Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Boulos se reúne com Lula para discutir 2022

Por Redação

20 de maio de 2021 : 10h34

O ex-candidato a prefeito de São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL), se reuniu com o ex-presidente Lula (PT) na noite desta quarta-feira, 19. De acordo com Boulos, o encontro foi para “falarmos da oposição a Bolsonaro e dos desafios da esquerda no Brasil”.

O líder psolista é um dos possíveis candidatos ao governo de São Paulo em 2022. Além de Lula, Boulos também já se reuniu com o presidente Nacional do Republicanos, Marcos Pereira, e o vice-presidente Nacional do PDT, Ciro Gomes.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

José Ricardo Romero

21 de maio de 2021 às 07h47

Boulos poderia andar em melhores companhias. Vai embarcar numa roubada. O medo pânico do Lula é o bozo ser apeado do poder antes das eleições. A sua maior chance é polarizar com bozo, o melhor cenário eleitoral para qualquer candidato. Se bozo cair antes, o que é muito provável, Lula teria então um ou mais concorrentes de verdade. Aí ele perde porque o sentimento anti-petista e a antipatia com Lula dos eleitores continua muito grande. A “casa grande” vai fazer de tudo para continuar no poder e derrotar o petismo até a sua extinção, mesmo se “por falta de melhor” tiver que optar por algum candidato de centro esquerda ou até mesmo de esquerda.
Acrescentando: a compreensão deste dilema lulista está arregimentando forças (razões sobram) para derrubar o quanto antes o bozo. Aí as forças políticas de centro e direita se sentiriam mais à vontade, visto que seus naturais candidatos desapareceram.

Responder

Saul

20 de maio de 2021 às 20h28

Quem se reúne com bandido nao pode ser considerado outra coisa que não bandido também.

Responder

    Tony

    21 de maio de 2021 às 08h07

    O gado pira no barba kkkk

    Responder

Paulo

20 de maio de 2021 às 12h34

A esquerda só é boa no parlamento…

Responder

Deixe um comentário