Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Planalto protocola pedido de impeachment contra Alexandre de Moraes

Por Redação

20 de agosto de 2021 : 20h31

Em declínio nas pesquisas e cada vez mais isolado politicamente, Jair Bolsonaro resolveu criar outra cortina de fumaça para continuar sendo pauta no debate político.

Dessa vez, o Palácio do Planalto protocolou no Senado Federal um pedido de impeachment contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes. Como Bolsonaro e o presidente do Senado Rodrigo Pacheco (DEM-MG) estão fora de Brasília, não houve entrega formal.

Ainda hoje, Moraes autorizou que a Polícia Federal cumprisse mandados de busca e apreensão contra o cantor Sérgio Reis e o deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ), ambos aliados de Bolsonaro e que reforçaram o golpismo contra as instituições democráticas. Na semana passada, o magistrado também determinou a prisão de Roberto Jefferson (PTB) por ameaçar o STF.

No pedido, Bolsonaro argumenta que “não se pode tolerar medidas e decisões excepcionais de um ministro do Supremo Tribunal Federal que, a pretexto de proteger o direito, vem ruindo com os pilares do Estado Democrático de Direito. Ele prometeu a essa Casa e ao povo brasileiro proteger as liberdades individuais, mas vem, na prática, censurando jornalistas e cometendo abusos contra o presidente da República e contra cidadãoes que vem tendo seus bens apreendidos e suas liberdades de expressão e de pensamento tolhidas”.

Após o protocolo, o pedido será submetido a secretaria-geral da Mesa do Senado para autuação e depois vai a tramitação como uma petição na Casa. Pacheco será o primeiro a se manifestar nessa fase de tramitação, ou seja, deve avaliar se estão presentes os pressupostos de admissibilidade.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Rosinei Brandão

20 de agosto de 2021 às 22h07

Cada vez mais ridículo, cada vez mais imbécil como diz a imprensa argentina. Naturalmente mais um comentário inútil de minha parte. Mas eu nem tô aí.

Responder

galinzé

20 de agosto de 2021 às 21h45

Quem marcou a presença do Adelio Bispo no Congresso o mesmo dia da facada…?

Alguém aí faz ideia ou foi teletransporte ?

Responder

Tony

20 de agosto de 2021 às 21h36

A única oposição a esse Governo é o STF, da esquerda o nada absoluto…sem discurso político, sem propostas, sem nada.

Só palavras de ordem vazias e narrativas abortadas ainda antes do ato sexual.

Basta ter mais de 12 anos para perceber que Bolosnaro se reelege fácil em 2022.

Responder

Kleiton

20 de agosto de 2021 às 21h33

É óbvio que não dará em nada mas é o pode ser feito diante das medidas autoritárias que não competem ao STF.

O STF com essas medidas perde cada dia mais o respeito dos brasileiros e ao mesmo tempo está dando munições ao Governo.

Responder

Deixe um comentário