Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

CRÉDITOS: MARIANA SANCHES/ BBC NEWS BRASIL

Churrascaria faz puxadinho de “não vacinados” pra receber Bolsonaro

Por Redação

20 de setembro de 2021 : 20h10

Por BBC Brasil

Para driblar a exigência de vacinas em restaurantes de Nova York, a churrascaria brasileira Fogo de Chão armou uma espécie de puxadinho externo, com mesas ao ar livre cercadas por tapumes pretos para o presidente Jair Bolsonaro, que não está oficialmente vacinado.

Junto ao mandatário brasileiro, almoçaram os ministros da Saúde Marcelo Queiroga, do Meio Ambiente, Joaquim Leite, o chanceler Carlos França e o chefe do GSI Augusto Heleno.

Ao fim do almoço houve uma salva de palmas em homenagem ao lutador de jiu jitsu Henzo Gracie, que acompanhou o presidente Bolsonaro por uma caminhada de cerca de 7 quadras até o hotel onde ele está hospedado.

No caminho, o presidente ouviu ao menos um grito de “assassino”, de uma brasileira que o reconheceu.

O grupo causou curiosidade, com dezenas de seguranças brasileiros e americanos tentando impedir a aproximação da imprensa. Bolsonaro demonstrou descontração ao lado de Gracie. O filho do presidente, o deputado Eduardo Bolsonaro, filmou todo o trajeto.

É a segunda vez que o presidente brasileiro come nas ruas de Nova York. Na noite de domingo (19/09), ele foi a uma pizzaria sem mesas internas e comeu pedaços de pizza na rua.

O prefeito de Nova York afirmou hoje que “quero mandar um recado para todos os líderes mundiais, especialmente para Bolsonaro: se você não quer ser vacinado, nem se incomode de vir (a Nova York)”.

Blasio também elogiou o esforço do presidente da Assembleia Geral da ONU, que tentou promover uma vacinação das delegações, mas a Secretaria Geral da ONU disse que não poderia forçar líderes de Países a se vacinarem ou barrá-los.

Bill de Blasio não foi o único a sugerir que o presidente brasileiro deveria se vacinar. Em reunião bilateral com o presidente brasileiro, o primeiro-ministro Boris Johnson afirmou que as vacinas Astrazeneca-Oxford “são ótimas” e “todos deveriam se vacinar”.

Um diplomata da comitiva brasileira em Nova York está com covid-19. A BBC News Brasil confirmou a informação dada primeiro pela CNN. Segundo a apuração, o infectado não estava no voo do presidente e chegou aos EUA depois de ter um resultado negativo de PCR. Ele está isolado do restante da comitiva. Seus colegas também foram testados mas ninguém mais teve um exame positivo.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Tony

20 de setembro de 2021 às 22h16

Comer pizza na rua foi uma escolha porquê quase todos os restaurantes possuem área externa.

Responder

Jerson

20 de setembro de 2021 às 22h14

Tontos…nas áreas ao ar livre dos restaurantes não precisa apresentar carteira de vacinação.

Responder

Ronei

20 de setembro de 2021 às 20h40

Mais uma asneira da imprensa que finge não saber que nas áreas externas dos restaurantes pode ficar qualquer um…quem espalham “feiqui nhus”…?

Responder

Kleiton

20 de setembro de 2021 às 20h38

Para ficar nas áreas externas de qualquer restaurante não é exigida nenhuma vacinação.

Mentira (fake news como dizem os idiotas) do Cafezinho…e agora como fica com a nova lei ? Quem vai para cadeia….?

Responder

Deixe um comentário