Despolarizando: pesquisa Datafolha neutraliza a terceira via?

Ciro fala sobre articulação com os partidos de centro

Por Redação

16 de abril de 2021 : 11h56

Na noite desta quinta-feira, 15, o vice-presidente Nacional do PDT, Ciro Gomes, reiterou o diálogo permanente com o blocão de centro esquerda formado por PSB-PV-Rede e explanou sua articulação com alguns partidos que atualmente compõem o centro democrático.

“A partir daí nós vamos conversar com o DEM que não está no Centrão e sofre uma confusão interna, divido em três partes. A primeira quer ficar com o Bolsonaro, segunda quer filiar o Huck e a terceira parte quer apoiar o [João] Doria. Eu estou querendo que eles venham comigo”, revelou.

Outra legenda que está no radar do trabalhista é o PSD presidido pelo ex-ministro Gilberto Kassab e que abriga o atual prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, possível candidato ao Governo de Minas Gerais.

“O PSD também virou um partido relevante do ponto de vista desse acesso a centro-direita e que tem uma figura muito importante emergindo na política brasileira que é o atual prefeito de Belo Horizonte, que tem a condição favorita de ser o governador de Minas Gerais, o [Alexandre] Kalil”, disse.

“Essa é a minha tática clara e transparente para que o eleitor ao olhar para minha posição entenda que eu estou propondo essa aliança para que não seja apenas um ajuntamento fisiológico”, completou.

As afirmações foram feitas no Clubhouse “Política e Patuscada”. Além de Ciro Gomes, o cantor Tico Santa Cruz também foi convidado.

Um adendo

O grupo que mediou e que organiza a sala é composto por jovens de diversas regiões do país, de 20 a 35 anos, interessados em política e com diversas visões de mundo. Não existe associação, na sala, a nenhuma corrente ideológica-partidária.

A iniciativa tem como objetivo criar um espaço de debate democrático na defesa do pluralismo e do respeito político. Os integrantes da sala são: André Montoro, Jess Peixoto, Gabriel Lepletier, Monique Margo, Gabriel Olendorf, Bia Nóbrega, Josemar Filho e Cecília Lopes.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

27 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Patrice L

18 de abril de 2021 às 02h24

Parece que Redação não gostou e então não publicou meu comentário

Responder

Otávio

17 de abril de 2021 às 15h24

O Ciro realmente é fantástico, Excepcional, messiânico. Isso é claro prós 5% de eleitores a nível nacional que ele tem. Agora, com o Lula fora da disputa a régua baixa inacreditavelmente, aí nos lembramos que em 18 o Messias de Sobral ficou atrás do Haddad. Então faça me o favor, parem de mínimo. “Quadro muito preparado” só se por para o magistério ou, sendo bem razoável, para comandar algum ministério. Para presidente nunca, nunca será e não tem estrutura nem estatura para o cargo.

Responder

FABIO MAIA

17 de abril de 2021 às 09h09

Do lado de Doria e AMOEDO, Renan e um estadista. Fim

Responder

Alan C

17 de abril de 2021 às 08h36

O candidato que todo mundo fala isso e aquilo mas no final todo mundo copia, suas falas, seu programa, suas ideias… Vida que segue.

Responder

    Batista

    17 de abril de 2021 às 18h43

    Devoto, tem toda razão, todo mundo copia Narciro, principalmente sua grande sacada de vida, carro chefe na campanha de 2018, a ‘Nome Limpo’, a promessa de limpar no Serasa a dívida de 64 milhões de cidadãos brasileiros.

    Não houve político candidato a presidente que não a copiasse, né mesmo?

    Genial, ‘Nome Limpo’!

    E ‘assim caminha a [devota] humanidade’ para o EU, expelindo narrativas que não pairam no ar, desmancham-se, mesmo em tempo de mediocridade, sem filtro, à moda.

    Responder

Helio

17 de abril de 2021 às 01h47

Ô Ciro, vê se te manca, cara!
Com 6% de perspectiva de voto e em queda, se amesquinha cada vez mais com esse comportamento tresloucado e insultuoso.
A população conhece o trabalho de Lula e, por isso, já se decidiu por ele.

