Live do Cafezinho (19h): que segurança pública que queremos?

Em entrevista, Jaques (PT-BA) cobra renovação e diz que não ficará refém de Lula

Por Redação

30 de novembro de 2020 : 16h51

Nesta segunda-feira, 30, o senador Jaques Wagner (PT-BA) concedeu entrevista ao tradicional programa de Mário Kertész na Rádio Metrópoles de Salvador e avaliou o desempenho dos candidatos Guilherme Boulos (PSOL), Manuela D’Ávila (PCdoB) e Marília Arraes (PT).

“O surgimento do Boulos é altamente alvissareira, ou da Manuela ou da Marília, além do João Campos em Pernambuco”.

Jaques também cobrou renovação no Partido dos Trabalhadores após o resultado negativo da legenda e afirmou que não ficará refém do ex-presidente Lula.

“São pessoas jovens que estão começando a ter reconhecimento público. Acho ótimo, a gente não pode ficar refém. Sou amigo do Lula, mas vou ficar refém dele a vida inteira? Não faz sentido. É minha opinião sincera, parabéns aos jovens que participaram e ganharam”.

Assista a entrevista completa!

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

10 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Roberto Agnaldo

01 de dezembro de 2020 às 12h55

Parece que o desejo de semear veneno só aumenta. O que foi dito é que o PT não pode ficar dependente de uma pessoa, por melhor que ela seja, ninguém é eterno inclusive o lula. O resto é pura peçonha digna da Globo, Folha, Veja e demais aves de mau agouro.

Responder

Marcelo Soares Lopes

01 de dezembro de 2020 às 12h41

NUNCA CONFIEI EM JAQUES VAGNER, QUEM COSPE NO PRATO Q COMEU Ñ É DE CONFIANÇA, DEPOIS QUE SE ELEGEU AS CUSTAS DO PRESIDENTE LULA FICA FALANDO MAU. AINDA TEM A PALHORRA DE FALAR Q É AMIGO

Responder

Netho

30 de novembro de 2020 às 23h13

Vê-se que Lula começou a ser visto pelas costas.
Além da queda, o coice.

Responder

    Bisnetho

    01 de dezembro de 2020 às 11h47

    Demorou!!

    Responder

Alan C

30 de novembro de 2020 às 22h37

Ficar refém de um cara que é sinônimo de derrota eleitoral?? Ninguém é maluco.

Responder

Sebastião

30 de novembro de 2020 às 22h24

Uma voz ativa enfrentando o lulismo que domina a direção nacional do partido. Direção esta, que impede a renovação do PT. Lula foi o maior derrotado e já tinha cantado essa pedra, que a mídia teriam o prazer de dizer que Lula e Bolsonaro foram derrotados. Que Lula diminua o ego, e deixe o PT andar com suas próprias pernas.

Responder

Netho

30 de novembro de 2020 às 22h02

É chegada “a hora de vaca desconhecer bezerro”, segundo Benedito Valadares.

Responder

mallman santos

30 de novembro de 2020 às 22h01

Se Ciro for o dito candidato da Esquerda … voto pela primeira vez… na Direita.!!

Responder

Netho

30 de novembro de 2020 às 22h00

Chegou “a hora de vaca desconhecer bezerro”, como dizia o folclórico governador de Minas Gerais, Benedito Valadares.

Responder

Sergio da Matta

30 de novembro de 2020 às 17h10

Ciro perdeu o bonde da história qd se recusou ser candidato a vice de Lula. Hoje seria o presidente da República, com todos os votos petistas indo pra ele, além da centro-direita. Com as declarações de hoje ele sepulta definitivamente qualquer possibilidade de receber voto do PT pra presidente e sair de seus eternos 12%.

Responder

Deixe uma resposta