Live do Cafezinho: balanço dos partidos de esquerda

Ricardo Stuckert

A três semanas das eleições, Lava Jato aceita outra denúncia contra Lula

Por Redação

23 de outubro de 2020 : 23h13

No Conjur

Juízo do consórcio de Curitiba aceita denúncia contra Lula pela 4ª vez

23 de outubro de 2020, 21h38

Por Rafa Santos

O juiz Luiz Antônio Bonat, da 13ª Vara Federal de Curitiba, aceitou denúncia do consórcio da “lava jato” contra o ex-presidente Lula, o ex-ministro Antônio Palocci e o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto.

Os três são acusados pelo Ministério Público de terem supostamente recebido propina da Odebrecht repassadas como doações oficiais ao Instituto Lula, entre dezembro de 2013 e março de 2014.

Na peça acusatória de 123 páginas, o MP sustenta que os valores das doações oficiais têm origem ilícita. “Ante o exposto, presentes indícios suficientes de materialidade e autoria, evidenciada a justa causa para a ação penal, recebo a denúncia em relação aos acusados Luiz Inácio Lula da Silva, Paulo Okamotto, Antonio Palocci, Hilberto Mascarenhas e Alexandrino Alencar”, diz trecho da decisão de Bonat, que assumiu a Vara que era comandada por Sergio Moro.

É a quarta vez que Lula se torna réu a partir de denúncias do consórcio formado a partir da 13ª Vara Federal de Curitiba. A segunda relacionada ao Instituto Lula.

A denúncia do MP foi assinada pelo procurador da República Alessandro Oliveira, que substituiu Deltan Dallagnol no coordenação lavajatista paranaense.

A decisão acontece dez dias após a revelação de que procuradores do Paraná atuaram nos bastidores para que um juiz aliado sucedesse Moro, que aceitara convite para fazer parte do governo recém-eleito do presidente Jair Bolsonaro.

A informação foi publicada pelo site The Intercept Brasil e integra a série de reportagens “vaza jato”, produzida a partir de arquivos de conversas entre membros da autoproclamada força-tarefa repassados ao veículo de imprensa.

No início do mês, a juíza Gabriela Hardt, da 13ª Vara Federal de Curitiba, reconheceu não haver ilegalidades nas palestras feitas pelo ex-presidente por meio do Instituto Lula. O caso era investigado desde 2015 no Ministério Público Federal do Paraná.

Em nota, o advogado Cristino Zanin, que representa o ex-presidente, disse que a decisão é mais um ato de perseguição contra o seu cliente. Leia abaixo a nota:

“A decisão proferida hoje pela “lava jato de Curitiba” é mais um ato de perseguição contra o ex-presidente Lula porque aceitou processar mais uma ação penal descabida, que tenta transformar doações lícitas e contabilizadas para o Instituto Lula — que não se confunde com a pessoa do ex-presidente — em atos ilícitos, durante o período eleitoral, em evidente prática de “lawfare”.

A mesma decisão desconsidera que Lula já foi definitivamente absolvido pela Justiça Federal de Brasília da absurda acusação de integrar de uma organização criminosa, assim como desconsidera decisão do Supremo Tribunal Federal, que retirou da Justiça Federal de Curitiba a competência para analisar o assunto.

Por tais motivos, dentre outros, a decisão será impugnada pelos meios legalmente cabíveis.”

Clique aqui para ler a denúncia do MPF
Clique aqui para ler a decisão
5044305-83.2020.4.04.7000/PR

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

21 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Conde

24 de outubro de 2020 às 18h39

São canhotos mas para roubar usam tranquilamente ambas as mãos…kkkkkk

Responder

Paulo

24 de outubro de 2020 às 16h11

O PT vai mal nas pesquisas. O que prova que não há tentativa de interferência nas eleições, antes que o comentarista do “lawfare” reapareça com seu texto padrão…

Responder

Jerson7

24 de outubro de 2020 às 14h20

O título da matéria é corretíssimo.

A lava jato está fazendo um favor aos candidatos que associaram o proprio nome a Lula…ainda faltam 3 semanas para se dissociar do mesmo e tentar amenizar o tamanho do fracasso…Kkkkkkkk

Responder

    7Jerson

    24 de outubro de 2020 às 21h23

    a única coisa amenizada é o cérebro de bolsominions kkkkkkkkkk

    Responder

Luiz

24 de outubro de 2020 às 13h29

Otriste é que toda vez que a Lavajato começa a piar em Curitiba, eu sei que vou encontrar “genialidade revolucionária” no meu gramado.

Responder

brasileiro

24 de outubro de 2020 às 13h18

Tem dedo de milico nessa putaria toda. Quanto tempo esses defensores de tortura aguentam na solitaria?

Responder

Elano

24 de outubro de 2020 às 07h44

RUSSOMANO AMEAÇA COM PRISÃO UMA OPERADORA
DE CAIXA DE SUPERMERCADO PORQUE ELA NÃO TINHA AUTORIZAÇÃO PARA VENDER UMA ÚNICA CAIXA DE FÓSFORO, UM ÚNICO ROLO DE PAPEL TOALHA, UM ÚNICO ROLO DE PAPEL HIGIÊNICO, ETC.