Responder

Otavio

16 de abril de 2021 às 21h02

Comentarios criticoas ao conteudo e linha editorial tendenciosa em defesa do Cirolipa sao excluidos. PIG 2.0. So pra dar trabalho pro moderador excluir novamente. Cirominios…

Responder

Jandui Tupinambás

16 de abril de 2021 às 20h36

virou esgoto

Responder

Francisco*

16 de abril de 2021 às 20h23

O Ciro Como Ele É…, na Rádio Bandeirantes, hoje – 3.

“Eu quero unir o Brasil. A situação é a pior da história. Neste momento, mais da metade do povo está sem oportunidade de trabalho decente. Vivendo de bico sem garantia de vida. Pandemia, economia, um desastre geral. Infelizmente, o Lula só pensa em política. Ao só pensar em política, ele não tem critério nenhum. Faz de conta que somos um bando de imbecis, idiotas, cegos, desmemoriados, que temos que dar amém para todo tipo de contradição dele. Ele está agarrado com Renan Calheiros. Procurando Valdemar Costa Neto. Lula não se renova. Pode fazer o que quiser e bem entender que todo mundo bate palma. Isso corrompeu ele. Tenho estima pelo Lula, mas, para ele, o Brasil é um detalhe. O negócio dele é ele, ele, ele e ele de novo. Eu estou em outra, vou tentar propor um projeto.”

Ao cravar, “O negócio dele é ele, ele, ele e ele de novo. Eu estou em outra, vou tentar propor um projeto”, oferece-nos o suficiente á boa compreensão do intento de enxergar-se no outro.

E fechando com ‘chavão de ouro’:

“E acredito que o lulopetismo é parte central do nosso problema. Existiria o bolsonarismo radical se não fossem as contradições do PT? É uma pergunta simples, qualquer pessoa pode pensar. Não existiria. A população votou nesse despreparado porque perdeu emprego, assistiu a uma massa de escândalos (…). Agora, para enfrentar Bolsonaro, vamos obrigar o povo a esquecer tudo isso? O passado é uma roupa que não nos serve mais.”

Nos faz reconhecer que “o lulopetismo é parte central do nosso [dele) problema [não conseguir chegar ao segundo turno]” e que nada é mais ‘presente’ que O Ciro Como Ele É…

Responder

Pedro

16 de abril de 2021 às 20h20

Ciro Gomes é sem dúvida a melhor opção disparado pra 2022. Pode unir o país em torno de um grande projeto de desenvolvimento. Lula não tem um projeto, tanto que teve 85% de aprovação e não fez reforma alguma quando presidente. Resultado: o que deu com uma mão, foi retirado com outra a seguir no governo Dilma por sucessivos erros na política macroeconômica. Nós voltamos a estação zero, e agora Lula não terá onda pra surfar. É melhor deixar alguém que seja realmente competente e tenha compromisso com um projeto de médio e longo prazo. Ciro é um brasilianista estudioso e competente na prática. Salvou o Real, foi excelente prefeito e governador. Não tem mancha e pode unir o país. Lula com certeza irá reforçar e continuar a guerra e a polarização com a direita o que não ajuda em nada mas atrapalha.

Responder

    Francisco

    17 de abril de 2021 às 20h04

    Já dizia o mestre-cuca, cobertura demais empanturra.

    O cirista em questão, empanturrado de ideias, planos, projetos de desenvolvimento, genialidades, competências, compromissos, santidade e capacidade unificadora, de Ciro, descobriu mais uma qualidade ímpar a somar-se as demais: “Ciro é um brasilianista estudioso e competente na prática”, atestando a prática com a afirmativa, “Salvou o Real, foi excelente prefeito e governador”.

    Confesso que curioso pela descoberta de Ciro ‘brasilianista’ e ainda mais curioso pelo ‘reforço’ do estudioso ao ‘brasilianista’, gostaria de saber como se encaixa ‘brasilianista’ a Ciro e o que faz o ‘brasilianista’, não estudioso, sem esquecer da maior curiosidade suscitada: Como Ciro “Salvou o Real”?

