Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Boulos admite que unidade de esquerda não é suficiente para a vitória e cobra diálogo

Por Redação

11 de dezembro de 2020 : 16h17

Nesta sexta-feira, 11, o ex-candidato a prefeito de São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL), concedeu entrevista a Agência Pública e admitiu que unidade de esquerda não é suficiente para derrotar o presidente Jair Bolsonaro.

“A unidade sozinha não vai dar vitória para a esquerda, a unidade é uma mensagem importante, mas ela não é suficiente para uma vitória, para derrotar o bolsonarismo. Tem um outro desafio que é reconectar a esquerda com o povo, esse desafio é a minha obsessão há 20 anos atuando no movimento de base, no MTST, nas ocupações de terra, nas lutas sociais”

Além disso, o líder do PSOL também cobrou diálogo fraterno das lideranças com o povo e afirmou que têm disposição para construir esse diálogo.

“Eu acho que é possível construir o diálogo. Se esse diálogo vai conseguir desaguar numa frente, numa expressão única da oposição em 2022, isso é difícil de saber. Isso depende também da disposição de cada ator, eu tenho essa disposição de construir esse diálogo de peito aberto e de chamar e ter outras lideranças na mesa, ter outras forças políticas na mesa. Buscar construir”

Por fim, Boulos discordou do ex-prefeito Fernando Haddad (PT) de que Bolsonaro saiu fortalecido nessas eleições.

“Eu tenho muito respeito pelo Fernando Haddad, é um amigo, sou grato pelo apoio dele dedicado no 2º turno aqui em São Paulo, mas me permito discordar dele em relação ao balanço das eleições. O bolsonarismo e o Bolsonaro foram os grandes derrotados dessas eleições. É claro que o centrão, que dá sustentação hoje ao governo Bolsonaro no Congresso, teve vitórias. O direitão melhor dizendo. Essa turma teve vitórias, mas essa não é uma vitória do bolsonarismo e do Bolsonaro. O Bolsonaro onde tocou deu errado, então eu não tenho essa leitura”

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Luiz Carlos Pauli

12 de dezembro de 2020 às 08h27

Esquerda no Brasil, acabou. E mesmo caso consiga algum dia a presidência, será massacrada nas redes, e em todo lugar. Ninguém, jamais esquecera, os roubos ao trabalhador brasileiro, feitos pela esquerda brasileira.

Responder

    José Almeoni

    13 de janeiro de 2021 às 16h27

    substitua esquerda por pt e sua afirmação passa a ter um fundo de verdade.

    Responder

Justiceiro

11 de dezembro de 2020 às 21h00

Viu? Foi só o Boulos perceber que pode andar sozinho sem a sombra da saia do Lula que começou a falar o que pensa de verdade sem ter a obrigação de agradar a lulopetezada fanática.
Quando o PT não está influenciando as coisas ficam bem mais claras e fáceis.
Seja bem vindo Boulos ao mundo real.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?