Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Pesquisa mostra queda de reprovação do governo Bolsonaro

Por Redação

14 de outubro de 2021 : 10h30

A pesquisa divulgada pelo Poder360 na manhã desta quinta-feira, 14, mostra uma queda de cinco pontos na reprovação do Governo Bolsonaro. Na pesquisa anterior, a gestão federal estava com 63% de reprovação e caiu para 58% no último levantamento.

No que diz respeito a aprovação do governo, houve uma oscilação dentro da margem de erro de dois pontos, saindo de 31% para 33%. Já o nível de regular aumentou três pontos, saltando de 6% para 9%. Mas é bom lembrar que apesar dessa leve melhora na imagem do governo, o nível de reprovação está 25 pontos percentuais acima da de aprovação.

Bolsonaro também viu a avaliação do seu trabalho apresentar uma leve melhora. Na pesquisa feita a 15 dias, ele estava com 58% de ruim/péssimo e agora com 53%. Entre quem considera seu trabalho na presidência da República como ótimo/bom é de 29% ante 25% da pesquisa anterior. O nível de regular ficou em 18% e não sabe, 1%.

Nos dados estratificados, o eleitorado que avalia Bolsonaro como ruim/péssimo é maior entre jovens de 16 a 24 anos, índice de 62%, ótimo/bom avança na região Norte com 40%.

Foram 2.500 entrevistas em 469 municípios nas 27 unidades da Federação de 11 a 13 de setembro de 2021.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Fanta

14 de outubro de 2021 às 16h14

Os Brasileiros estão entendendo da cagada sem antecedentes que foi o “fique em casa”.

Responder

Tony

14 de outubro de 2021 às 13h20

Pois é…diante das ultimas manifestaçoes de rua nao ha mais como tentar enganar através das “pesquisas”.

Esses pseudo institutos terao que se ajeitar daqui pra frente para nao perder a credibilidade que nunca tiveram…kkkkkkkkkkk

Responder

Deixe um comentário