    Responder

      joel Duarte

      18 de abril de 2021 às 20h22

      Ciro:
      Experiência no Ministério da Fazenda, 3 meses de experiências
      Prefeito de Fortaleza – graças a Tasso Jereissati – não completou o mandato,saiu na metade porque Tasso quis que fosse o candidato ao governo. Também não completou o mandato de governador.

      No governo do estado trocou o professor por uma televisão.
      https://www1.folha.uol.com.br/fsp/1996/5/26/brasil/23.html

      Não permitiu que se investigassem suspeitas de superfaturamento nas obras do Canal do Trabalhador, que pouco dias de inaugurado começou a se deteriorar.
      É LIMPO QUE NÃO TEM MEDO DE INVESTIGAÇÃO E NÃO INTERFERE PARA NÃO SER IVESTIGADO.
      Saiu com popularidade alta, porque é amigo da mídia local

      Responder

Francisco*

16 de abril de 2021 às 20h15

O Ciro Como Ele É…, na Rádio Bandeirantes, hoje – 2.

“Palocci, braço direito do Lula, devolveu R$ 100 milhões! Fez delação premiada. O Sergio Machado também devolveu milhões. Geddel, Eduardo Cunha… Não é possível que a população seja insultada em sua dignidade com essa sensação desagradável de que, se você tiver um bom advogado, a impunidade é prêmio para todo tipo de mal feito”.

Sem comentários, o trecho exala um junto e misturado de Alexandre Garcia, Diogo Mainardi e Pedro Bial, quer no estilo, quer no conteúdo, quer no…

Responder

Francisco*

16 de abril de 2021 às 20h10

O Ciro Como Ele É…, na Rádio Bandeirantes, hoje.

“Ao Supremo cabe a última palavra. Temos que ter respeito, acatamento. Isso dito, não somos obrigados a admirar todas as decisões que os ministros tomam. Nesse caso, tudo foi feito errado. Em 2015, 2016, 2017, 2018 eu tentei avisar muitas vezes que o comportamento do então juiz Sergio Moro estava semeando nulidades. Não sou adivinho, dava para saber (…). Agora estamos falando de condenações que levaram Lula a 580 dias de cadeia. Como o STF vai explicar que essa decisão é ‘não, não, estava tudo errado’? Só viram agora? Depois de tudo feito? Todas as coisas óbvias que aconteceram?”

“Estava tudo errado?”
Sim, estava e esteve tudo sempre errado, tanto que o próprio Ciro diz, “não sou adivinho, dava para saber…”, e que, “em 2015, 2016, 2017, 2018, tentei avisar muitas vezes que o comportamento do então juiz Sergio Moro estava SEMEANDO NULIDADES”.

“Só viram agora? Depois de tudo feito?”
É óbvio que informalmente não só viram isso antes, como otras cositas más’, juntas e misturadas a “todas as coisas óbvias que aconteceram”, segundo Ciro, mas que formalmente, como explicado durante o julgamento pelo ministro Alexandre de Morais, só recentemente ‘a provocação’ chegou ao STF para que se manifestasse, o que estavam fazendo.

Afinal, quais “todas as coisas óbvias que aconteceram”, Ciro?

Responder

MAURICIO FRANCA RUBEM

16 de abril de 2021 às 20h05

Ciro, só uma pessoa pode chegar a Presidência. Pense que para isso é preciso ter laços concretos com propostas partidárias, o que não é o seu caso. Contente-se em se candidatar ao senado ou ao governo do Ceará, se quiser ganhar, obviamente com o apoio do PT, senão lançamos a Luzianne. Abraço!

