Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Imagem: Divulgação / PR

Bolsonaro afirma que Moro aceitou intervenção na PF em troca de vaga no STF

Por Redação

04 de novembro de 2021 : 20h10

Em depoimento a Polícia Federal, Jair Bolsonaro afirmou que o então ministro da Justiça Sérgio Moro aceitou a intervenção na Polícia Federal com a substituição do então diretor-geral da corporação Maurício Valeixo pelo diretor da Abin (Agência Brasileira de Inteligência) Alexandre Ramagem, desde que ele fosse indicado a uma vaga no STF.

A transcrição do depoimento de Bolsonaro mostra “que ao indicar o DPF (Delegado de Polícia Federal) Ramagem ao ex-ministro Sérgio Moro, este teria concordado com o presidente desde que ocorresse após a indicação do ex-Ministro da Justiça à vaga no Supremo Tribunal Federal”.

Em outro trecho do depoimento, Bolsonaro diz que cobrou do seu subordinado as investigações envolvendo Adélio Bispo e o porteiro do condomínio Vivendas da Barra que afirmou ter visto o ex-PM Élcio Vieira de Queiroz dizer que estava indo à casa 58 do residencial que pertence ao clã Bolsonaro. De acordo com o porteiro, isso ocorreu no dia do assassinato da ex-vereadora Marielle Franco.

Nas palavras de Bolsonaro, Moro “não observou nenhum empenho ou preocupação do ex-ministro Sérgio Moro em solucionar rapidamente o caso”.

O depoimento do presidente faz parte do inquérito que apura a suposta interferência política na PF. Em abril de 2020, antes de pedir demissão, Moro acusou Bolsonaro de querer interferir na PF para fins pessoais. Naquele período, Bolsonaro havia demitido Valeixo, escolhido pelo ex-juiz para a direção da PF.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Bandoleiro

05 de novembro de 2021 às 11h46

Que intervenção se a Costituição diz que quem nomeia os delegados é o Presidente da Republica…?

Responder

Luiz Pereira

05 de novembro de 2021 às 07h02

Por mais que eu deteste o Moro e o considero um picareta, por outro lado é difícil acreditar no Bolsonaro, uma vez que ele é um mentiroso contumaz, inconsequente e irresponsável e o Moro é um potencial concorrente na corrida pela eleição presidencial. Não estou dizendo que o Moro é inocente, apenas que o Bolsonaro pode estar mentindo como sempre fez

Responder

Paulo

04 de novembro de 2021 às 22h22

Bolsonaro prova mais uma vez que é um canalha e que, da “virtù” de Maquiavel nada aprendeu, beneficiando-se apenas da “fortuna”..

Responder

Galinzé

04 de novembro de 2021 às 22h14

O tucano fascistiode cabeça de penis chegou no Supremo… porquê eu não posso ?

Responder

Daniel

04 de novembro de 2021 às 22h13

O interesse de Moro sempre foi o STF e continua sendo a meu ver por isso acho que não se candidatarà a Presidência.,.. ainda não entendi qual será o jogo dele.

Seria bem engraçado ver ele sentado ao lado de Gilmar Mendes e Lewandowski.

Responder

Kleiton

04 de novembro de 2021 às 22h10

“Moro”

Responder

Kleiton

04 de novembro de 2021 às 22h10

Como aceitou se o delegado não foi trocado e Moto saiu do Governo…?

É o nosso Gabrielzinho que faz esses malabarismos de quarta categoria com as palavras…?

Na cabecinha dele deve se achar esperto…

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?