Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Foto: Reprodução

Rio: ONU quer investigação independente sobre chacina em São Gonçalo

Por Redação

23 de novembro de 2021 : 11h51

Nesta terça-feira, 23, a cúpula da Organização das Nações Unidas (ONU) pediu ao Ministério Público que lidere uma investigação independente e seguindo os “padrões internacionais” sobre a chacina no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo (RJ), na Baixada Fluminense. O ato resultou em 8 mortos nesta segunda-feira, 22.

A porta-voz da entidade disse que a ONU está “preocupada” com o ocorrido e pede punição, dentro da lei, aos envolvidos. O Alto Comissariado da organização, liderado pela ex-presidente chilena Michelle Bachelet, solicita que um “debate amplo e inclusivo” seja feito com “urgência” no Brasil sobre o policiamento nas comunidades.

A ONU também esclarece que o uso da força repressiva só é permitido quando for “estritamente necessário” e que os agentes da lei precisam respeitar os princípios da “legalidade, precaução, proporcionalidade e necessidade”. “A força letal é o último recurso e apenas em caso de ameaça à vida”, insiste.

Com informações da Fórum.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?