Live do Cafezinho (19h): que segurança pública que queremos?

No período eleitoral, aprovação de Bolsonaro despenca em 19 capitais, revela Ibope

Por Redação

27 de novembro de 2020 : 09h30

Nesta sexta-feira, 27, o Ibope em parceria com o Estadão divulgou um levantamento que mostra o derretimento da popularidade do presidente Jair Bolsonaro em 19 capitais durante o período eleitoral. Desse total, o presidente viu sua aprovação despencar com mais força em 12 cidades.

Com destaque em João Pessoa, onde a queda foi brutal, caindo de 43% para 30% de ótimo/bom. Enquanto isso, a rejeição saltou 10 pontos, saindo de 33% para 43% durante o período eleitoral.

Já em Manaus, o presidente viu sua aprovação cair oito pontos, de 54% para 42%, e a rejeição subir de 26% para 32%. Foi na capital amazonense que Bolsonaro fez três apostar no 1° turno, Coronel Menezes (Patriota), Capitão Alberto Neto (Republicanos) e Romero Reis (Novo), mas todos fracassaram e não chegaram ao 2° turno.

Capitais como Belo Horizonte, Boa Vista, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Goiânia, Porto Velho, Rio Branco, São Luís, São Paulo e Vitória também houve um derretimento na aprovação de Bolsonaro acima da margem de erro. Em outras nove cidades, incluindo Teresina, a rejeição explodiu.

O nível de aceitação de Bolsonaro estagnou em Fortaleza, Porto Alegre, Recife e Rio de Janeiro, mas a rejeição continua em alta nessas metrópoles.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

JOHN JAHNES

27 de novembro de 2020 às 16h43

BOLSONARO E SUA QUADRILHA BOLSOTRALHA, MAIS O PSDB E SUA QUADRILHA TUCANALHA SÃO DUAS CEPAS DE BACTÉRIAS MORTAIS AO ERÁRIO NACIONAL QUE DEVEM SER ELIMINADAS PARA SEMPRE DA POLÍTICA NACIONAL E DO CONVIVIO HUMANO NO MUNDO.

Responder

Batista

27 de novembro de 2020 às 11h27

E sobre a baixaria abjeta, imoral, nojenta e rasteira, à moda bolsonarista, empregada pelo PSB/PDT no Recife, alguma notícia, alguma consideração a ser feita, alguma opinião, Miguel do Rosário?

Responder

Alan C

27 de novembro de 2020 às 10h01

Alguém aí consegue dizer 5 ações positivas desse circo da bozolândia? Se ficar difícil pode ser só 3…

E aí? Alguém arrisca??

Responder

    Paulo

    27 de novembro de 2020 às 18h20

    1) Fim do horário de verão;

    2) Confrontação ao marxismo/gramscismo cultural (embora, aqui, mais fruto da “entourage” do que dele próprio – leia-se Olavo de Carvalho);

    3) Reposicionamento estratégico da diplomacia brasileira, fazendo-a pender mais para o Ocidente (embora conduzido de forma atrabiliária, gerando atritos com o nosso maior parceiro comercial de forma absolutamente estúpida);

    4) Nihil;

    5) Nihil.

    Responder

Deixe uma resposta