Responder

Paulo

16 de abril de 2021 às 17h52

Pena que Márcio França será candidato ao governo estadual. Seria um ótimo aliado, para Ciro, como vice. Renderia alguns votos em São Paulo e, quem sabe, na bacia das almas, iria pro 2º turno com Bolsonaro. Isso sem prejuízo da aliança com o Kalil, mas com o mineiro saindo pra governador. E sem prejuízo de outras alianças, mais à centro-direita, pra tirar a pecha de esquerdista de Ciro. Sim, porque se ele for percebido assim, pelo eleitorado, não passa. Não cabem dois esquerdistas no 2º turno, e uma vaga parece que já tem dono…

Responder

    Paulo

    16 de abril de 2021 às 17h53

    Ops, 2º turno com Lula…

    Responder

Belchior Medeiros

16 de abril de 2021 às 16h46

CIRO busca uma frente capaz de vencer Bolsonaro e Lula. Para tanto é necessário chegar ao segundo turno, por isso Ciro tá correto em ampliar sua base para o centro e até para a centro direita democrática anti bozo.
Eu não tenho duvida de que Ciro conseguindo chegar ao segunfo turno vence tanto o bozo quanto o Lula. O ideal seria um segundo turno entre Ciro e Lula, pois haveria um debate político sobre a economia com mais profundidade onde o PND de Ciro seria o centro do debate já que o PT imitou a economia de FHC durante seus mandatos.
Abraço
Belchior

Responder

Sebastião

16 de abril de 2021 às 15h36

Ciro é tão controverso, quanto Kajuru. Vim.na diferença que este não tem projeto de poder. Muda sempre a versão, conforme os ouvintes. Fala de Renan, mas vai se aliar ao partido de Kassab. E claro que se ele pudesse, estaria também, atrás do apoio do MDB. Cinismo é pouco pra Ciro.

Responder

Getulio

16 de abril de 2021 às 14h02

A qualidade intelectual de Ciro Gomes contrasta com sua inabilidade política. Os seus 5% o habilita apenas para um bom apoiador, para obter sua merecida vaga para Ministro da Economia. De a mão para o Lula e vamos reabilitar o Brasil.

Responder

Alexandre Neres

16 de abril de 2021 às 12h19

Enquanto em uma matéria leva-se a crer que o PT faz uma negociata para obter apoio da centro-direita nos estados, na outra o mundo é cor-de-rosa: “Essa é a minha tática clara e transparente para que o eleitor ao olhar para minha posição entenda que eu estou propondo essa aliança para que não seja apenas um ajuntamento fisiológico”.

Responder

    Gustavo

    16 de abril de 2021 às 12h38

    Não vi nenhum juízo de valor na matéria sobre as negociações do PT com partidos de centro.

    Responder

      Alexandre Neres

      16 de abril de 2021 às 23h49

      Meu caro Gustavo, é preciso ler nas entrelinhas. Li a matéria-mãe, a da Folha se não me engano, lá se comentava também do PSB, que naturalmente foi excluído cá. Digamos assim, foi bem mais discreta do que emplacar 3 matérias do Renan Calheiros cogitando um possível apoio a Lula, sem trazerem nada de novo. Abraço

      Responder

    Otávio

    16 de abril de 2021 às 13h36

    Esse site virou fã clube do Cirolipa. É recalque que fala???Críticas construtivas são sempre bem vindas, até necessárias. Agora, acusar os adversários por fazer a mesma coisa que o meu “malvado” favorito faz é, pra dizer o mínimo, desonestidade intelectual. Ironia das ironias, o Ciro atacou de forma feroz outros veículos, acusando alguns deles de ter financiamento do PT, e olha que nenhum dos acusados fez ou faz metade pelo PT que o cafezinho faz pelo Cirolipa. Bolsominions de sinal trocado, nem tão trocado assim…

    Responder

    Heitor Couto

    16 de abril de 2021 às 20h07

    Queria ver essa cobrança de imparcialidade do DCM, 247, Revista Fórum…vcs são muito hipócritas, namoral! Kkkkkk

    Responder

Alessandro Pereira

16 de abril de 2021 às 12h05

Ciro Gomes é uma figura.

Responder

    Galinze

    16 de abril de 2021 às 17h30

    Grotesca.

    Responder

Deixe uma resposta