O problema é que ele acha que caga pouco.

O incidente não aconteceu na presente campanha, mas PATRASMENTE como diria Odorico Paraguassu

Agora veja como o imbecil Russomano procedeu.

Por telefone, O ENTÃO DEPUTADO RUSSOMANO (depufede Russomano) se comunicou com a polícia que deslocou duas viaturas para prender a operadora de caixa e uma outra moça que provavelmente respondia pela gerência do supermercado.

Portanto, duas viaturas para prender duas “perigosas” mulheres ameaçadas e indefesas. E notem, os policiais trataram o DEPUTADO RUSSOMANO com a maior subserviência possível.

https://youtu.be/J7SAJXKGQxc

Agora, vejam o link da matéria onde você encontra o vídeo com o poema que a operadora de caixa fez para Russomano e que ele orgulhosamente poderá exibir no atual programa eleitoral gratuito:
https://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/viraliza-video-de-poema-de-auxiliar-de-caixa-que-foi-humilhada-por-russomanno-apos-candidato-derreter-nas-pesquisas/

OBS: Nas pesquisas, Russomano está derretendo feito um pacote de sorvete cozinhando numa panela de pressão. Como separar o sabor baunilha do sabor morango, essa fruta comunista?

Russomano é o candidato do BOLSONARO. Fuja enquanto há tempo.

Responder

    Paulo

    24 de outubro de 2020 às 16h14

    Não adianta, Boulos não tem chance. E os votos de CR não irão pro psolista. Não quer tucano, vá de França!

    Responder

      Junior

      25 de outubro de 2020 às 10h04

      Melhor ir para a França. Lá há um fedor socialista q ainda paira no ar.

      Responder

Kleiton

24 de outubro de 2020 às 06h40

Não há mais a mínima dúvida que cada obra, cada contrato, cada documento assinado, era regado de propina para o PT e seus comparsas.

Responder

    Batista

    24 de outubro de 2020 às 13h19

    Esse é o problema do lawfare contra Lula ao correr do tempo, insolúvel, senão inocentando-o, indenizando-o e condenando os convictos ‘irresponsáveis’ pelo mesmo, pois “não há mais a mínima dúvida” em cada processo, que não há, ao menos, a mínima prova.

    Responder

      Jerson7

      25 de outubro de 2020 às 00h09

      Tenha respeito para as instituições e se você não respeita a sua tenha respeito para a inteligência alheia.

      Responder

        Batista

        26 de outubro de 2020 às 14h41

        A língua portuguesa é fantástica, ‘inteligência alheia’, como não pensei nisso antes…, faz todo sentido.

        “Minha pátria é minha língua
        Fala Mangueira
        Fala!”
        Que eu te escuto…

        Responder

      Inedio

      25 de outubro de 2020 às 10h01

      Seu comentario saiu incorreto, Batista.
      Saiu um “não há” alí, quando na verdade há sim.

      Responder

        Batista

        26 de outubro de 2020 às 00h45

        “Na verdade há sim” registradas no processo, à falta de provas, duas jabuticabas jurídicas que ficarão para sempre nos anais da justiça, para sabe-la um tempo ‘lavajateira’: O ato de ofício INDETERMINADO e o bem ATRIBUÍDO.

        Responder

Jerson7

24 de outubro de 2020 às 06h38

A três semanas das eleições ou a cada 3 semanas…? Kkkkk

Eu acho que em respeito a milenar civilização humana seria a hora de parar de fazer o nome de Lula e fechar esse capítulo trágico, vergonhoso da história brasileria.

Responder

    Batista

    24 de outubro de 2020 às 13h23

    Pode tirar o cavalinho da chuva…

    Como diria Magri, é ‘infechável’ enquanto não condenados e presos os verdadeiros responsáveis pela maior farsa jurídica-midiática da história do Brasil.

    Responder

      Eliaquim

      25 de outubro de 2020 às 10h09

      Farsa…
      O pior vai ser isso. Esses babacas lulistas q ficarao martelando essa bobagem de q a coisa mais bela q ocorreu na politica brasileira na historia do país foi “farsa”….

      Responder

    7Jerson

    24 de outubro de 2020 às 14h58

    Vcs não deixam, só falam nele!! E O LULA????? kkkkkkkkkkkkk

    Responder

    Fonzarelli Arthur

    24 de outubro de 2020 às 21h25

    Eu acho que em respeito a milenar civilização humana os camundongos deveriam ser exterminados kkkk

    Responder

chichano goncalvez

23 de outubro de 2020 às 23h49

Realmente, o Brazil está cheio de mafias, que vão desde as milicias do Bolsonarco, passando por jogadores de futebol, politicos da direita, chegando a todos os juizes da direita. Eleições já para juizes.

Responder

Deixe uma resposta