Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Foto: Pedro França/Agência Senado

Diretora da Precisa afirma à CPI que Ministério da Saúde mentiu sobre valor da vacina Covaxin

Por Redação

14 de julho de 2021 : 19h49

Nesta quarta-feira, 17, a representante da Precisa Medicamentos, Emanuela Medrades, revelou em depoimento à CPI da Pandemia no Senado que o valor de cada dose cobrado pela farmacêutica indiana Bharat Biotech foi de US$ 15.

Ela também confirmou que a oferta inicial feita pela Bharat foi de US$ 18 por dose. Mas após ter confirmado essa informação, Medrades relatou a comissão que esse valor não seria repassado ao Ministério da Saúde.

De prontidão, os senadores perguntaram sobre a ata da reunião disponibilizada pela pasta onde consta que o valor da dose da vacina indiana poderia ser ofertada a US$ 10.

“Existia uma expectativa, mas nunca foi ofertado por esse preço e eu consigo demonstrar isso a partir de todas as minhas comunicações”, se limitou a dizer.

Sobre o documento emitido pelo Ministério da Saúde, a representante disse que a pasta então comandada por Eduardo Pazuello mentiu. Ela também confirmou que o valor não deveria constar no ofício do MS.

O memorial da reunião entre ela e os representantes do Ministério da Saúde também foi citado pelo deputado federal Luis Miranda (DEM-DF), que fez a denúncia de irregularidades para Jair Bolsonaro. Medrades alegou que o primeiro valor foi apresentado em janeiro deste ano e foi de US$ 15.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Tony

15 de julho de 2021 às 12h52

Em tempos de familícia, Calheiros é rei.

Responder

Tony

14 de julho de 2021 às 19h55

Ainda tà em pé o Circo Calheiros.

Responder

Deixe um comentário