Live do Cafezinho (19h): que segurança pública que queremos?

Juliano Medeiros destaca fortalecimento de Boulos para 2022

Por Redação

01 de dezembro de 2020 : 11h46

O presidente municipal do PSOL em São Paulo, Juliano Medeiros, destacou a importância do resultado obtido por Guilherme Boulos (PSOL) em São Paulo e que o psolista se consolida como uma força para 2022.

“Falando em termos absolutamente pessoais, o Guilherme Boulos pode ser o que ele quiser em 2022”

Em entrevista ao Globo, Medeiros também falou que o PSOL saiu fortalecido graças ao compromisso com uma agenda popular e democrática.

“A campanha do Guilherme e os seus discursos mostram que o projeto do PSOL têm lado. Nosso lado é combater as desigualdades, o que significa fazer com que as pessoas que estão à margem da riqueza possam ter acesso a essa riqueza. Isso só pode ser feito impedindo que uma minoria ínfima concentre uma riqueza absurdamente desnecessária”

Para ler a entrevista completa, clique aqui.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Rutilo Góis

01 de dezembro de 2020 às 22h12

Boulis nao sera ninguem em 2022. Deixa de viajem…
É cada analise politica que vcs empurram…
Dirwita ganhou e vai ganhar de novo em 22…
Hora de se refazer…repensar e esquecer Lula e esses diacuraos radicais e extremos…

Responder

Garrincha

01 de dezembro de 2020 às 15h59

Temos que parabenizar o Boulos…dessa vez ele fez o possível para arranjar o primeiro emprego da vida dele…kkkkkkkkkkkkkk

Responder

Ronei

01 de dezembro de 2020 às 12h10

Mas Boulos nao é de extrema esquerda…? Estrema esquerda pode…?

Responder

Valeriana

01 de dezembro de 2020 às 12h10

A unica verdade é que nao ha ninguem viavél para enfrentar Bolsonaro e difcilmente aparecera até 2022.

Responder

Deixe uma resposta