Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO

Líder do Governo Bolsonaro diz que TSE vai “pagar o preço” por ter rejeitado o voto impresso

Por Redação

14 de agosto de 2021 : 12h58

O líder do Governo Bolsonaro na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), disse em tom de ameaça na entrevista a Folha que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) vai “pagar o preço” por ter rejeitado o voto impresso.

“O TSE perdeu a oportunidade de fazer uma mediação, através do presidente Lira (Câmara) ou do senador Ciro Nogueira (ministro da Casa Civil), para chegar a um meio-termo e encerrar o assunto. Eles quiseram manter o assunto, vão pagar o preço”, disse.

Barros também quis minimizar a derrota da PEC do voto impresso na Câmara dos Deputados.

“Evidentemente não tinha os 308 votos em função da pressão exercida pelo Judiciário nos partidos. Mas deixou o presidente com um discurso que agrega, que tem maioria na opinião pública e que é totalmente racional: dar mais transparência na eleição”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Sergio Fernando Rodrigues

16 de agosto de 2021 às 04h05

Que moderação esse ministro tem moderação para ameaçar a constituição aí eu tenho que moderar meus comentários me poupe

Responder

Sergio Fernando Rodrigues

16 de agosto de 2021 às 04h03

Esse ministro bandido e muintas cara de pau torço para que Alexandre de Moraes possa prender esse pilantra que faz ameaças a nossa democracia

Responder

Deixe um comentário