Live do Cafezinho (19h): que segurança pública que queremos?

Sem eficácia contra Covid-19, venda de invermectina cresce 446% em 2020

Por Redação

09 de janeiro de 2021 : 09h01

A venda de invermectina no mercado farmacêutico teve um crescimento na pandemia e chegou a marca dos 446% em 2020.

Os dados vem da IQVIA, uma das maiores consultorias de informações sobre a saúde, e foram obtidos por indústrias do setor.

Sem eficácia comprovada por autoridades sanitárias para contenção do novo coronavírus, o medicamento é citado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que sem provas defendeu o uso da medicação contra o doença.

Em 2020, a indústria comercializou 42,3 milhões de caixas do remédio, com pico em julho, onde vendeu mais de 12 milhões. O medicamento integra o chamado ‘Kit Covid’, conjunto de medicamentos sem comprovações cinentíficas contra a doença, que inclui a hidroxocloroquina e azitromicina, também defendidas por Bolsonaro.

A invermectina foi liberada da retenção de receita em farmácias no mês de setembro. O medicamento é utilizado por pessoas que, sem sintomas, o ingerem como forma preventiva a uma eventual contaminação.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Damião organizador LAROUCHE

09 de janeiro de 2021 às 19h41

Censura?, o café está amargo para quem diverge!

Responder

Damião organizador LAROUCHE

09 de janeiro de 2021 às 10h27

A IVERMECTINA é eficaz contra vírus de RNA, como influenza e COVID-19. Ele se liga à proteína spike de COVID, entre outros pontos antivirais de intervenção contra a penetração, ligação e replicação das células virais. Essas observações, no entanto, deixam de explicar seu grande benefício, mesmo em estágios avançados de COVID, onde a doença é sustentada por inflamação, não pela replicação do vírus. A droga, de fato, inibe a inflamação por múltiplas vias.

Responder

Damião organizador LAROUCHE

09 de janeiro de 2021 às 10h22

REVISAO DE EFICACIA DA IVERMECTINA
https://covid19criticalcare.com/wp-content/uploads/2020/11/FLCCC-Ivermectin-in-the-prophylaxis-and-treatment-of-COVID-19.pdf
voces sao fanaticos. se o bolsonaro falou já consideram errado?
https://larouchepub.com/pr/2020/20201231_delay.html

Responder

Deixe uma resposta