Live do Cafezinho: balanço dos partidos de esquerda

Ao lado de RC (PDT), Camilo (PT) afirma que capitão bolsonarista é “o ódio, a mentira e o pior da política”

Por Redação

26 de outubro de 2020 : 22h22

Nesta segunda-feira, 25, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), cumpriu sua primeira agenda pública após se recuperar da Covid-19, a inauguração de uma policlínica na Zona Oeste de Fortaleza.

Durante o evento e ao lado do prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), Camilo criticou fortemente o candidato apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro, Capitão Wagner (Pros).

“Temos hoje três candidaturas mais à frente da eleição. Uma delas representa o pior da política, o ódio, representa a mentira, que é candidatura do Capitão Wagner”

Na sequência, o governador cearense reafirmou que o bolsonarista liderou o motim da Polícia Militar do Ceará que aterrorizou o estado no início deste ano e pediu que Wagner assuma a responsabilidade dos atos.

“Eu quero dizer agora, em bom tom, que ele assume a responsabilidade dos atos que fez, já que não se arrependeu desse ato de covardia, enquanto líder de dois grandes motins que desestabilizaram a segurança do Estado do Ceará e gerou pânico à população de Fortaleza. Essa é a verdade. Que ele não se esconda da população”

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe uma resposta