Paris Café: O PT tem um projeto de governo? Qual é?

Militante petista filma Moro nos EUA

Por Redação

19 de junho de 2021 : 08h48

Na noite desta sexta-feira, 18, a jornalista Patrícia Lélis, que vive em Washington (EUA) flagrou o ex-juiz e ex-ministro de Jair Bolsonaro, Sérgio Moro, andando tranquilamente pelas ruas de Georgetown.

A jornalista gravou um vídeo e mandou um recado para Moro que foi declarado parcial pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no processo que condenou o ex-presidente Lula (PT). “Vou só mostrar para vocês. Aqui está andando no meio da rua o homem que destruiu o Brasil”, disse, apontando a câmera do celular para Moro que ficou irritado com a atitude.

Constrangido e humilhado, Moro revidou e chamou a jornalista de “mocinha” e Patrícia respondeu com um “Lula livre”. Lélis diz que já é a terceira vez que encontra Moro nas ruas e garante que “vou xingar toda vez que eu encontrar”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

17 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alexandre Neres

20 de junho de 2021 às 22h00

Tem gente que nasceu para fazer papel de idiota. Mesmo um Judiciário corporativista ao extremo não teve como se quedar inerte e declarou para a eternidade que Sergio Morto era um juiz parcial e suspeito, a pior espécie de juiz que pode existir.

O marreco nunca se preocupou com corrupção. Apenas se aproveitou do mote. Alguns processos andaram em marcha lenta, outros nem prosperaram. Atingiu seu objetivo, que era o de interferir nas eleições de 2018 e tirar Lula do páreo. Sem o mínimo pudor, foi ser ministro do desgoverno inepto que ajudou a eleger. É um descarado.

Afora isso, destruiu todas as áreas da indústria em que éramos competitivos internacionalmente. Cadeia de petróleo e gás, construção civil, indústria naval, carne processada etc. A pretexto de combater a corrupção, quebrou o país, gerando muito prejuízo e deixou um cenário de terra arrasada. Depois, fugiu do país para se abrigar sob a aba da metrópole que o escalou para a missão. Nem ao menos procurou disfarçar sua cara de pau.

No espectro político, está situado na extrema-direita, o mesmo de Jair. Witzel, que não é flor que se cheire, contou casos do arco da velha de Moro, que funcionava como menino de recados do presidente e intimidou o porteiro do condomínio do genocida. É impressionante a capacidade de certas pessoas de não enxergarem um palmo à frente do nariz e de recaírem sempre no mesmo erro.

“Sergio Moro foi um dos maiores responsáveis pela destruição do Brasil. Eu estava lá, aplaudindo esse desgraçado, jurando que estava do lado certo. Maldito seja, para todo o sempre. Agora esse sujeitinho vive nos EUA, após abandonar o país que ajudou a destruir. É, acima de tudo, um covarde”, escreveu Felipe Neto.

Responder

Ricardo JC

20 de junho de 2021 às 16h15

Militante petista!!! Isso é um absurdo. Patricia Lélis foi namorada do Eduardo Bolsonaro e esteve envolvida no caso com o pastor Marco Feliciano. A chamada da “matéria” é uma canalhice!!!

Responder

Aldrin Jefferson Azevedo

20 de junho de 2021 às 14h51

Marreco golpista FDP

Responder

EU

20 de junho de 2021 às 09h09

MILITANTE CIRISTA DISFARÇADO DE ESQUERDA,DÁ MANCHETE NO SEU SITE,SOBRE A MILITANTE PETISTA !!!

Responder

Kleiton

19 de junho de 2021 às 16h13

Marreco ridículo ídolo da bozolandia

Responder

Kleiton

19 de junho de 2021 às 14h36

Gente educada hein….

Responder

Ronei

19 de junho de 2021 às 11h25

MITOU!

Responder

Jeová

19 de junho de 2021 às 10h48

Loola livre, por uma merda de um ex-juiz; mas não inocente. Projeto Nacional de DEsenvolvimento – PND. Agora é Ciro! #Ciro2022.

Responder

    Ricardo JC

    20 de junho de 2021 às 20h02

    Até que se prove a culpa dele, o que nem de longe ocorreu nos processos conduzidos por Moro, ele é inocente sim. Ficar repetindo esses bordões canalhas do Ciro Gomes não vai levar vocês a lugar algum.

    Responder

      Kleiton

      20 de junho de 2021 às 22h12

      Não só o Moro o julgou, foram mais 2 colegiados para um total de 9 juízes unanimemente.

      Pergunte aos brasileiros o que acham a respeito…

      Responder

Luiz Cláudio

19 de junho de 2021 às 10h29

Ainda procurando a capa?

Responder

EdsonLuiz.

19 de junho de 2021 às 09h49

O que essa jornalista faz quando encontra na rua qualquer um dos barões corruptores donos das empreiteiras condenadas pelo ex-juiz Sérgio Moro?

O que ela faz quando encontra um Odebrecht por exemplo, abraça e pede desculpas?

Quem destói um país são aqueles que combatem a corrupção ou os empresários e políticos corruptos?

Eu sempre vou concordar com quem manifestar insatisfação com excessos eventuais cometidos no combate à corrupção, como Sėrgio Moro cometeu, mas hostilizar alguém porque combateu corrupção? Não era para ter feito isto?

Corrupção é um modelo de negócio aceitável?

Mesmo que achássemos que corrupção não fosse tão venal à economia, o que fez realmente mal à economia brasileira na última dėcada foi terem afogado o Brasil na maior recessão econômica de nossa história. E maior, aqui, não é força de expressão não. A recessão gestada no Brasil a partir de 2006, com aceleração a partir de 2008 e que começou a mostrar crescimento negativo a partir do segundo semestre de 2014 foi a maior da história mesmo! A datação não é invenção minha. Datação de recessão é feita por um comitê de datação de ciclos econômicos – CODACE.

Não podemos desconsiderar os dados e os fatos e, a partir de narrativas, xingar as pessoas na rua. Acompanhar os fatos e formar opinião a partir de narrativas e não das fontes adequadas é negacionismo. E resulta em ignorância e má educação, como a dessa jornalista.

No Brasil, um extremo político é negacionista de várias coisas, é negacionista da ciência da pandemia viral, por exemplo. O outro extremo também é negacionista. É negacionista dos dados e fatos econômicos, é negacionista da economia.

Os dois extremos são ignorantes, os dois são mal educados, os dois são negacionistas, os dois são anti-progressistas. Os dois extremos não se equivalem por o serem em temas diferentes.

Em proporção bolsonaro e os bolsonaristas são mais negacionistas, mas os dois lados são.

Agora, ‘cá pra nóis’, que o ex-juiz Sėrgio Moro deu um vacilo indesculpável ao aderir inicialmente ao bolsonarismo, isso ele deu. Um juiz sabia, ou devia saber, que bolsonaro é perigosíssimo. Moro sö descobriu isso quando estava lá dentro? Será?

Responder

    Paulo

    19 de junho de 2021 às 22h31

    Texto irrepreensível. Denuncia ambos os lados. Comungo em geral…Mas, nesse particular, ainda acho o papel dessa senhorita deselegante, inadequado e pervertido…

    Responder

    Edibar

    20 de junho de 2021 às 11h18

    Você, EdsonLuiz, parece ser um cara fiel a princípios e valores, o que é bom. Diferentemente da maioria que escreve e comenta em O Cafezinho, que são fieis a seus políticos de estimação. Parabéns a você! Continue assim. Saudações!

    Responder

    EdsonLuiz.

    20 de junho de 2021 às 20h30

    Eu escrevi na resposta acima que a recessão de fato, o início do crescimento negativo, teve início no segundo SEMESTRE de 2014.

    Correto: a recessão gestada a partir de 2006, com aceleração desta gestação a partir de 2008, começou a se manifestar de fato, a apresentar crescimento negativo, a partir do segundo TRIMESTRE de 2014.

    São dados do CODAFE. Na datação técnica de ciclos econômicos o aompanhamento é registrado trimestralmente. Caracteriza uma recessão o crescimento negativo por dois trimestres consecutivos. Em 2014 houve queda forte no segundo trimestre e uma fumacinha de crescimento, na casa dos ~0,1%, no terceiro e no quarto trimestres de 2014. O CODAFE usa como critério a dinâmica da economia para datar os ciclos. Como o ~0,1 de crescimento não foi suficiente para recuperar a perda, a datação do ciclo foi dada como iniciada no segundo trimestre de 2014.

    A recessão durou 11 trimestres, com queda acumulada de 8,4% do PIB. A previsão era retomar em 2006 o nível da economia de 2014. A estagnação perdurou e, com a pandemia, eu nem imagino quando vamos voltar ao quadro daquele ano

    Segundo certos petistas, a culpa foi de Sérgio Moro, por condenar políticos e empresas corruptas. Moro cometeu sim pecadilhos que precisam ser saneados, mas não foi ele que destruiu a economia do país não. Não foi ele mesmo! E quando acontecer uma recessão, olhe para trás, para os fstos econômicos dos anos anteriores. Desequilíbrios econômicos não ocorrem de uma hora para outra. É preciso errar muito durante certo tempo para acontecer recessão.

    Gente, eu acho muito bom termos estado de espírito para rirmos da nossa própria cara, mas certas coisas, que envolvem a saúde, a educação, o emprego e a dignidade de trabalhadores, como a economia, temos que tratar de forma séria. Um país e sua economia não é coisa para moleques e nem para pessoas levianas. Assim ė fácil: é só xingar quem eu não gosto, colocar nele a culpa do desastre que eu criar, e dane-se aqueles que sofrem mais as consequęncias da minha irresponsabilidade e de meu populismo. Mas eu sentiria muita vergonha se vivesse fazendo isso.

    Responder

      EdsonLuiz.

      20 de junho de 2021 às 21h57

      *”A previsão era retomar em 2026 o nível da economia de 2014.”.

      Responder

    Kleiton

    20 de junho de 2021 às 22h14

    O interesse Moro era chegar ao STF via Bolsonaro, não é nenhum segredo isso…se lascou.

    Responder

Deixe uma resposta