentes.

Perguntado sobre a possibilidade de a Lava Jato ser revista, Zanin afirmou que essa é uma “discussão necessária” e que os desdobramentos da operação “macularam” a credibilidade do sistema de justiça.

“As autoridades não podem se sentir donas do poder do Estado. O que aconteceu efetivamente foi a cooptação do poder do Estado por algumas pessoas que se achavam virtuosas e que acreditavam poder produzir resultados políticos”, afirmou.

Zanin também definiu a conjuntura nacional atual como uma consequência da Lava-Jato, e que a operação criou condições para a eleição de Jair Bolsonaro.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

01 de julho de 2020 às 22h18

E segue a (contra) narrativa. O foco é em Moro e na Lava-Jato, mas se esquecem, convenientemente, que a sentença foi confirmada em 2ª e 3ª Instâncias. Normal…Seria impossível esperar que um político da estatura de Lula, com toda a história que ele representa, pudesse, minimamente, ter sua moral questionada pela Justiça, sem a contra-narrativa – até porque não resta outro recurso de justificação. Eu vi Léo Pinheiro na foto com ele no triplex. Eu vi os objetos pessoais de Lula, inclusive uma adega (muitos se apegam a pedalinhos) no sítio de Atibaia. Esses são fatos. Alguém nega, objetivamente?

Responder

Deixe uma resposta