Live do Cafezinho: balanço dos partidos de esquerda

No Recife, Bolsonaro é rejeitado por 52% dos eleitores, diz Ibope

Por Redação

19 de novembro de 2020 : 13h37

Nesta quarta-feira, 18, o Ibope em parceria com a TV Globo e o Jornal do Commércio divulgou uma pesquisa de avaliação do presidente Jair Bolsonaro entre os eleitores de Recife.

De acordo o levantamento, 52% dos recifenses consideram Bolsonaro ruim/péssimo, 24% regular e 23% como ótimo/bom.

O Ibope ouviu 1.001 eleitores do Recife entre 16 e 18 de novembro, com margem de erro de três pontos porcentuais para mais ou para menos e nível de confiança de 95%.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Netho

19 de novembro de 2020 às 19h39

Com tais números o Messias da Cloroquina tem lugar garantido no segundo turno de qualquer eleição presidencial. Os números são extraordinariamente bons para uma governança demencial, devota da ditadura e apóloga da tortura. A República das Milícias, pelo visto, claramente já pode sonhar com sua vaga garantida na disputa de 2022. Se o campo da oposição não souber articular uma candidatura efetivamente competitiva, o resultado será o mesmo de 2018. Os filhotes da ditadura permanecerão sentados no Alvorada e no Jaburu.

Responder

Ronei

19 de novembro de 2020 às 16h13

24% regular e 23% como ótimo/bom… até 2018 isso era impensável.

Hoje é uma realidade em quase todo o NE.

Responder

    Ronei7

    19 de novembro de 2020 às 20h36

    Ainda bem kkkkk

    Responder

Deixe uma resposta