Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

(Brasília - DF, 05/02/2020) Reunião com Sergio Moro, Ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública e Secretários.rFoto: Marcos Corrêa/PR

Após ser considerado suspeito, Moro afirma que acertou nas suas decisões

Por Redação

24 de março de 2021 : 20h12

O ex-juiz Sérgio Moro se pronunciou pela primeira vez após ser considerado suspeito pela segunda turma do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre as condenações contra o ex-presidente Lula.

Mesmo com o julgamento, Moro afirma que “apesar da decisão da segunda turma do STF, tenho absoluta tranquilidade em relação aos acertos das minhas decisões, todas fundamentadas, nos processos judiciais, inclusive quando aqueles que tinham acusado o ex-presidente”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

10 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

dcruz

26 de março de 2021 às 14h53

O cínico enche a boca e diz, “recuperamos mais de quatro bilhões de reais”. É o caso de se perguntar, só isso? Nem precisa a comparação óbvia com o prejuízo causado ao pais com a falência de grandes empresas e a ascensão de outras estrangeiras para substituí-las. Perguntas que poderiam ser feitas, quanto levaram os moros e dallagnois da vida nessa estapafúrdia troca? Quatro bilhões, certamente não são de Lula, a propósito, onde está o dinheiro de Lula e d.Marisa no exterior?E os taís delatores premiados que ainda continuam a viver nababescamente? Esse senhor deve colocar os rabinho entre as pernas e dar-se por muito feliz, como tudo indica, as investigação sobre os mentores da Lava Jato ficarem por aqui no meio do caminho. É bom ele pensar nisso tudo antes de se candidatar à presidência, aí ele vai ver o que é bom pra tosse, vamos ter chumbo grosso pra todo lado.

Responder

Paulo

25 de março de 2021 às 11h52

Essa bosta ainda está solta?

Responder

Alan C

25 de março de 2021 às 11h00

Quem?? Esse cara não é mais nada, é apenas o cidadão que no passado ajudou o asno a se eleger, hoje o marreco complexado é um nada.

Responder

    Alexandre Neres

    25 de março de 2021 às 12h55

    Tu viu que a Andressa criou um clone exatamente com a mesma alcunha que você?

    Responder

Paulo

24 de março de 2021 às 21h23

Mais de 200 condenados na Lava-Jato. R$ 4 bilhões devolvidos aos cofres públicos (só de Palocci virão quase R$ 100 milhões). Lula condenado uma única vez por Moro. Mas é nesse porém que o bicho pega. Até o Centrão passou a ser garantista e lulista…Que fique claro: se foram cometidos excessos na condução dos processos, quer por Moro, quer pelos procuradores, que sejam apurados com rigor e os responsáveis, punidos exemplarmente. Mas a oxigenação da política iniciada pela Lava-Jato tem que prosseguir, custe o que custar. E não será com Lula nem com Bolsonaro que isso ocorrerá. Vão se proteger e aparelhar os tribunais superiores. #Democracia em Risco!

Responder

Tony

24 de março de 2021 às 20h56

Os crimes cometidos por Lula, seus comparsas e mais um monte de tranqueiras julgados por Moro continuam sendo claros e inconfutaveis.

Para os brasileiros não mudou nada, Moro é símbolo da lava jato e Lula um pilantra do primeira categoria….kkkkkk

Responder

    Ugo

    24 de março de 2021 às 22h13

    Desse jeito Lula vai ser obrigado a se candidatar sem querer (nem em 2018 queria foi obrigado a se candidatar quando viu que os processos contra ele estavam indo para frente e criar a narrativa da persecução política).

    O Pilantra Máximo tá entrando numa sinuca de bico… se tornar elegívelbe se candidatar sem querer sabendo que vai perder e manchar a própria biografia com uma derrota inútil a beira dos 80 anos ou correr inventando uma das suas mentiras clássicas de repertório.

    Vai dizer que não poderá fazer campanha na rua mesmo vacinado por causa da idade e medo de pegar o vírus ou que o partido não quis ele candidato…?

    Responder

    Getúlio

    25 de março de 2021 às 10h53

    Tôny, alguém que acusa alguém de crimes sem Ato de Ofício, sem especificar qual crime, apenas por convicção, sem prova material, assim como você faz, pode ser processado e obrigado apresentar provas. Você sabe de uma Conta, um Patrimônio, um Contrato que prova os crimes de Lula? Acho que no futuro Dallagnol e Moro serão processados por tudo isso. Cuidado!

    Responder

Alexandre Neres

24 de março de 2021 às 20h41

Moro está coberto de razão. Suas decisões se mostraram acertadas. Afinal de contas, atingiu seu objetivo principal ao impedir Lula de concorrer às eleições de 2018 e assim eleger o capitão genocida, desgoverno do qual fez parte e é responsável direto.

Responder

    Ugo

    24 de março de 2021 às 22h20

    Lula não queria se candidatar em 2018, foi obrigado quando viu que os processos contra ele estavam indo para frente.

    Em 2010 e 2014 ninguém votou na Dilma mas sim no padrinho dela…o mesmo poderia ter acontecido em 2018 mas não aconteceu, a era do PT acabou com o impeachment da Dilma.

    Ainda não conheçe ou finge de não conhecer a malandragem do Pilantra Máximo…?

    Responder

Deixe um comentário