Live do Cafezinho (19h): que segurança pública que queremos?

Eleito prefeito do Rio, Paes afirma que não vai rivalizar com Bolsonaro: “farei política”

Por Redação

01 de dezembro de 2020 : 11h13

Nesta terça-feira, 1, a Folha publicou a primeira entrevista com o prefeito eleito do Rio, Eduardo Paes (DEM), que vai assumir a cidade pela terceira vez após derrotar o atual gestor, Marcelo Crivella (Republicanos).

Em Janeiro de 2021, o demista vai sentar na cadeira de prefeito com uma situação bem diferente. Desta vez, com uma crise econômica aprofundada pela pandemia, desemprego em alta e crise sanitária sem precedentes na história do Rio e Paes ressalta que deseja aprofundar sua atuação político-partidária.

Com isso, o prefeito eleito afirma que não vai rivalizar com o presidente Jair Bolsonaro que na qual já teve um contato rápido.

“Foi boa, rápida. Obviamente fiz uma brincadeira. Falei: “Não consegui te livrar do Witzel, mas te livrei do Crivella”. Ele disse: “Passa aqui, toma um café comigo”. Vou lá com o maior prazer”

Além do contato por telefone, Paes também deve aprofundar uma relação política-insitucional com Bolsonaro.

“Vou fazer mais política do que fiz nos meus outros mandatos. Temos duas figuras do DEM que são o presidente [da Câmara] Rodrigo Maia e o presidente [do DEM] ACM Neto. Mas vou palpitar, opinar e ajudar. Quero atuar mais aqui, no Rio. Se o [governador interino] Cláudio Castro for bem, talvez apoiar [a reeleição]. O Rio precisa sair desse lamaçal em que se enfiou”

Para ler a entrevista completa, clique aqui.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Tony

01 de dezembro de 2020 às 11h21

Mais uma prefeitura que a esquerda ganhou….kkkkkkkkkkk

Responder

Deixe uma resposta