Live do Cafezinho (19h): que segurança pública que queremos?

STF não deve interferir nas candidaturas a reeleição de Maia e Alcolumbre

Por Redação

27 de novembro de 2020 : 11h04

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) devem deixar a cargo do Congresso Nacional a discussão sobre as candidaturas de reeleição dos presidentes Rodrigo Maia (Câmara) e Davi Alcolumbre (Senado). A pauta possibilita que ambos os congressistas continuem no comando das duas casas por mais dois anos.

Está marcada para o dia 4 de Dezembro o julgamento em plenário virtual de uma ação que questiona se a Constituição Federal permite a reeleição dos presidentes numa mesma legislatura. Ou seja, de quatro anos entre uma eleição e outra. A preço de hoje, os magistrados tendem a deixar o julgamento em “interna corporis”, que somente o Congresso deverá desenhar as regras do pleito na Mesa Diretora.

“Isso no fundo é a política jogando no colo do STF o que eles têm de resolver. Eles que interpretem a Constituição Federal e vejam internamente o que querem”, disse em off um ministro ao Globo.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alan C

27 de novembro de 2020 às 16h05

Não que sejam bons, mas prefiro eles que bozonaristas sem cérebro.

Responder

Alexandre Neres

27 de novembro de 2020 às 13h56

Quem tem como guardiães da CF esses senhores não têm como chegar a lugar algum. Desrespeitaram a CF sistematicamente ao longo do tempo. O pior ainda é que somos presididos por um doidivanas e ainda cabe a nós defender uma instituição que tanto mal já fez ao país.

Responder

Hilario

27 de novembro de 2020 às 11h22

A constituiçào nao deixa espaço a interpretaçoes, a reeleiçào dos presidente sa camera e senado nao é contemplada na mesma.

Responder

Deixe uma resposta