Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Pesquisa em MG mostra Lula, Bolsonaro e Moro nas três primeiras posições

Por Redação

22 de novembro de 2021 : 15h55

O levantamento feito Instituto F5 mostra que o ex-presidente Lula (PT) mantém seu favoritismo entre os eleitores de Minas Gerais com 38% das intenções de voto. Segundo maior colégio eleitoral do país, o estado geralmente decide as eleições presidenciais.

Na sequência do ex-presidente vem Jair Bolsonaro com 29%. O ex-ministro Sergio Moro (Podemos) registrou 9% da preferência dos entrevistados e assume a terceira colocação. O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) caiu para quarto lugar com 4%.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), foi mencionado por 3% dos mineiros e ficou a frente de Doria com 2%. O cientista político Felipe d’Avila (Novo) é o que aparece na última colocação com apenas 0,5%. Votos brancos e nulos nesse primeiro cenário somaram 6%, enquanto os indecisos ficaram na margem de 8,5%.

No cenário com Eduardo Leite (PSDB), Lula continua isolado na liderança com 38%. Porém, Bolsonaro vai a 30%, enquanto Sergio Moro cresce para 10%. Ciro Gomes e Rodrigo Pacheco ficam com 3%. Já Leite e Felipe d’Avila só conseguem 1%. Votos brancos e nulos ficaram em 6%, enquanto 8% ficaram indecisos.

O Instituto F5 fez a pesquisa entre os dias 17 a 19 de novembro com 1.820 eleitores de Minas Gerais. A margem de erro máxima estimada é de 2.3 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança utilizado é de 95%

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Sebastião

23 de novembro de 2021 às 09h31

Aí lembramos dos ataques de Ciro a Lula, e vemos Moro ultrapassado ele. Se a possibilidade da direita(DEM/PSL) apoiar ele, era um pouco difícil, agora está muito difícil.

O que determinará o vice de Moro é a votação entre Dória e Leite. Se este for escolhido vice de Moro, Doria será derrotado por Alckmin ao governo de SP. E Haddad se torna vice de Lula. Se Dória for o candidato escolhido pelo PSDB, pode ser tornar vice de Moro, abrindo caminho pra a chapa Lula/Alckmin.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?