Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Imagem: Reprodução

Bolsonaro critica política de preços da Petrobrás que ele mesmo determinou

Por Redação

27 de novembro de 2021 : 08h32

Nesta sexta-feira, 26, Jair Bolsonaro resolveu criticar a política adotada pela Petrobras para definir o preço dos combustíveis no Brasil, conhecida por PPI (política de paridade internacional).

“Entre outros problemas, é o ICMS? Sim. Agora, qual o grande problema? Paridade com o preço internacional. Por que? Somos obrigados a importar em torno de 25% de diesel e gasolina”, disse Bolsonaro durante entrevista coletiva no Rio de Janeiro.

Só neste ano, a Petrobras aumentou o preço da gasolina por 11 vezes e o valor do diesel outras nove. Nas palavras de Bolsonaro é por conta desses aumentos que as passagens de transportes urbanos devem ficar mais caras nas próximas semanas.

“Documentos e informações [sugerem] que teremos alta considerável no preço de passagens de transportes urbanos. Vai bater diretamente na vida do mais pobre, mais necessitado”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

27 de novembro de 2021 às 22h24

Foi criada no Governo do Vampirão, a bem da verdade. Não sei se pode ser revertida – nem, tampouco, se Bolsonaro quer, de fato, fazê-lo (suspeito que não). A verdade é que a adoção dessa política para que acionistas privados ganhem dinheiro foi um dos maiores crimes contra o povo brasileiro. A Petrobrás é o maior símbolo do antigo projeto do “Brasil Grande”, do Governo Militar, mas suas origens épicas e icônicas remontam ao grande escritor e brasileiro Monteiro Lobato e contemporâneos. Isso não poderia ter acontecido, mas todos foram ou autores ou cúmplices, por ação e omissão, inclusive o Congresso Nacional e a imprensa. Isso que aconteceu deveria suscitar um debate mais profundo na sociedade brasileira sobre quem somos, como nação, o que desejamos ser e aonde queremos chegar. E esse debate passa, necessariamente, pela reestatização da Petrobrás…Ou, se for inviável (haverá prejuízos na Bolsa de Nova Iorque, por exemplo? De que monta?), pela responsabilização de quem conduziu esse processo danoso ao extremo para o povo brasileiro, à luz do dia, o que é revela seu caráter ainda mais pérfido…

Responder

Deixe um comentário

O 2021 de Bolsonaro O 2021 de Ciro Gomes O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade