Live do Cafezinho (18 h): Pós-verdade na política brasileira (uma conversa com Fabio Palacio)

Foto: Agência Brasil / EBC.

MP no TCU pede suspensão do auxílio emergencial

Por Redação

03 de julho de 2020 : 15h35

Em ação que se propõe a “beneficiar gerações futuras”, o Ministério Público (MP) solicitou junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) a apuração do auxílio emergencial de R$ 600,00.

O subprocurador-geral Lucas Furtado pediu ainda que o envio do auxílio emergencial seja suspenso enquanto o governo não fornecer informações fiscais.

“Suspenda, cautelarmente, a prorrogação do auxílio emergencial, até que se aprecie o mérito da questão, ou até que o governo apresente os estudos e fundamentações de que cuida o item anterior”, escreveu na decisão.

Furtado classifica a decisão de pedir a suspensão do auxílio como “extremamento impopular e difícil”, mas disse que a tomou pelo “equilíbrio fiscal”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

chichano goncalvez

06 de julho de 2020 às 21h10

Esse auxilio, mais parece uma esmola, do que ajuda. E os pequenos produtores rurais, como ficam ? Deram 1 trilhão e 200 milhões aos bancos, até parece que este pais é o Brazil ! Ou estou enganado ?

Responder

Renato

04 de julho de 2020 às 00h08

Lucas Furtado , preocupado com equilíbrio fiscal ? E desde quando esquerdista se preocupa com equilíbrio fiscal ? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Miramar

03 de julho de 2020 às 22h17

Esse aí ainda vai dar autógrafo pro Capeta…

Responder

Deixe uma resposta