Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Paes: “é inaceitável colocar o sistema eleitoral sob suspeita”

Por Redação

22 de julho de 2021 : 18h11

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), também se posicionou a respeito das ameaças do ministro da Defesa, general Braga Netto, feitas contra a realização das eleições de 2022. Assim como Jair Bolsonaro, Braga Netto defendeu arduamente o voto impresso.

Nas redes sociais, Paes afirmou que mesmo diante das derrotas nas eleições que disputou, não recorreu para descredibilizar as urnas eletrônicas e que é inaceitável colocar o sistema eleitoral sob suspeita.

“Já disputei 8 eleições. Ganhei 6. Perdi 2. Fiquei feliz nas que ganhei e triste nas que perdi. Minha tristeza nunca foi por não confiar no sistema eleitoral brasileiro. Ao contrário, só disputei eleições com o sistema atual e ele funciona e tem credibilidade”, disse.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Sebastião

23 de julho de 2021 às 09h14

Tudo começou com Aécio e o PSDB na eleição de 2014, em não terem aceitado a derrota. Tanto, que é o ano que Bolsonaro usa como referência.

Responder

Uganda

22 de julho de 2021 às 18h58

As urnas eletronicas corespondem a TV de 43″ na casa sem esgoto e de tijolos nao rebocados da maioria dos brasileiros….uma ilusao.

Responder

Partagas

22 de julho de 2021 às 18h56

Aa urnas eletronicas passam uma falsa sensaçào de modernidade e segurança.

Nao hà nada mehor que votar no papél e colocar o voto na urn…tanto que paises bem mais desenvolvidos do Brasil nunca ouviram falar nem sequer falr de urnas eletronicas.

Responder

Zulu

22 de julho de 2021 às 18h52

Que raciocinio profundo hein…

Responder

Deixe um comentário