Live do Cafezinho (21 h): análise das eleições, pós-segundo turno

Por unidade da esquerda, PCdoB retira candidatura e apoiará Benedita (PT) no Rio

Por Redação

15 de setembro de 2020 : 14h28


Em favor de uma unidade da esquerda na cidade, o PCdoB acaba de retirar a pré-candidatura de Rejane Almeida para a prefeitura do Rio de Janeiro. Os comunistas apoiarão a candidatura de Benedita da Silva pelo PT.


Nas pesquisas de opinião, Benedita aparece em terceiro lugar, atrás apenas de Eduardo Paes (DEM)  e Marcelo Crivella (PRB).


Para o dirigente do partido no Rio, Theófilo Rodrigues, as recentes operações da Justiça contra Paes e Crivella mostram que é possível que uma candidatura progressista chegue ao segundo turno da eleição. “Mas a esquerda só chegará ao segundo turno se estiver unida e hoje Benedita é o nome que reúne as melhores condições para essa unidade”, diz Rodrigues.


Em contrapartida, o PT apoiará a candidatura de Lívia Miranda do PCdoB para a prefeitura de Petrópolis. O partido busca ainda a unidade da esquerda em outras cidades importantes do estado. 


“Em São Gonçalo, temos a candidatura de Isaac Ricalde para a prefeitura com uma vice do PSOL. E em Niterói apoiamos junto com o PT a candidatura de Axel Grael do PDT”, explica o dirigente comunista.


Leia abaixo a nota do partido na integra:


Em defesa da Unidade


Resolução do PCdoB Rio de Janeiro sobre a política de alianças
A cidade do Rio precisa ter alegria e esperança. Hoje não consegue sorrir para o futuro. Está sem perspectiva, órfã de proteção do Estado, de políticas sociais, de proteção à sua vida, de escolas estruturadas, com desemprego crescente, e crianças e idosos sem teto cada vez mais ocupando as ruas sobre papelão e folhas de jornal. As forças que hoje dirigem a prefeitura estão denunciadas por grandes esquemas de corrupção e vários outros líderes destas estruturas dominantes ultrapassadas estão presos ou afastados. 


As forças democráticas e de esquerda precisam apresentar caminhos que possibilitem o reencontro com a generosidade e a seriedade na gestão pública. Por isso, o PCdoB, nacionalmente, fez todos os esforços para que os partidos de esquerda e progressistas repensassem suas decisões. É urgente unir forças para derrotar esta direita que não tem ética nem compromisso com nossa gente. Entendemos que isso ainda é possível!


O PCdoB, neste momento, faz um esforço hercúleo no sentido de ampla unidade, dialogando com todas as forças políticas e pré-candidaturas do campo popular democrático. Abrimos mão de uma candidatura própria à prefeitura do Rio, reconhecendo o extraordinário papel que a Enfermeira Rejane teve como nossa pré-candidata, buscando reduzir a fragmentação do nosso campo político e social, para buscar a unidade possível e conclama todas as outras forças a se juntarem nesta unidade na tentativa de chegar ao segundo turno e derrotar as forças neofascistas, que corrompem a administração pública e desprezam a vida e os direitos.


Vamos somar com a candidatura de Benedita da Silva, mulher negra de trajetória digna, e que neste momento pode ser a alternativa para a cidade do Rio de Janeiro.


Rio de Janeiro, 14 de setembro de 2020


Comissão política Municipal do PCdoB Rio de Janeiro

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

O Demolidor

16 de setembro de 2020 às 10h56

Obvio que a matéria só foi publicada por terem mencionado o PDT la no finalzinho……mas interessante que unidade da esquerda….não incluiu a Delegada Marta Rocha ( Chefe da Policia Civil durante o Governo Cabral) e seu vice o ex presidente do Flamengo Eduardo Bandeira de Melo (presidente na ocasião da tragedia infantil no Ninho do Urubu)…..

Responder

Deixe uma resposta